acompanhe o blog
nas redes sociais

10.1.18

O Livro Do Juízo Final [Connie Willis]

O Livro Do Juízo Final
Ed. Suma De Letras, 2017 - 576 páginas
- "Para Kivrin, que se prepara para um estudo de campo em uma das eras mais mortais da história humana, viajar no tempo é tão simples quanto tomar uma vacina — desde que seja uma vacina contra as doenças encontradas na Idade Média. Já para seus professores, isso significa cálculos complexos e um monitoramento constante para garantir o reencontro. No entanto, uma crise de proporções inimagináveis pode colocar o futuro de Kivrin, e de todo o Reino Unido, em perigo. Seu professor mais próximo, o sr. Dunworthy, fará de tudo para resgatá-la. Mas até que ponto é possível desafiar a morte? "

Onde comprar:

O livro se passa em 2054 e nesse futuro a viagem no tempo é algo recorrente, principalmente para os historiadores. As Universidades usam desse método para descobrir mais sobre determinada época ou artefato, assim podendo complementar informações já existentes. Porém, quanto mais para o passado você for, maior a dificuldade em chegar a uma data e local exato, podendo existir alguns desvios.

Krivin é uma estudante que sonha em viajar para a Idade Média, que é uma época considerada perigosa e da qual possui poucas informações. Finalmente esse sonho vai acabar virando realidade, e Krivin busca a ajuda do professor Dunworthy para poder se preparar e estar pronta para documentar essa época tão desconhecida. Apesar do adiantamento do salto que levará para a Idade Média, Krivin se sente preparada e animada para essa jornada, ao contrário de Dunworthy, que está cada vez mais preocupado e até tenta encontrar alternativas para cancelar essa viagem.

“Tudo que eu queria era ir para a Idade Média, pensou ela. Trabalhei tanto, aprendi as línguas, aprendi os costumes, fiz tudo o que o Sr. Dunworthy me mandou fazer. Tudo que eu queria era ser historiadora.” (p. 111)

A partir do salto, o livro começa a ser narrado em dois momentos: através de Krivin começamos a desbravar o ano de 1320 e com Dunworthy acompanhamos o que está acontecendo em 2054 a partir do salto.

Connie Willis

Uma das coisas mais impressionantes nessa história é a forma como ela é escrita. Connie não desperdiça detalhes e através da jornada dos nossos personagens podemos conhecer uma escrita ágil e inteligente. Nada é deixado de lado, e mesmo quando a história tem seus momentos mais “lentos”, ela não deixa de ser interessante.

Como todo livro de ficção científica e viagem no tempo, coisas ruins acontecem. Aqui também não é diferente. No futuro, os problemas começam quanto um dos técnicos que está operando o salto, Badri, cai doente e a área entra em quarentena. Ninguém sabe o que ele tem, como contraiu e se isso pode ter afetado Krivin em sua viagem. No passado, assim que Krivin chega ao seu destino, pronta para interpretar o seu papel de donzela que foi assaltada, ela acaba ficando doente, o que vai contra todas as expectativas. A partir desses fatos o enredo vai enriquecendo e se emaranhando a outros fatos, deixando a história mais rica e interessante.

O Livro Do Juízo Final

Esse livro foi uma leitura densa e lenta para mim, mas não deixa nada a desejar. É uma história grandiosa que recomendo a todos conhecer. Acompanhar o futuro e o passado foi impressionante e já adianto que todos os personagens são importantes de alguma forma. Você fica impressionado com as coisas que acontece e se surpreende de diversas maneiras.

Uma leitura obrigatória para quem é fã do gênero ou para quem quer iniciar, assim como eu.


Gabriela Erler
Gabriela do blog Reino da Loucura, ou simplesmente Gabis. Germiniana, 22 anos, capixaba. Viciada em livros, séries, músicas e maratonas literárias. Apaixonada por azul, roxo e inverno. Formada em Pedagogia e se tudo der certo, futuramente Psicologia. Uma garota um pouco estressada que morre de medo do futuro.
Cortesia do Grupo Companhia das Letras
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

19 comentários em "O Livro Do Juízo Final [Connie Willis]"

  1. Este livro será uma das minhas próximas leitura(tempo, me ajude?)
    Já fui olhar ele ali na estante só pra dar uma conferida na capa. Amo essas viagens no tempo e mesmo sendo um pouco meio pé atrás com ficção científica, este livro me ganhou desde a primeira vez que o vi pelo mundo literário.
    Passado, presente e futuro. Todos interligados?
    Lerei assim que terminar o livro que estou lendo!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Gabi!!
    Preciso confessar que não tenho um pingo de vontade de ler esse livro, acredita?
    Desde que comecei á acompanhar resenhas da obra venho me desinteressando da leitura, talvez eu precise começar enxergar com outros olhos, quem sabe...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabi, pela capa eu tava esperando algo bem mais sombrio que viagens no tempo, mas achei interessante a ideia, ainda não tinha ouvido falar do livro e gostei de conhecer tua opinião sobre ele e como esse não é um gênero que leio com frequência, gostei de saber que ele pode ser indicado pra quem quer iniciar nesse tipo de leitura e pode ser que mais a frente eu resolva ler ;)

    ResponderExcluir
  4. Oi Gabriela,
    Na primeira vez que vi essa capa não pensei que a trama envolvia viagens no tempo.
    Essa leitura atiçou minha curiosidade, achei a sinopse um bom gatilho, é interessante ter a oportunidade de ir ao passado com o conhecimento do futuro, na Idade Média ainda, já está na minha lista.

    ResponderExcluir
  5. Olá Gabriela,
    Eu já vi tantos desse livro mas nunca parei para ler a resenha, mas vejo que é um livro bem interessante com uma premissa muito boa.. Gostei muito da trama e sobre viajem no tempo, gosto disso.. Espero ler!

    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  6. Gabi!
    Deve mesmo ser fascinate um livro que traz um enredo no futuro, querendo estudar o passado e acaba dando tudo errado.
    Amo livros sobre viagem no tempo e mesmo com suas ressalvas a respeito do livro poder ser um pouco menor, gostaria de poder fazer a leitura.
    Fã de ficção já sabe como é, né? Tem que ler para crer...
    Novo Ano repleto de realizações!!
    “Que a paz, a saúde e o amor estejam presentes em todos os dias deste novo ano que se inicia. Feliz Ano Novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Gabriela.

    Acho que a autora mostrou bem a realidade dos fatos, de como as mulheres eram tratadas (pra que elas "serviam"), através da decisão da Krivin em dá esse salto no tempo, correndo todos os riscos daquela época e que poderia afetar a vida de muitas pessoas, sejam elas mulheres ou as demais pessoas por contraírem tal doença.

    ResponderExcluir
  8. Eu estou a algum tempo querendo ler este livro. Que bom que a escrita da autora é bem detalhada, e que a escrita dela é ágil e inteligente, gosto muito de livros de ficção científica. Fiquei muito curiosa para conferir esta história após ler sua resenha, pretendo ler O livro de juízo final em breve.

    ResponderExcluir
  9. Oi,Gabriela.Tudo bem? Olha eu não sou muito fã de livros/filmes desse gênero,sabe porquê? Não entendo quase nada! Para mim é muito complexo e eu fico perdida na estória.A capa é bem chamativa e gostei muito. Mas confesso que, viagens no tempo sempre são algo que causa muita admiração e medo. Mas eu passo,se eu começar a ler livros desse gênero provavelmente abandonarei a leitura.Gostei da sua resenha ficou muito explicativa.

    ResponderExcluir
  10. Adoro historias com viagens no tempo, são bem interessantes, tanto no passado quanto no presente. Apesar das partes lentas talvez sejam necessárias não sei, fiquei com vontade de saber mais sobre o que vai acontecer com a protagonista ainda mais ela estando doente.

    ResponderExcluir
  11. Oi Gabi!
    Não sei porque, mas livros que falam de viagens no tempo não me chamam a atenção. O enredo criado é bom ,isso sem dúvidas, mas pelo caminhar das coisas também é previsível, é fato que iria ocorrer problemas na viagem que Krivin iria fazer.
    Fico feliz que pra você tenha sido uma leitura tão agradável, infelizmente não me impressiona, acho que estou um pouco cansada de ficção científica!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi Gabriela, nossa nunca li um livro que se passa em futuro, vendo a capa assim parece ser um livro de terror mas pela resenha vi que não , gostei do livro falar sobre viagens no tempo, que bom que a escritora não desperdiça detalhes através da jornada dos personagens porque tem livros que se passam no agora e no passado e alguns escritores perdem o foco da história, fiquei curiosa pra saber porque Badri e krivin ficaram doentes e como a autora vai resolver essa situação no livro, eu gosto bastante de ficção cientifica então já adicionei na minha lista de leitura obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  13. Nunca li nada sobre viajem no tempo, sempre fico bastante curiosa quando leio uma resenha ou vejo algum lançamento desse tipo, porém nunca compro pra ler. Adorei a dica, me deixou realmente curiosa, embora a capa me parecesse algo mais sombrio, não sei se o livro tem uma pegada sombria, mas como você disse que foi uma leitura mais densa acredito que sim né.

    ResponderExcluir
  14. Não deu vontade de ler,talvez pelo fato de ter me jogado na série Outlander e essa resenha me fazer lembrar de imediato, parece repetitivo,apesar de ter gostado muito no começo,quero livros desconhecidos com temas menos modinha

    ResponderExcluir
  15. Olá, sendo um fã assíduo de Doctor Who nem preciso mencionar que a obra já figura minha lista de desejados, né? Vejo que a autora vai além dos clichês referentes a ficção científica e viagem no tempo e entrega ao leitor uma obra com um ritmo um pouco lento, mas que compensa com o conteúdo. Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Parece ser bem legal. Li um livro que é meio parecido, mas não tem viagem no tempo. O livro se chama Julieta e temos a Giulieta dos dias atuais, a historia começa por ela e conta sua tragetoria e uma maldição da qual tem que quebrar e a Giulieta de 1340 a primeira que teve um romance com Romeo e que é parente distante da do tempo atual.
    É um livro muito bem escrito com bastante detalhe e simplicidade, mas é um pouco lendo de ler as vezes, mas dá vontade de continuar lendo sem parar para saber o final e tem mais, quando acaba deixa uma saudade...
    Vale a pena ler.


    TC 0118

    http://garotaeraumavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Gabriela!
    Não costumo ler ficção científica, prefiro assistir em vez de ler algo sobre esse gênero, por isso O Livro Do Juízo Final é um livro que eu não leria, mesmo tendo ficado com uma pequena curiosidade para saber como a Krivin vai conseguir se virar no passado estando doente...

    ResponderExcluir
  18. Gente do céu eu amo livros que falam sobre viagens no tempo então isso foi a primeira coisa que me chamou atenção nessa resenha maravilhosa então vou ler urgentemente

    ResponderExcluir
  19. Oi, Gabi!!
    Adoro um bom livro de ficção científica e se tiver viagem no tempo gosto mais ainda!! Achei bem bacana a ideia da autora trazer para livro os dois momentos do tempo que se passa na história, certamente é bem intrigante!!
    Bjos

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir