acompanhe o blog
nas redes sociais

19.6.17

A Prisão do Rei, Vol. 03 - Série A Rainha Vermelha [Victoria Aveyard]

A Prisão do Rei
Ed. Seguinte, 2017 - 552 páginas
Mare Barrow foi capturada e passa os dias presa no palácio, impotente sem seu poder, atormentada por seus erros. Ela está à mercê do garoto por quem um dia se apaixonou, um jovem dissimulado que a enganou e traiu. Agora rei, Maven continua com os planos de sua mãe, fazendo de tudo para manter o controle de Norta — e de sua prisioneira. Enquanto Mare tenta aguentar o peso sufocante das Pedras Silenciosas, o resto da Guarda Escarlate se organiza, treinando e expandindo. Com a rebelião cada vez mais forte, eles param de agir sob as sombras e se preparam para a guerra. Entre eles está Cal, um prateado em meio aos vermelhos. Incapaz de decidir a que lado dedicar sua lealdade, o príncipe exilado só tem uma certeza: ele não vai descansar enquanto não trouxer Mare de volta.


Onde comprar:

Acreditava que este volume seria o último da série, mas me deparei com a surpresa que ainda não chegamos lá. Ouvi também muita gente reclamando sobre isso, mas como gostei muito da leitura deste livro e achei que seu conteúdo foi consistente, fiquei feliz por saber que ainda tenho mais um para me entreter.

Para quem achou a Mare chatinha e prepotente no último livro se anime, pois nossa protagonista cresceu bastante neste volume, aliás, acredito que este livro teve justamente este proposito, o amadurecimento da personagem principal. Sempre temos que nos lembrar de que Mare só tinha dezessete anos quando seu mundo virou de cabeça para baixo e ela foi obrigada e se transformar na salvadora da pátria, e este papel não é fácil nem para uma pessoa preparada, quanto mais para uma adolescente pobre.

O romance não é o tema central do livro, apesar de ser um triangulo amoroso. Mas antes que alguém já grite que não gosta de triângulos amorosos, eu digo que este é um pouco diferenciado, pois nas pontas estão dois príncipes prateados, dois supostos "inimigos". Um agora é rei e o outro, exilado entre os vermelhos, não decide a que lado dedica sua lealdade.

"Maven está entre eles. O Príncipe de que eu me lembrava, o qual amava e desejava que fosse real. E Cal. O que fiz para continuar com ele, o que ignorei e as mentiras que conto a mim mesma quanto a sua lealdade."

Até agora estou gostando demais desta série, toda narrada em primeira pessoa, o que favorece os aspectos psicológicos dos personagens. Neste livro a autora alternou a narrativa entre Mare, Cameron e Evangeline conseguindo assim cobrir todos os núcleos da trama, deixando o leitor informado do que estava acontecendo em lugares diferentes em momentos simultâneos e tivemos a chance de entender um pouco mais sobre os sentimentos de Cameron e principalmente de Evangeline, que é uma das grandes vilãs, enriquecendo ainda mais a história.

"Não quero ser a rainha de Norta. Não quero pertencer a ninguém. Mas o que quero não importa."

A Prisão do Rei

Quem chegou até aqui já deve saber que Victoria Aveyard criou um mundo dividido pela cor do sangue, prateado e vermelho. Os pateados possuem poderes sobrenaturais (como os X-Men), por isso são mais fortes e subjugam os vermelhos, que não foram agraciados com nenhum poder, tornando-os seus empregados, obrigando-os a servirem a elite prateada e a sobreviverem em meio a grande pobreza ao qual foram relegados.

Foi então que o improvável aconteceu, Mare, uma vermelha, descobriu-se com poderes especiais também e logo ficou sabendo que existiam outros como ela. Estes "sanguenovos" passaram a ajudar aos rebeldes vermelhos que pretendem derrubar a supremacia prateada. A luta tornou-se um pouco menos desigual, os vermelhos estão mais fortes e uma aliança com a República Livre de Montfort torna suas chances de vitória mais real.

"Prateados perseguidos por vermelhos. A ideia me dá vontade de rir. É idiota. É impossível. Vivi todos os dias da minha vida sabendo que eles são deuses e nós somos insetos. Não consigo nem imaginar um mundo em que o contrário seja verdade."

Agora Mare se vê prisioneira dos prateados, afastada de todos os que ama e a mercê das loucuras de Marvin, ela luta para mantar sua vida e sua sanidade mental.

"Agora, estou na prisão do rei. Mas ele também está. Minhas correntes são as Pedras Silenciosas. As dele são a coroa."

A Prisão do Rei

A Rainha Vermelha é uma série que envolve o leitor, constituída de uma gama de personagens secundários interessantes e bem construídos, possui muita ação e reviravoltas, e estou torcendo para que vire filme. É imperdível para quem gosta do gênero young adult com fantasia, sem contar que os livros possuem lindas capas, com letras de ótimo tamanho que facilitam a leitura e uma diagramação perfeita.

E aí? Quem já está lendo?

Clique nas capas para ler as resenhas dos livros anteriores:



Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!
Cortesia do Grupo Companhia das Letras
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

23 comentários em "A Prisão do Rei, Vol. 03 - Série A Rainha Vermelha [Victoria Aveyard]"

  1. Eu também pensava que este livro era o último da série, mas se a história é boa, é até bom ter mais um livro para ler, eu estou bem ansiosa para começar a ler esta série, pois leio muitos comentários positivos referentes a história dos livros, e após ler sua resenha fiquei bem ansiosa para começar a conferir a história destes livros, espero gostar da história.

    ResponderExcluir
  2. cara Gi, livros em primeira pessoa costumam ser perigosos, é preciso um domínio amplo da linguagem, ferramenta que nos derruba caso vacilemos. que bom que você gostou, sinal de que a autora acertou a mão, ponto pra ela.
    venho acompanhando suas resenhas sobre esta saga e a cada vez minha curiosidade aumenta. procurei outras resenhas e todos têm falado maravilhas. é bom demais quando a gente gosta de uma série e ela vai se alongando, espero que não caia a qualidade.
    também gostei de saber que as personagens secundárias não estão lá apenas para "encher linguiça", rs. afinal de contas, é sempre bom ter personagens sólidas que contraponham os protagonistas.
    enfim, sua resenha está bem saborosa, como sempre. adorei!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha, bem completa!! Não li o primeiro volume ainda, mas já ouvi várias pessoas elogiando, e pelo visto a qualidade mantem nos volumes seguintes, então certamente vale a pena a leitura!!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Oi Gisela, acho as capas dessa série muito bonitas e fico feliz que esse volume tenha mostrado o crescimento da protagonista e foi uma boa leitura pra você. Contudo mesmo sendo um triângulo diferenciado, eu realmente não gosto triângulos, e acho que por isso tô só acompanhando as resenhas por enquanto, mas alguns pontos se destacam e até acho interessantes e pode ser que eu resolva arriscar a leitura no futuro ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Adoro distopias e essa parece ser muito boa, uma pena que ainda terei que esperar o lançamento de mais um (ou seriam alguns) livro(s) para iniciar a leitura, mas com certeza manterei essa série na minha lista de leitura, pois possui elementos que eu adoro em um livro como mistério, aventura e reviravoltas que me farão devora-la.

      Excluir
  6. Oii Gi!!!
    Adorei conhecer mais um pouco da série, tenho o vol 1 e não vejo a hora de começar a leitura, ansiosa na vdd!
    Parabéns pela resenha!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Gisela!!!
    Ainda não li nenhum livro da série e não sei quando vou começar a ler mas já li muitas resenhas positivas e gosto de quando os autores vão desenvolvendo personagens assim me identifico bastante com muita coisa.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Nunca li nenhum livro dessa trilogia, mas sempre tive vontade. Na época do hype acabei não lendo e depois que o falatório passou perdi um pouco a vontade. Mas é bom ver que apesar disso ainda existem resenhas novas e positivas da série. Vou dar uma chance para essa trilogia em breve <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Gi, quero essa série pra ontem. Tanta gente falando bem e eu aqui ainda sem nem o primeiro volume. Quero logo ter eles na minha estante e lê-los, sei que vou amar!

    ResponderExcluir
  10. Gi!
    Para mim essa é uma das melhores séries de distopias que li o ano passado, quero dizer, os dois livros que li.
    E ver que a protagonista toma impulso e amadurece, além de descobrir que tem mais da espécie dela, me deixou com a maior vontade de acopanhar mais esse livro e espero poder fazê-lo em breve.
    Boas festas juninas!!!!
    “O que importa afinal, viver ou saber que se está vivendo?” (Clarice Lispector)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Gisela ;)
    Sempre tive vontade de começar essa série, mas ainda não tive a chance.
    Assim que lançou A Rainha Vermelha fiquei super animada, mas me desmotivei um pouco depois de ver umas resenhas negativas, mas você me deixou mais animada para começar, ainda mais dizendo que são livros que envolvem o leitor, e tem personagens interessantes e bem construídos.
    Estou ansiosa para descobrir qual o desfecho da série! E que legal que você gostou tanto que deu 5 estrelas *-*
    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Quando eu conheci o primeiro livro dessa série eu lo governo fiz a ligação com os X-Men - que eu gosto bastante - e com a série Estilhaça-me que é uma das minhas preferidas. Mas por mais que essas características sejam muito bem escritas, eu achei o romance muito chato e não continuei a série.
    Saber que as coisas só melhoram no terceiro dá uma preguicinha de ler, mas vou esperar lançar todos pra poder continuar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Oi Gisela,
    Li apenas o primeiro livro da série mas já fiquei completamente vidrada nessa distopia. Ainda não tenho o livro de contos e nem as duas continuações mas estou morrendo de ansiedade para ler todos de uma só vez.
    Também não sabia que vai ter mais um livro, mas pode vim que damos conta kkk
    Sei um pouco do que vem acontecendo apenas lendo as resenhas, que bom que nesse livro podemos acompanhar a trajetória de amadurecimento da Mare.
    Acho essa série bem elaborada, é o tipo de leitura que fisga o leitor com tantas reviravoltas, ação e, principalmente, com personagens bem construídos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Curto distopias,mas ainda não li essa série.
    Hum, recebeu uma boa avaliação sua,parece interessante.
    Capas bonitas,o prateado chama a atenção.

    ResponderExcluir
  16. Acho essa série tão linda e tenho grandes curiosidades em relação a ela mas estou fugindo de tudo que é série por enquanto, rs. As capas são lindas mesmo e diante da sua resenha tenho certeza que não só a capa é legal mas como a história também! Quero ler esse ano ainda.

    ResponderExcluir
  17. Oi Gi.
    Eu parei na metade desse livro, confesso que fiz isso quando descobre que is ter mais um, só pretendo retomar a leitura quando o ultimo for lançado, ter que esperar pelo livro A prisão do rei, foi agonizante, enfim eu curtir bastante a leitura no começo, apesar de ter a narrativa ao meu ver um pouco menos fluida do que os livros anteriores, eu não sou fã de triângulos amorosos não, mas esse está arrancando meu coração.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  18. Preciso ler parece ser muito boa a série e como gosto de uma boa ação então to perdendo tempo rs. Fiquei feliz que a protagonista melhora porque personagem chata é difícil de aturar e ela está mais interessada em sua batalha. Da para escolhermos um lado no romance mas fiquei me perguntando se ela fica dividida entre os dois pois é essa indecisão que irrita nos triângulos amorosos.

    ResponderExcluir
  19. Oi Gisela,
    Eu também achei que A Prisão do Rei fosse o último volume da série (até então trilogia para mim) e estava bem ansiosa para chegar ao final desta história, apesar de ter lido, somente, o primeiro volume. Eu gostei muito de tudo que a autora criou para esta história e meu maior medo era que ela se estendesse, de forma desnecessária, criando livros longos e com pouca ação. Algo positivo em sua resenha é saber que a protagonista irá evoluir na trama se tornando forte para enfrentar os desafios que irá encontrar. O romance é algo que curto, mas não vejo tanta necessidade de ele estar presente na série, então é bom ver que Victoria está sabendo priorizar o que,realmente, importa para construção da trama. Espero ler este livro ainda este ano e gostar (deste e do segundo) como gostei de A Rainha Vermelha.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Gi!!
    Como não li nenhum dos livros anteriores fiquei perdida na história. Tenho os dois primeiros livros da série mas ainda não li. Espero começar no mês que vem esses livros.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  21. Olá,
    Que resenha maravilhosa, eu tenho o primeiro livro que foi presente de um sortei que participei desse blog e no momento ainda não li, mas vi pelas resenhas que o livro tem uma historia bem maravilhosa. O bom dessa resenha não houve algum spoiler e gostei bastante da trama, quero muito começar a ler.

    ResponderExcluir
  22. Eu detesto triângulos amorosos, de qualquer tipo, então mesmo com esse diferenciamento no triângulo amoroso de A prisão do Rei, continuo pretendendo não ler essa série...
    Abraços!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir