acompanhe o blog
nas redes sociais

14.3.17

Trilogia Forever [Sandi Lynn]

Trilogia Forever - Sandi Lynn
Ed. Valentina, 2016 - 764 páginas:
      Um homem marcado por uma tragédia e decidido a nunca se apaixonar. Uma mulher que vive cada dia como se não houvesse amanhã. O amor salvou suas vidas. Agora, só um milagre pode salvar seu amor. 


Onde comprar: Trilogia



A Trilogia Forever inicia com o Livro Black para Sempre que é narrado pelo ponto de vista da protagonista Ellery Lane. A trama se inicia com Kyle, namorado de Ellery, deixando o apartamento em que os dois dividem em Nova York, alegando que precisa de um pouco de espaço, pois a relação dos dois está ficando complicada. Mesmo sabendo que não está apaixonada pelo namorado, Ellery o queria por perto, por medo da solidão. Amparada pela grande amiga Peyton, as duas vão a uma boate afogar as mágoas e lá ela acaba ajudando um lindo desconhecido, totalmente bêbado, a encontrar o caminho de sua casa.

Neste inicio de história, a autora Sandi Lynn já traça um esboço da personalidade de Ellery, mesmo no fundo do poço, a moça é cheia de humanidade, e se preocupa com a integridade de um indivíduo que ela nunca viu na vida, resolvendo ajuda-lo. Sabemos também que as pessoas gostam dela e que ela faz trabalho voluntário.

Já o individuo ao qual estamos falando é Connor Black, um cobiçado milionário que está habituado a conseguir tudo que quer. Para Connor, as mulheres são descartáveis, e ele as trata conforme algumas regras que criou. Pela manhã, ao encontrar Ellery em seu apartamento, Connor acredita ser mais uma de sua longa lista de conquistas.

"- Não aceito que ninguém durma aqui. Você devia ter ido embora depois que transei com você, portanto quer fazer o favor de me dizer porque ainda está aqui, na minha cozinha, se comportando como se estivesse em casa?"

Black para Sempre
Ed. Valentina, 2015 - 256 páginas
Assim o leitor já sabe com quem está lidando, Connor é daqueles protagonistas antipáticos que se acham o dono do mundo. Aí já podemos traçar o perfil do romance, dado as características dos protagonistas.

Mesmo não fugindo do clichê, Sandi Lynn consegue construir uma história cheia de embates, com dois personagens fortes que guardam segredos responsáveis por torna-los o que são.

E o interessante é que toda a trama se desenrola neste primeiro livro.

Onde comprar: Black para Sempre - Trilogia Forever - Vol. 1


No segundo livro da Trilogia, Você para Sempre, a narrativa é realizada pelo milionário Connor Black. Basicamente é contada a mesma história do livro anterior, só que pelo ponto de vista de Conner, com isso várias partes que não existem no primeiro volume são acrescentas, preenchendo aqueles hiatos onde conhecíamos só o que estava acontecendo com Ellery.

"Dou a lista às mulheres antes do jantar, para que elas tenham plena consciência de minhas expectativas. Se uma mulher não aceita qualquer uma dessas regras, tem toda a liberdade de ir embora. Mulheres não são mais do que criaturas sexuais para mim. Nunca me apaixonei, nem vou me apaixonar."

Você Para Sempre
Ed. Valentina, 2015 - 272 páginas
Eu particularmente sempre prefiro as histórias quando elas são contadas pelo gênero masculino, gosto de saber o que estava passando na cabeça deles, mesmo já não contando mais com o fator surpresa, pois a maioria dos segredos já foram desvendados no volume anterior. Contudo Sandi ainda guarda alguns ases na manga para nos entreter, ela aqui desnuda os sentimentos de Connor.

"O que há para contar? Sou um CEO de trinta anos de idade, tenho mais dinheiro do que jamais vou precisar, não entro em relacionamentos e faço tudo que quero."

Onde comprar: Você Para Sempre - Trilogia Forever - Vol. 2

Nós para sempre, terceiro volume da trilogia Forever, continua a partir do fechamento dos livros anteriores e pretende conferir se este casal, apesar da química perfeita, irá conseguir manter um relacionamento duradouro, já que os dois possuem temperamentos bem fortes.

Algumas coisas podem abalar um relacionamento por mais forte que ele seja e algumas atitudes podem destruí-lo. Saber lidar com as expectativas um do outro e respeitar a opinião de cada um é difícil, mas imprescindível para manter um relacionamento saudável.

Ao longo de dois volumes já sabemos que nossa Ellery é uma mulher que não leva desaforo para casa, e quando ameaçam sua família ela vira uma leoa. Connor Black por outro lado, não está acostumado a ceder o controle para ninguém, acabando por tomar algumas decisões que desagradam a Ellery.

Nós Para Sempre
Ed. Valentina, 2016 - 256 páginas
Cada capítulo do livro é narrado por um dos protagonistas. Os personagens coadjuvantes também tem seu destaque e apesar de não ser absolutamente necessário, o livro nos faz passar alguns momentos bem agradáveis. O último capítulo, passados vinte anos, é a cereja do bolo.

"- Desculpe. Minha vida era muito diferente naquela época. Você me salvou de mim mesma.
Ele olhou para mim, seus lábios roçando os meus.
- Nós salvamos um ao outro.

Onde comprar: Nós Para Sempre - Trilogia Forever - Vol. 3



Mesmo sem mostrar nada de novo, a Trilogia Forever agrada aos fãs do gênero, usando e abusando da velha fórmula do milionário rico e arrogante que é conquistado por uma mulher forte e desinteresseira. O que faz o leitor se divertir não é o final, mas sim o caminho utilizado para chegar nele e Sandi Lynn soube pavimentar bem sua estrada, por isso o grande sucesso da trilogia.

 Cortesia da Editora Valentina
Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

22 comentários:

  1. Gisela, achei super legal vc fazer a resenha dos três de uma vez só!
    Não conhecia a trilogia, não sou tão chegada em romances cheios de clichês, afinal tem uns que pelo amor, os autores só nos dão mais da mesma coisa e entedia demais! Mas essa trilogia parece ser super intrigante, e apesar do clichê de cara rico antipático conquistado pela mocinha, parece ter uma história bem divertida de ler. Fiquei curiosa, adicionei na listinha de desejados.

    BJS

    ResponderExcluir
  2. engraçado querida Gi, desde que li os livros da saga "belo desastre" (dos irmãos maddox), percebo esta moda de espichar os livros colocando a mesma história sob pontos de vista diferentes. confesso que torci o nariz pra isso, fica parecendo um caça-níquel, com a diferença de nem inventar um novo enredo, utiliza-se o mesmo. tá certo que ando muito criterioso ultimamente, mas isso me tira um pouco o apetite. de qualquer forma, não recuso uma boa leitura, seja ela repetida ou não, e se for sucesso melhor ainda. sem contar que ando numa vibe romântica, rs. então a dica está anotada!

    ResponderExcluir
  3. Nossa a trilogia me pareceu boa mas muito parecida com os outros livros de romances hot, isso até desanima um pouco o leitor uma pena que tenha de ser assim, mesmo o milionário sendo carrasco, ou galinha eu ainda coloco alguma fé que ainda será um pouco mais diversificado do que outros.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Gi.
    Adorei que postou as resenhas junto, eu amo essa história, e assim como você, também prefiro a narrativa pelo ponto de vista masculino, justamente para ter essa visão mais ampla sobre tudo, e uma narrativa mais simples sem todo drama feminino e tudo mais, enfim adorei.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Gi. Já ouvi falar muito do livro mas eu não me lembro de ter lido a sinopse. Acho que essa química de usar bilionários com moças comuns é bem clichê e raramente falha, por isso eu vou até conferir a trilogia para formar uma opinião mais detalhada.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  6. Olá, Gi!!
    Ainda não conhecia essa trilogia... Foi bom em conhecer!
    Que legal essa trilogia, achei muito incrível a história dos dois, parece ser um livro muito bom de se ler.
    Amei a resenha!!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Olá Gi, achei super linda a capa dos livros, e a historia também me pareceu bem do tipo clichê, romantico... só não gosto de personagem masculino arrogante, e super chato, meio difícil ter algum super legal....más adorei a resenha, super fofo..

    ResponderExcluir
  8. Acho que a trilogia é a prova de um clichê bem escrito super seduz. Tenho a mesma preferência que a sua pelo homem narrando, tanto que amei a série Tangled por isso, todos os boys narram. Amei a resenha do box e agora vou comprar sem medo.

    ResponderExcluir
  9. Oi,Gi
    Personagem CEO não chama minha atenção de primeira não :P,mas é bom ver sua impressão da trilogia toda em um post.

    ResponderExcluir
  10. Que linda trilogia Gi,acho que não li nd sobre, vou esperar uma oportunidade então..
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá!!! Eu gostei dessa trilogia! Poder conferir o ponto de vista dos dois personagens é muito bom para acompanhar o relacionamento e o amadurecimento deles ao longo dos livros, é um romance super fofo ideal para quem curte o gênero.

    ResponderExcluir
  12. Esse Connor deve ser um nojo, pois por causa do dinheiro se acha um bambambam rs, mas o bom é que parece que ele melhora, acho difícil ter livros narrados pelo sexo masculino também gosto, mas quando não foram narrados pela mocinha, pois alguns acabam sendo repetitivos. Concordo não é fácil manter um relacionamento, ser coerente é difícil. Gostaria de ler essa trilogia.

    ResponderExcluir
  13. Gi!
    Gosto muito quando há resenhas de todos os livros de uma série juntos, porque posso acompanhar o andamento de cada exemplar concomitantemente, sem ter de lembrar do que foi escrito no anterior.
    Gosto também da visão masculina dos fatos, porque é um tanto mais fria e realista, não é tão romantizada como a feminina.
    E aqui parece que a autora fez a combinação perfeita: o primeiro por ela, o segundo por ele e o terceiro pelos dois.
    Deve ser uma boa série de entretenimento.
    “Não confunda jamais conhecimento com sabedoria. Um o ajuda a ganhar a vida; o outro a construir uma vida.” (Sandra Carey)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  14. Oi Gi,
    Eu também prefiro a versão masculina dos livros (acho que boa parte prefere). Mas acho que se a autora optasse por criar primeiro a masculina não renderia tanto a feminina depois (afinal descobrir o que os homens pensam é mais instigante né!?). Um exemplo claro disso para mim é o livro Grey, eu amei a versão dele e com certeza se ele tivesse sido lançado antes e eu lido a versão dela depois eu largaria mão e só ficaria na masculina.
    Apesar de clichê achei legal a história e leria.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Eu particularmente gosto quando o autor coloca os dois pontos de vista no mesmo assim livro, raramente eu acho bom quando tem a mesma história com um ponto de vista diferente. Bem mesmo sendo apresentado no post que os livros são bons a nota que foi dado a trilogia não foi tão boa então eu realmente gostaria de entender melhor o porque a série não recebeu uma nota melhor. Mas obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
  16. Eu amo a velha fórmula do "milionário rico e arrogante que é conquistado por uma mulher forte e desinteresseira" , mesmo sendo clichê não me canso de ler livros escritos nesse molde, então não preciso nem dizer que fiquei interessada pela trilogia Forever, né?!
    Amei saber que o segundo livro da Trilogia, Você para Sempre, é contado pelo ponto de vista do Connor, assim como acontece com você gosto de saber o que se passa nas cabeças dos personagens masculino, e fico desesperada quando isso não é mostrado no livro.

    ResponderExcluir
  17. Adoro livros de romance sobre milionários e a mulher que se faz de desinteressada, o que mais gosto de ver é a evolução desses personagens, fiquei com uma vontade enorme de ler essa trilogia, ainda mais pelo segundo livro ser contado pelo ponto de vista do Connor, que é uma coisa que eu também amo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Conheço a trilogia, porém ainda não li. Realmente parece apresentar um enredo bem batido, o que gostei foi do último livro apresentar um salto no tempo. Gostei da sua resenha, mas por enquanto não me interesso pela obra.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  19. Oi Gisela, eu não posso reclamar de histórias assim porque eu sou um clichê ambulante. ao ver o perfil desse cara, já percebi que vou ficar muito brava em algumas cenas por causa da personalidade dela, mas cá entre nós, adoro isso rsrs.
    Não sou muito chegada em livros que contam as histórias novamente pelo ponto de vista de outro personagem, mas quem sabe se ele me conquistar, acabo lendo o segundo também.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  20. Oii! Apesar de ser bem clichêzinho, acho que eu gostaria de acompanhar essa jornada. O fato de haver um livro sob o ponto de vista de outro personagem sempre acaba preenchendo lacunas que ficam quando vemos a história a partir dos olhos de outro.
    Apesar de já "saber" ou pelo menos prever o que acontecerá, é uma boa dica de leitura despretensiosa

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Amo um bom clichê! Não conhecia a trilogia e a autora. Parece uma leitura despretensiosa, gosto de historias assim :)
    Sobre os dois primeiros volumes, gosto mais quando a historia é contada no mesmo livro alternando a narrativa dos protagonistas como acontece no terceiro livro. Com certeza quero conferir a historia.

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Faz um tempo que vi esse livro e logo na premissa a historia me conquistou, gostei muito desse enredo que a autora criou e logo peguei o primeiro livro para ler, e achei a historia legal, mas teve algo na escrita da autora que me incomodou muito ao longo da historia, o que para mim acabou me fazendo desistir dessa serie !!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

 
Ler para Divertir © 2015 - Blog no ar desde 31.10.2010
topo giovana joris • design e código gabi melo