acompanhe o blog
nas redes sociais

25.5.17

The Kiss Of Deception, Vol.01 - Crônicas de Amor e Ódio [Mary E. Pearson]

Mary E. Pearson
Ed. Darkside Books, 2016 - 384 páginas
Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro?


Onde comprar:

O amor talhado à faca

O amor está no ar, mas não é um amor qualquer, é um amor estilo Darkside – Darklove! Para você desacostumado aos livros desta editora pode parecer pouco, mas vá por mim, o livro é incomum. Esqueça a mocinha frágil e chorosa esperando pelo bravo, forte e belo príncipe. Aqui há mulheres fortes e encantadas, bárbaros gentis e príncipes inseguros. Personagens vigorosos, alucinados, rancorosos, poderosos, mas acima de tudo “humanos”, afeitos às vicissitudes de pessoas comuns como nós, repletos de dilemas.

O livro em questão é The kiss of deception (Darkside, 416 páginas) de Mary E. Pearson, o primeiro da trilogia “Crônicas de amor e ódio” que pretendo ler na íntegra, tamanho o meu entusiasmo com a sensibilidade poética e também estética da autora. Poética por que cada personagem carrega em si qualidades e defeitos que se equilibram através de palavras ditas diretamente ao leitor. E estética porque é um livro em primeira pessoa (por si só de difícil confecção) com 3 personagens narradoras.

Lia, princesa do reino de Morrighan, primeira filha (isso é importante, porque diz a lenda que todas as primeiras filhas da casa de Morrighan possuem o “dom”), por causa de um acordo pactuado entre reinos e também para colocar fim à tensão entre eles, é obrigada a se casar com o príncipe do reino de Dalbreck. Lia, com 17 anos, não conhece o tal príncipe, imagina que ele seja alguém de idade avançada e isso está completamente fora de seus planos – casamento sem amor.

Com a ajuda de sua amiga e criada, Pauline, decide fugir. E lá vão elas em busca de uma nova vida em Terravin, cidade natal de Pauline. É uma viagem longa, a cavalo, repleta de descobertas, surpresas e um bocado de receios.

“... pior do que ursos, pode haver bárbaros”, falei, colocando um terror fingido na voz, tentando tornar mais leves nossos humores.
Pauline arregalou os olhos, embora um sorriso brincasse abaixo deles. “Ouvi dizer que eles se reproduzem como coelhos e arrancam as cabeças de pequenos animais a dentadas.”

Desobediência como esta é tratada, no mínimo, como deslealdade no reino de Morrighan e a pena para tal insubordinação é a forca. Então nesta fuga não pode haver arrependimentos. Este ato não provoca a ira apenas do rei, mas também do chanceler e do perigoso erudito, que esconde segredos que poderão alterar a vida em todos os reinos.

Se fosse apenas isso já seria um problemão, mas Lia terá em seu encalço um príncipe ignorado e cheio de raiva do reino de Dalbreck e um assassino frio do distante reino de Venda, um bárbaro que tem como objetivo eliminar qualquer chance de união entre os reinos de Morrighan e Dalbreck. Para que isso aconteça basta matar Lia.

Em certo momento todas as vidas destas personagens se cruzarão e cada um terá voz no belíssimo texto de Mary E. Pearson.

“... virei-me rapidamente para evita ter que trocar mais uma palavra que fosse com ele. Com apenas algumas passadas, eu me encontrava tropeçando na mesa dos recém-chegados. Fui pega de surpresa pelos olhares fixos deles, e minha respiração ficou presa em meu peito. A intensidade que eu avistara de longe era mais aparente assim tão de perto. Por um instante, fiquei paralisada. Os olhos azuis do pescador cortavam-me, e os tempestuosos olhos castanhos do mercador eram mais do que perturbadores. Eu não sabia ao certo se eles estavam com raiva ou alarmados. Tentei driblar minha entrada desajeitada e ganhar vantagem.”

Fui desavergonhadamente ludibriado até a metade do livro. Ainda assim escolhi torcer pelo amor bandido de Lia que se vê encantada pelos dois cavalheiros, mas que tem as batidas do coração inclinadas para um dos lados.

“Eu virei a cabeça e ouvi o inconfundível som das pancadas de cascos no chão, pesados e metódicos... Só tive tempo de me arrastar e me pôr de pé quando um imenso cavalo surgiu...
O diabo havia chegado. E uma estranha parte de mim estava feliz com aquilo.”

A transição de Lia para a vida adulta não será nada fácil, assim como não é fácil este rito de passagem para nenhum adolescente. Ela tem que viver em meio a profecias cantadas em Venda ou declamadas em textos sagrados de Morrighan. Muitos sabem sobre Lia, menos ela mesma que precisa descobrir por si só (com sua força e sua faca) os segredos que envolvem seu nascimento.

Ela aprenderá a amar Terravin e seu povo, que é a tradução das pequenas cidades do interior:

“... em Civica, o próprio ar era tenso, esperando para nos pegar e nos nocautear, sempre embebido com o aroma de espreitas e avisos. Aqui em Terravin, o ar era apenas ar, e, o que quer que estivesse nele, estaria nele. Ele não fazia prisioneiros, e isso transparecia nos rostos das pessoas da cidade. Elas sorriam mais rápido, acenavam, chamavam a gente para entrar na loja e experimentar alguma coisa, para partilhar uma risada ou alguma notícia. A cidade era cheia de tranquilidade.”

Irá conviver com a morte:

“Pelejei com o cadáver, erguendo-o e colocando-o nas costas do meu cavalo. O sangue manchou meu ombro. O cheiro de putrefação ainda não tinha se assentado, mas tive que desviar do odor violento de abandono e excrementos para respirar um pouco de ar puro. A morte é assim. Não há dignidade alguma nela.”

Viajará pelo deserto como prisioneira:

“No terceiro dia, eu fedia tanto quanto Griz, mas ninguém notava isso. Todos os outros também fediam. Seus rostos tinham camadas de sujeira, então presumi que o meu estivesse da mesma forma, todos nos tornando animais imundos. Senti o gosto de poeira na minha boca, senti-a em meus ouvidos, poeira por toda parte, pedacinhos secos de inferno soprando na brisa...”

E em todos estes desafios Lia aprenderá que mesmo na adversidade devemos ter esperança e dar valor ao que a vida nos oferece.

“‘Vejo apenas lembretes de que nada dura para sempre, nem mesmo a grandeza.’
‘Algumas coisas duram.’
Encarei-o. ‘É mesmo? E exatamente que coisas seriam essas?’
‘As coisas que importam.’”

Haverá momentos em que Lia terá que mentir e podem me crucificar, mas sou a favor de uma “mentirinha branca” se for para poupar dor a alguém, evitar que sofra um mal ainda maior. Sei das consequências de toda mentira e também que uma mentira puxa outra – o que fazer quando uma bola de neve torna-se, ao final do caminho, uma avalanche totalmente desproporcional quando de seu início?

Lia terá que conviver com profecias de seu passado e consequência de suas escolhas do presente. Mas nada disso irá prepará-la para a magia contida no nascimento de cada dia.

“As regras da razão curvam-se à magia todos os dias”

Ela é a primeira filha da Casa Real e seu “dom” poderá se manifestar a qualquer momento, mesmo que ela tenha sido ensinada a ignorá-lo desde seu nascimento.

“O dom não veio para mim de forma conhecida ou clara, e eu ainda tinha muitas perguntas, mas, ainda assim, hoje, quando me sentei na campina, parecia que as pontas dos meus dedos haviam tocado a cauda de um cometa. Minha pele formigava com a poeira das possibilidades.”

Enfim, é um livro maravilhoso, com personagens que nos cativam desde o início, impossível largá-lo. Devorei em poucos dias cada parágrafo, cada palavra grafada no papel. Quando se gosta muito de um livro, a tarefa de se confeccionar uma resenha torna-se hercúlea. Quer-se colocar tudo e no fim achamos que não conseguimos passar nada do que realmente sentimos.

O que posso dizer é que me sinto maravilhado, sob um encantamento qualquer que não cabe em palavras. A Darkside mais uma vez me deixou mudo, mas a princesa Lia poderá me ajudar a fechar minha resenha:

“Aquele era o dia em que mil sonhos morreriam e um único sonho nasceria”.

Porque os sonhos são assim, feitos de algo indestrutível e inexplicável.

Top Comentarista de Maio

Rodolfo Luiz Euflauzino
Ciumento por natureza, descobri-me por amor aos livros, então os tenho em alta conta. Revelam aquilo que está soterrado em meu subconsciente e por isso o escorpiano em mim vive em constante penitência, sem jamais se dar por vencido. Culpa dos livros!
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

57 comentários em "The Kiss Of Deception, Vol.01 - Crônicas de Amor e Ódio [Mary E. Pearson]"

  1. Oi Rodolfo
    Eu tô com esse livro mas n comecei
    Tô super tentada, só leio coisas mt boas!
    Muito boa e completa a resenha, me deixou mais curiosa!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Fernanda, não perca tempo menina, este livro é maravilhoso, aliás posso dizer que esta saga é toda construída com ganchos muito legais. se você já está tentada, está no caminho certo.

      Excluir
  2. Caro Rodolfo esse livro é simplesmente MARAVILHOSO! Ganhei a trilogia toda de alguem muito querido e foi o presente mais lindo (principalmente em se tratar de livros) que ganhei. Você soube falar de partes interessantissimas do livro e ainda tem muito mais....é um livro que quando se começa a ler nao consegue mais parar....a gente devora cada palavra da autora que escreve muito, sabe nos prender. Confesso que fui enganada numa parte tbm mas amei e fiquei na torcida para que a Lia escolhesse o meu personagem preferido rs....Ótimo livro, perfeita sua resenha e estou esperando as próximas resenhas dos livros da trilogia....você vai adorar!!!! Parabéns pela resenha!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Sophia, faço minha suas palavras, m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o é pouco. e olha que você ganhou a trilogia, putz, #invejonabranca. quem a presenteou deve ser muito romântico ou romântica, você tem sorte, não deixe o/a amigo/a, pretendente, amante, namorado escapar (se for namorado é pra casar, rs). como você bem disse tem muito, mas muito mais. você também caiu na pegadinha né? caí como um patinho. fico feliz que tenha se encantado com o livro como eu. obrigado pelas palavras carinhosas!

      Excluir
  3. Oi Rodolfo, li os dois primeiros volumes dessa trilogia e só posso dizer que tô curtindo muito a história e tô na expectativa da conclusão. Esse primeiro livro tem um inicio super animador e nos apresenta personagens de todos os tipos, admiráveis, cativantes, sombrios, odiosos e a autora consegue prender o leitor com uma história ótima e que vale super a pena. Curti muito a resenha cheia de passagens maravilhosas do livro ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Lili, então nos encontramos no mesmo pé, já li o segundo livro (já já tem resenha) e o terceiro e último livro da série já está me aguardando na estante. este livro me fez querer o restante da saga de olhos fechados, são personagens carismáticos, além das mulheres empoderadas. belíssimo e atual, mesmo com enredo na idade média.

      Excluir
  4. Oi Rodolfo.
    Eu adorei a sua resenha um tempinho atrás eu comecei a ler esse livro mas confessa que abandonei quando eu percebi que era um triângulo amoroso pretendo retornar agora que você falou que ela tem um coração inclinado para um dos lados e que não fica aquela coisa de empurra-empurra eu simplesmente adorei os textos e eu estava curtindo muito a leitura uma pena realmente que eu não consegui passar por cima do Triângulo no momento pretendo retomar a leitura muito em breve.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Marlene, que delícia suas palavras. este triângulo amoroso tem características particulares com arestas bem afiadas. pode parecer um pouco do clichê, mas se você se aventurar novamente na leitura perceberá que tem lá nuances que tornam única esta saga. quando retornar à leitura me diga se não tenho razão.

      Excluir
  5. Rodolfo, mulheres fortes e bárbaros gentis, que delícia, quem precisa de príncipes, sobretudo inseguros? Em seguida vc me informa que há mais de uma voz narrando a trama, particularmente adoro ver a mesma situação por diferentes percepções. E sabendo que as personagens são talhadas como nós, erros e acertos, defeitos e qualidades, fica ainda mais fácil gostar. A aventura me parece garantida e vc atesta a diversão da leitura. Lia é corajosa. Como toda adolescente, tem um longo caminho de descobertas, umas maravilhosas, outras de morrer, mas tudo ensejando o aprendizado, finalidade maior desta vida. Olha, gostei mesmo. Uma aventura com muitos percalços pelo caminho e a vantagem de ter uma personagem que cativa e segue em frente. Nós merecemos. Adorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Manu, tive um pouco de receio de embarcar num clichezão, mas você bem me conhece e sabe que não abandono o livro num primeiro momento. e pra minha felicidade fui presenteado com um enredo gostoso de se ler, romântico na medida certa e com mulheres empoderadas que veio bem a calhar para o mundo em que estamos vivendo. é aventura garantida sim, mas é mais que isso, é um ato de aprendizado. se algum dia você quiser um livro divertido, apetitoso e cheio de ganchos legais, não deixe de ler esta saga :)

      Excluir
  6. Olá, Rodolfo. Devo comentar que sua resenha está completamente maravilhosa! Eu comprei o livro, está bonitinho lá em casa mas ainda não tive coragem de ler. Eu não sou fã de fantasia, então como sei que a autora gosta muito de escrever, tenho medo da história se tornar maçante para mim no começo, por isso estou esperando o momento certo para começar. Mas saber que você amou já é de grande ajuda!
    Beijo.
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Miriã, é bom demais ler palavras carinhosas como as suas. e que surpresa agradável ler que você tem ele lá descansando em sua estante. a fantasia é apenas um subterfúgio, não é ela que realmente importa, mas a coragem e o aprendizado de uma personagem feminina determinada. leia também, depois volte pra gente prosear :)

      Excluir
  7. Oi! A cada resenha que leio sobre esse livro eu me sinto completamente excluída. Eu não me senti envolvida pela história. Inclusive ainda faltam algumas páginas para eu finalizar a leitura, e isso desde o final do ano passado. Todos amam a história, mas eu não achei graça e, até descobrir que a autora escondeu a identidade de Rafe e Kaden propositalmente, eu quase surtei por não saber quem era o príncipe e quem era o assassino. Pretendo terminar de ler, só não sei quando hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Gabriela, não se sinta um peixe fora d'água, também me senti assim no início. era muita propaganda, muita gente incensando a saga. fiquei alucinado, eu precisava iniciá-la também. pensei ser um clichê, mas como sou um romanticão de carteirinha acabei me envolvendo, tanto que dei 5 estrelas. adorei o empoderamento feminino. não faço campanha e nem carrego cartazes, mas saiba que preferia um mundo governado por mulheres. sei que quando a gente não se sente atraído pelo livro acabamos abandonando, mas espero que você tome coragem pra continuar a saga pra gente prosear um pouco mais. obrigado!

      Excluir
  8. Sempre vejo esse livro nas livrarias mas nunca tive a curiosidade de pegar pra ler a sinopse, mesmo a capa me chamando muito a atenção. Nem imaginava que se tratava de uma trilogia. Gosto muito de fantasia e achei maneiro eles colocarem uma personagem feminina corajosa e determinada. Gostei muito da resenha \o\o

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Tarcila, obrigado pelas palavras carinhosas. se você realmente gosta de personagens femininas corajosas e determinadas então este, sem dúvida nenhuma, é seu livro. a personagem vai caminhando a passos largos rumo a descobertas sobre si mesma e sobre sua força, é encantador.

      Excluir
  9. Oi Rodolfo,
    Finalmente estou lendo este livro e digo isso com muita felicidade, pois faz quase um ano que comprei o exemplar. Eu tinha ideia sobre o que era a história, mas não sabia como a autora havia construído a trama. O que mais se destaca é a narrativa e mistério por trás das identidades de dois personagens (e estou me corroendo para saber quem é quem). Lia é uma personagem que conquistou nas primeiras páginas, por sua determinação e coragem, apesar de em alguns momentos seu comportamento ser um pouco imaturo, mas relevo, pois afinal de contas ela é uma adolescente. Estou ansiosa para concluir a leitura e ler os demais volumes da trilogia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Gislaine, também sou desses, rs. compro o livro e deixo ele lá dormindo na estante, esperando a vibe certa pra lê-lo. mas uma ano?!?!?! nuuuu você realmente tem muita força de vontade, rs. como você bem disse Lia é uma adolescente, tem atitudes imaturas sim, por isso o livro é tão gostoso, está bem próximo do real. já li o segundo e digo que a pegada continua boa, falta-me o terceiro e já estou roendo as unhas.

      Excluir
  10. Oi Rô!
    La vem você me pegar pelo pé e me fazer tentar por mais uma obra.
    Eu comprei esse livro, mas a tartaruga aqui ainda não deu chance pra ele... Parece que o jogo virou. hahaha
    "Aqui há mulheres fortes e encantadas, bárbaros gentis e príncipes inseguros" Adoooorooo livros com personagens fortes e um históricos bem peculiar. Vou tentar lê-lo ainda esse ano. Espero conseguir.
    Beijão
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caríssima Niiiiiiiii, tenho o dom de te enfernizar, rs. não deixe pra depois, este livro é a sua cara menina. obrigado pelas palavras carinhosas de sempre.

      Excluir
  11. Tenho esse livro já faz algum tempo, porém tenho bastante receio de começar a leitura pelo fato de que e notório que a trama e densa em algumas partes, e como não tenho costume de ler livros desse gênero. No entanto a estória me chama a atenção, por se tratar de uma premissa que me pareceu ser envolvente, bem construída, com uma personagem feminina forte, no qual terá de enfrentar uma grande aventura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Lana, também tive receio de iniciar, mas não pelo mesmo motivo seu, fiquei pensando que eu cairia num clichê de sempre. enganei-me, o livro é muito saboroso. o enredo é repleto de aventuras, tirando o fôlego da gente o tempo todo. vá por mim: leia! você não irá se arrepender.

      Excluir
  12. Olá Rodolfo!
    Sua resenha ficou mto bacana, parabéns!
    Eu tenho mta curiosidade de ler essa trilogia, li mtos cometários bons sobre os livros, estou esperando uma oportunidade ansiosa...
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eiiiii Aline querida, obrigado pelas palavras carinhosas, menina. não perca tempo, pois esta saga é muito saborosa. bjos

      Excluir
  13. Oi Rodolfo ;)
    Começo dizendo que li a resenha por cima, já que vai ser uma das minhas próximas leituras e não quero pegar NENHUM spoiler!
    Estou super super ansiosa pra começar!
    Mas que bom saber que você amou o livro. Realmente até agora nunca vi ninguém falando mal dessa série kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Isabela, faço muitas vezes isso também, fico curioso, dou uma corrida com os olhos pra não ler nada que possa se parecer com spoiler. mas pode ficar tranquila que nesta resenha não coloquei nada que estrague o prazer da leitura. a saga é maravilhosa, pode iniciar e volte pra gente prosear mais.

      Excluir
  14. Oi!
    Primeiramente parabéns pela linda resenha, muito bem construída e passou toda a emoção da sua leitura. Estou ansiosa para ler esse livro e assim começar a série. Tenho os dois primeiros livros e em breve vou conferir. Gosto muito desse estilo de leitura e ler resenhas como a sua, tão positivas, me deixam mais certa da qualidade do conteúdo desse livro e com grande expectativas para me deixar conquistar!
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Márcia, fazemos resenhas para compartilhar com todas as pessoas que assim como nós também navega neste universo multicolorido que tem por finalidade nos divertir, nos emocionar. agora, quando leio palavras como as suas fico tão, mais tão feliz que saio voando feio um balão. também li o segundo livro, falta-me ler o final desta saga que me deixou ligado o tempo todo. o segundo livro é um pouco mais lento até seu final que nos tira o fôlego também. obrigado pelas palavras carinhosas querida e assim que ler volte pra gente prosear um pouco mais. bjos

      Excluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Oi Rodolpho,
    Este livro está na minha lista de desejados. Gosto muito quando a mocinha não é uma donzela indefesa e sim uma mulher com força e a frente de seu tempo. Com certeza este livro é assim.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Aichha, então este livro é todo feito pra ti, não perca a leitura. a menina comete alguns deslizes próprios da adolescência, mas vai aprendendo rapidamente, tornando-se uma guerreira. é uma saga adorável!

      Excluir
  17. Olá! Também amei o livro, acabei ele em dois dias, sua resenha ficou perfeita, traduziu tudo o que eu senti durante a leitura, parabéns! Confesso que fiquei sofrendo dias com aquele final, que foi típico de final de temporada de série de TV com o angustiante "Continua...", mas você irá adorar os demais livros e a conclusão da série.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Elizete, fiquei completamente alucinado com o final e como já li o segundo sei que a coisa só tende a piorar. que bom que gostou da mesma forma que eu. bjos!

      Excluir
  18. Quero ler este livro desde o lançamento! Primeiro pela capa, depois por essa sinopse, mais que instigante!
    Que bom que o ritmo da trama acelera na segunda parte, é ruim quando temos uma narrativa um tanto arrastada. Pelo que percebi a história tem um toque de fantasia mesclado com aventura. Enfim, quero muito ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Ludmila, na verdade o ritmo arrastado é do segundo livro, brevemente teremos resenha. neste é aventura do início ao fim, ritmo alucinante. que bom que você quer ler também. faça isso e depois volte pra gente prosear mais um tiquinho. obrigado!

      Excluir
  19. Oi Rodolfo, tudo bem? Eu adorei a forma como vc encadeou os quotes com sua resenha, ficou muito bom. Acho que existe um enorme amadurecimento da personagem ao longo da trilogia e o universo criado pela autora é muito bom. Se contar a edição da Dark!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eiiiiii Mi, vou bem querida, espero que tudo esteja bem contigo também. obrigado pelas palavras carinhosas. fico aguardando sua leitura pra me contar o que achou (este livros da Darkside estão me levando à falência, rs).

      Excluir
  20. Rodolfo amado!
    Vou confessar que li superficialmente sua resenha...calma, explicarei porque.
    é que estou com esse e o segundo exemplar aqui para leitura e não quero perder o inusitado da leitura. E como sei que suas resenhas são daquelas detalhadas, tanto em relação ao conteúdo como em relação as suas sensações ao lê-lo, preferi ler superficialmente.
    Não se chateie comigo, por favor!
    “A solidão é a mãe da sabedoria.” (Laurence Sterne)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Rudyyyyynha, não me chateio de forma alguma, te perdoo por este deslize apenas se você voltar aqui pra gente prosear a respeito desta saga para que eu saiba se você se empolgou tanto quanto eu :D bjos

      Excluir
  21. Olá!!
    Eu já havia lido algumas resenhas sobre esse livros mas a que mais me entusiamou foi essa. Sinceramente não sou muito fã de um triângulo amoroso, pois, detesto ter que escoler entres os pretendentes, isso me deixa louca e ansiosa, entretanto, adoraria conferir essa estória, pricipalmente por saber que apesar de ser uma princesa a Lia não é aquele tipo de mocinha frágil e enjoada. Adorei a resenha. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Tailane, fico feliz demais por suas palavras carinhosas. também não sou lá muito chegado a triângulos fica parecendo mais um chick-lit. mas neste caso tenho que dar a mão à palmatória, esta saga é uma delícia, vá por mim - leia! não irá se arrepender.

      Excluir
  22. Olá,
    Já ouvi fala tanto nesse livro dessa editora que quero muito ler ele. A trama dele e bem interessante e envolvente, gostei da atitude dela de querer fugir pra não se casar, pelo menos a personagem saber escolhe por si mesmo é bom isso. Amei o livro e quero poder ler ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Lily, quando se trata de livros da Darkside já nem dá pra comentar, é chover no molhado, só edição de luxo, cheia de detalhes belíssimos e geralmente capa dura. nesta saga temos algo diferente do que comumente se vê na editora, temos um romance romântico, além de muita fantasia. não posso mais falar senão acabo soltando um spoiler. corra pra ler, como eu e muitos outros o fizeram, depois volte pra gente prosear. bjos

      Excluir
  23. Amigão, que bom que gastou, esse livro mexeu comigo. A forma criativa e a construção do enredo é fascinante. Estou com a continuação, mas infelizmente não consegui ainda pega-lo, mas logo darei um jeito de concertar isso. Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caro Douglas, estamos no mesmo barco e apesar de não sabermos onde irá dar, temos certeza de que o passeio será saboroso. abraços amigão.

      Excluir
  24. Oi, Rodolfo
    Já li The Kiss of Deception, fico feliz em ver o quanto gostou, somos dois ^^ Como não adorar a Lia?!
    A estrutura de tentar adivinhar quem era quem no começo foi bem divertida.
    Preciso de tempo para a continuação, ela está na frente da minha lista de leitura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Helen, somos a grande maioria. já me deparei com quem não gostou, não conseguiu ler até seu final ou simplesmente não gostou do triângulo amoroso. confesso que gostei de tudo isso e de muito mais. não deixe o segundo livro esperando porque ele lhe deixará mais perto do terceiro, rs. bjos

      Excluir
  25. eu estou louca para ler esse livro desde do lançamento
    a cada resenha q eu vejo me apaixono mais ainda pela Lia
    ah adorei o "amor está no ar, mas no estilo darkside"
    preciso para ontem!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Mariana, até pouco tempo atrás eu também estava nesta mesma situação. bastou iniciar a leitura para me tornar um viciado, é aventura em doses cavalares, darklove total. leia, não espere mais não, depois volte pra gente prosear a respeito. bjos

      Excluir
  26. Oi Rodolfo!!!
    Esse livro esta a um bom tempo na minha lista de desejados, acho que vale a pena a leitura pois é super bem falado espero poder ter a chance de ler em breve e quem sabe gostar como todo mundo e ainda mais que a editora ainda se empenhou em publicar as continuações .
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Marília, como você bem lembrou a editora caprichou na edição e a saga vem completinha (estava se tornando raro isso). então bora ler, porque é uma delícia. obrigado!

      Excluir
  27. Esse livro esta na minha lista de compras, só leio elogios sobre ele. Gostei da personagem por ser forte, decida e não aceitar o que lhe impõe. A leitura parece envolver o leitor até a última página. Ainda bem que Lia tem as batidas do coração inclinada para um dos lados dos mocinhos, pois fiquei com receio de um desagradável e detestável triângulo amoroso assim ficaria difícil dizer que seria uma leitura maravilhosa rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Maria, esteve em minha wish list durante muito tempo também. triângulos amorosos são sempre problemáticos e na maioria das vezes tediosos, por outro lado isso acontece com certa frequência na vida real. Lia é determinada e sabe o que quer, inclusive no terreno amoroso, por isso este livro tem as mulheres no controle. muito legal!

      Excluir
  28. Faz tempo que to querendo começar a ler esse livro, mas sempre vou colocando outro na frente, e acabo me esquecendo desse, mas nesse mês de junho eu leio, ah se leio! Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom ler isso querida Rafaela. obrigado pelas palavras carinhosas. não deixe este livro pra depois, você vai se viciar. bjos.

      Excluir
  29. Tenho os dois primeiros livos e estou esperando adquirir o terceiro para começar a ler. Vou confessar que lendo sua resenha minha vontade é começar a ler imediatamente. Lia parece uma personagem muito forte. Amo as capas dos livros. Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois já estou com meu terceiro livro em mãos - maravilhoso! agora estou curioso para saber sua opinião sobre a saga, corra pra ler e volte pra gente prosear. obrigado pelas palavras carinhosas!

      Excluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir