acompanhe o blog
nas redes sociais

24.4.18

Literatura Nacional - Leia.Seja.


Na semana do Dia Mundial do Livro, nada melhor do que falarmos um pouco sobre a literatura nacional, que está ganhando força a cada dia, são muitos os livros nacionais preferidos, que chega a ser difícil listar os melhores, entretanto separei alguns, que de alguma maneira, foram importantes para mim:

Nostalgia - Foram com eles que aprendi a gostar de ler, quando era menina, os livros eram escassos, e comecei a ler com aqueles livros de escola, lendo-os, o bichinho da leitura me mordeu e passei a ler o que tinha disponível na minha casa, que não eram os mais adequados a minha idade, mas mesmo assim me encantaram.





Atualidade - Da nova geração de autores nacionais, tenho as minhas "queridinhas", Babi A. Sette, Carina Rissi e Nana Pauvolih. Mas não são só elas que me fazem suspirar, a lista é grande e a cada dia estou conhecendo novos autores e me surpreendendo positivamente. Até criei uma nova categoria aqui no blog, chamada "DIVERTINDO-ME COM...", para divulgar estes talentos.





Ler é meu maior prazer!

E vocês? Quais são os livros nacionais que consideram os melhores?

A Leia.Seja. é uma campanha realizada pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel), que tem como objetivo mostrar o papel transformador que a leitura pode proporcionar à sociedade. Essa campanha começou na Bienal Internacional do Livro do Rio, quando um time de peso vestiu a camisa da campanha para se transformar em personagens históricos da literatura nacional e internacional.


comentários pelo facebook:

13 comentários em "Literatura Nacional - Leia.Seja."

  1. Um livro que me faz ficar nostálgica, li faz um tempo e tava iniciando a vida literária foi Capitães da Areia, era pra escola e geralmente eu não curtia as literaturas obrigatória, nunca consegui gostar de Iracema, mas o livro de Jorge Amado me pegou e hoje amo ler <3 Das autoras da atualidade, leio e amo, Carina, Lucy, Babi... tem alguns livros da Marina Carvalho que gosto demais e da Raíza Varella e tem tantas outras que ainda quero conhecer :D

    ResponderExcluir
  2. Realmente, a literatura brasileira está se destacando com a descoberta de novos talentos, e que com certeza vieram para ficar.

    E eu fico muito feliz por ter como uma das minhas autoras preferidas (e nacional) a Nana Pauvolih. A escrita dela é sensacional, e não é à toa que faz o sucesso que faz hoje.

    Bem como as outras que foram citadas, vieram para implementar a nossa literatura brasileira.

    Incrivelmente, "Aluga-se Um Noivo" entrou para a minha lista de livros favoritos. Até comparei a escrita da Clara de Assis com a escrita da Nana, no sentido dela ser impecável, pois fazia tempo que eu não lia livros nacionais tão bons como os livros da Nana. A série Segredos, da Nana, faz parte dos meus livros favoritos.

    ResponderExcluir
  3. Tão bom saber que a literatura nacional tá finalmente ganhando um espaço nas nossas estantes, né? Eu admito que sou dessas que tá começando agora a dar uma chance pros autores brasileiros, antes só lia se fosse aqueles livros pra escola/vestibular, sabe? Mas aprendi a gostar até mesmo desses, adoro vários! Já da atualidade, sou louca pra ler os livros da Carina Rissi, só vejo elogios pra ela <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  4. acho muito legal fazer essa divulgação coletiva, além de lembrar a data lembra também o valor do livro para a vida!

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/2018/04/leiaseja-uma-divulgacao-especial.html

    ResponderExcluir
  5. Nossa que lista bacana essa sua ... Gostei!
    São tantas autores que fica impossível escrever alguns apenas, a listinha é imensa... rsrs
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Realmente a literatura nacional cada dia nos enche de orgulho. Muitos novos autores acabam se destacando, afinal atualmente é muito mais fácil publicar um livro atualmente, já fazer sucesso envolve muitos outros fatores. Não tenho como não destacar nesse seu post a Coleção Vagalume que foram os primeiros livros que me encantaram depois das HQs. Alias, atualmente estou com 21 volumes que tem um lugar de destaque na minha estante. Essa coleção de capa preta dos clássicos também li bastante na época da escola. Adorei o post.

    ResponderExcluir
  7. Valorizar nossa literatura nacional é algo que deveríamos fazer todos os dias. Não só com os grandes clássicos, mas também com os novos autores que sempre estão chegando com coisas boas.
    Eu faço questão de ler sempre um nacional.
    Jorge Amado é maravilhoso e adorei ver a obra dele ali! Os clássicos que nos acompanharam na época escolar e até hoje fazem parte de nossa história.
    Falando em coisas "modernas", senti falta de algo do Raphael Montes!Ele é meu autor nacional favorito e não perco um livro dele!
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Devo admitir que ultimamente não tenho lido nenhum livro nacional, mas na minha adolescência a Thalita Rebouças marcou presença demais. Li vários livros dela e lembro que muitas meninas da minha sala de aula também liam. Gostei dos livros que você escolhe, mas ainda não li nenhum deles. Dizem que a Nanah arrasa no hot e um dia quero me jogar nessa leitura. Tenho vontade também de conhecer a escrita do Raphael Montes que parece ser incrível no suspense.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Gisela!
    Quando vejo um livro nacional já quero ler, mas como geralmente os preços são bem salgados fica difícil adquirir tantos quanto eu gostaria :(
    Li Senhora, Iracema e Lúciola na minha adolescência e acabei me apaixonando pela escrita do José de Alecar, lendo tudo o que eu encontrava pela frente escrito pelo autor! ❤
    Curto os livros da Babi A. Sette. Da Nana Pauvolih li apenas a trilogia Redenção e gostei. Ainda não conheço a escrita da Carina Rissi mas estou tentando me programar para remediar isso no primeiro semestre desse ano...
    Eu amo a série Encantados da Raiza Varella e com certeza a indico! Meu último achado nacional foi a Karine Vidal com sua duologia Escola dos mortos, por quem eu acabei competamente encantada com o primeiro livro e querendo ler desesperadamente o segundo!😍
    Enfim, amei o post! Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Oi Gi,
    Nossa, lembro do Escaravelho do Diabo, ainda tenho, a coleção vaga-lume é pura nostalgia.
    Que legal trazer tanto os mais antigos como os atuais.
    Claro que Perdida ia aparecer,rs, uma leitura divertida.
    Gosto de um nacional que não está na lista, mas é muito interessante, O Alienista do Machado de Assis.

    ResponderExcluir
  11. Gi!
    Aqui já estou mais a vontade.
    Dos autores mais antigos, li todos que citou e que orgulho desse escritores fabulosos.
    Dos mais atuais li alguns da Babi A Sette, da Carina Rissi e tem uns aqui que citou ai, mas ainda não li.
    Me arruma tempo...kkkk
    Bom final de semana!
    “Os piores estranhos são aqueles que vivem na mesma casa e fingem que se conhecem. Conversam banalidades, mas nunca o essencial.” (Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA ABRIL – ANIVERSÁRIO DO BLOG: 5 livros + vários kits, 7 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Gi!
    Gosto muito ler livros nacionais, atualmente gosto muito de ler Babi A. Sette, Carina Rissi, Raiza Varella e Aline Sant'Ana.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Esse post me fez lembrar dos livros que lia quando criança, o clássico que foi os gibis da turma da mônica, Joana Banana a droga da obediência e livros que acabaram abrindo as portar para minha leituras atuais que também tem a Carina Rissi, Babi A. Sette, Raiza Varella e a Marina Carvalho que também adoro seus livros !!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir