acompanhe o blog
nas redes sociais

25.7.18

A Duquesa Feia, Vol. 03 - Série Contos de Fadas [Eloisa James]

Eloisa James
Ed. Arqueiro, 2018 - 271 páginas
- "Theodora Saxby é a última mulher com quem se poderia esperar que o lindo James Ryburn, herdeiro do ducado de Ashbrook, se casasse. Mas depois de um pedido romântico feito na frente do próprio príncipe, até a realista Theo se convence de que o futuro duque está apaixonado. Ainda assim, os tablóides dizem que a união não durará mais do que seis meses. Em seu íntimo, Theo acredita que os dois ficarão juntos para sempre até que ela descobre que o que James desejava não era seu amor, mas seu dote. E a sociedade, que primeiro se chocou com seu casamento, se escandaliza com sua separação. Agora James precisará enfrentar a batalha de sua vida para convencer Theo que ele amava a patinha feia antes que ela se transformasse em cisne. E Theo logo descobrirá que, para um homem com alma de pirata, vale tudo no amor – e na guerra."

Onde comprar:

Eloisa James sem sombra de dúvidas já é uma das minhas autoras preferidas do gênero de romances de época, por causa de sua versatilidade, um livro é bem diferente do outro, e também me agrada como ela faz as adaptações dos contos de fadas, acho que aproveita o melhor de cada personagem.

A Duquesa Feia, como o próprio título já diz, é baseada no conto do Patinho Feio. Acredito que a primeira lição que o livro quis passar, como no conto, é que a beleza é relativa aos olhos de quem a vê. O que pode ser feio para alguns é bonito para outros. Assim é a história de Theodora, uma jovem cujo padrão de beleza não se encaixava aos da época, mas que nem por isso não era bela aos olhos de sua mãe e de seu melhor amigo, James.

James Ryburn é o conde de Islay e herdeiro do ducado de Ashbrook, seu pai, conhecido como Duque Tolo, perdeu toda a fortuna em maus investimentos e também uma parte da fortuna da jovem Theodora, do qual é o tutor. Para encobrir o desfalque que fez na herança de Theodora, o Duque precisa casar James com ela. Entretanto, James cresceu junto com Theodora, considera a jovem sua melhor amiga, quase uma irmã, e fica furioso com a proposta de seu pai.

Acompanhando a moça aos bailes e vendo-a flertar, James não percebe que sua possessividade em relação à amiga é ciúmes, e seu desejo por ela não tem nada de fraternal. Muito confuso com toda esta mistura de sentimentos, sendo ainda imaturo e com pouca experiência, James bêbado, acaba beijando Theo num dos bailes, na frente de todos. É lógico que isso, para época, era casamento na certa.


Os dois então se casam. Ela encantada, pois percebeu que seu grande amor sempre foi James, ele com sentimento de culpa, pois acredita que está traindo a amiga, ao se casar para salvar a dívida do pai. Mas o estopim acontece quando um repórter faz um resumo simples e brutal da Noiva:

"- Ela é uma duquesa feia, e duvido que algum dia se transforme em cisne!".

Theodora sabia que James era devastadoramente bonito e charmoso, além de ser um futuro Duque. Ela o ama, mas acaba se sentindo inferior a ele, e prefere acreditar que seu amigo casou-se com ela por dinheiro e não por amor. Ele por sua vez, um garoto de 19 anos, imaturo e incapacitado pelo próprio remorso, não soube fazê-la mudar de ideia. Tudo o que a princípio pareceu ser tão certo para estes dois jovens, acaba se tornando um pesadelo. Eles então se separam.

Cada um vai aprender a superar suas frustrações, ela quer mostrar para a sociedade que se tornou um cisne, ele que é o canalha que acredita ser.

"- Me parece que você reagiu ao desafortunado fim do nosso casamento indo na direção oposta. Eu me atirei ao perigo, você se cercou de retidão."

Este livro perdeu um pouco do tom humorístico que a autora empregou nos livros anteriores, talvez por isso não se tornou favorito, faltou aqui um mordomo mordaz (personagens notáveis dos livros anteriores), mas que foi substituído pelo pirata Griffin Barry, que também deixou saudades (O volume 4,5, que conta a história dele, existe no exterior, mas provavelmente não vai ser lançado aqui no Brasil).

Eloisa James sabe criar personagens marcantes e suas histórias tem sempre algo que as diferenciam, esta, por exemplo, conta com reviravoltas que me surpreenderam e me deixaram ainda mais apaixonada pela série Contos de Fadas.

Cada livro possui uma história única e mesmo fazendo parte de uma série podem ser lidos em qualquer ordem.

Clique na capa para ler a resenha do livro anterior:



Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!
Cortesia da Editora Arqueiro
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

19 comentários em "A Duquesa Feia, Vol. 03 - Série Contos de Fadas [Eloisa James]"

  1. Oi, Gisela,

    Ao fugir da mesmice presente nas características das mocinhas, a autora engloba e abrilhanta a história de forma célebre. E, é claro, por deixar viável a sua força e amadurecimento enraizados na personagem.

    Da série, esse é o livro que eu mais quero ler, pois não tem como não se encantar com essa proposta.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Gi
    Eu li a versão de Portugal e também gostei muito da história e do jeito que a autora abordou os temas. Só senti que ficou faltando algo, não sei bem o que.
    Espero poder ler o segundo, ainda não fiz.
    Beijos!
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Gi, eu também acho que a escrita da Eloisa é maravilhosa e mesmo as histórias que faltam algo, como foi o caso dessa, valem super a pena ler :D

    ResponderExcluir
  4. Muitas resenhas que leio falam muito bem dos livros da Eloisa. Mas ainda não tive a oportunidade de lê-los, confesso que não tive vontade pois achei que seria meio frustante essas releituras dos contos. Acho essa história um pouco fraca e os personagens não me conquistaram. Fica pra uma próxima!

    ResponderExcluir
  5. Como tenho namorado essa saga de releituras de contos de fadas d autora!!
    Desde A Bela Que Domou a Fera já me encantei. Esta maneira única da autora pegar um conto de fadas, com toda uma propriedade e os fazer de forma com que pareçam histórias novas, é fabuloso.
    Amo também as capas!!
    Espero começar a série o quanto antes.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Esse livro me conquistou primeiro pela capa e depois de ler a premissa fiquei ainda mais apaixonada.
    Eu sinto que vou amar esses personagens e apesar de ser um romance de época a autora conseguiu fugir um pouco daqueles clichês que já estamos acostumadas.

    ResponderExcluir
  7. Gi!
    Bom ver que a autora continua fiel a construção das personagens que se tornam envolvente.
    E que triste o romance não ter sido tão bem desenvolvido como poderia ser e se tornar um atrativo melhor, já que é um romance...e ainda perder o tom mais hilário que havia no anterior.
    “O homem está sempre disposto a negar tudo aquilo que não compreende.” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JULHO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  8. Olá Gi!!
    Pela sinopse, capa e resenhas lindas que tenho acompanhado sobre o enredo o livro já ganhou mais uma leitora admiradora... Não li ainda livros da autora e espero conseguir ler me breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Oi Gi,
    De todos os livros que já foram lançados da série, esse me pareceu ter o romance mais bonito. Não só como o casal protagonista foi moldado, mas como nessa passagem de tempo os dois evoluíram, coisa que fica nítida quando eles se reencontram!
    Também achei bem legal a mensagem que a autora passou sobre as aparências, e melhor, sobre acreditar em si mesmo!
    Aaaah, não posso deixar de citar, amei que James voltou como pirata kkk
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu ainda não li essa serie mas já obtenho o primeiro exemplar e pretende ler em breve..Esse tem uma premissa ótima, ainda mais envolvendo contos de fadas bastante clássico né..Gostei muito e pretendo ler em breve!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  11. É interessante a ideia de se inspirar nos contos de fadas para criar esse série de romances de época. Pena a autora ter diminuído o humor na narrativa, afinal sempre é um ingrediente que nos agrada bastante. Personagens secundários sempre são importantes para equilibrar a trama e não deixá-la chata.

    Evandro

    ResponderExcluir
  12. Estou desejando este livro desde o lançamento.
    Sou fã de romance de época e gostei muito dos personagens.
    Não gosto de clichês e gostei que a autora conseguir fugir um pouco deles mas uma pena ter perdido um pouco do tom humorístico que havia nos anteriores.
    Ótima resenha

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  13. Primeiro queria começar dizendo que quando vi pela primeira vez o título desse livro bem estranho. Quando descobri que o conto de inspiração foi O Patinho Feio fez mais sentido. Achei que a série fosse focar apenas nos contos das princesas, então achei legal. Apesar disso, ainda não li nenhum livro da série e nem nenhum romance de época. Concordo que a beleza está nos olhos de quem vê e tudo é muito relativo. E esse repórter? Merecia umas bofetadas. Então, pelo o que eu entendi eles vão se separar e depois vão ficar juntos novamente? Dizem que romances de época sempre dão certo no final. O casal sempre fica junto. Não sei por qual livro vou começar a ler esse gênero, mas espero fazer uma boa escolha.

    ResponderExcluir
  14. Oi Gi,
    Ah, o patinho feio, muita maldade o que faziam com ele, gostei da escolha dessa adaptação.
    Achei divertido ter um pirata na trama, não conheço o personagem, mas o Griffin Barry por ser a parte mordaz do livro, já chamou minha atenção! Espero que o 4.5 seja lançado com a história dele.

    ResponderExcluir
  15. Olá! Adorei a capa desse livro, a escrita da Eloisa é realmente maravilhosa, acredito que por serem muito jovens esses dois terão muito o que aprender com seu relacionamento, gosto que o livro tenha essas reviravoltas, essa série é linda, torcendo para eles lançarem o livro do Griffin.

    ResponderExcluir
  16. Ah, que pena que A duquesa feia perdeu um pouco do tom humorístico que a Eloisa James empregou nos livros anteriores da série, essa característica é a que mais me cativou em Quando a bela domou a fera... Mas apesar disso estou ansiosissima para ler esse livro e conhecer a história de Theo e James, amo histórias inspiradas no conto Patinho Feio!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Gi!!
    Estou gostando bastante das histórias da Eloisa James, apesar que só li o primeiro livro. Mas como adoro releituras de contos de fadas e esse principalmente por ser a história do Patinho feio uma das histórias que mais gosto.
    Bjos

    ResponderExcluir
  18. Oi Gisela,
    Estou louca de vontade de ler essa série, primeiro porque quero ler mais romances de época e segundo porque amo ler recontos dos contos de fadas. Acho bem interessante que a autora tenha trazido este tema para o livro. Uma protagonista que, fisicamente, foge dos padrões esperado pela sociedade na certa trás uma outra dinâmica ao enredo. Ver a amizade entre Theodora e James ser transformada devido a um mal entendido dá uma certa aflição e o rumo que a história toma é bem diferente do que eu imaginava, mas achei interessante. Espero ler este e os outros livros logo e consiga me divertir com cada personagem.

    ResponderExcluir
  19. Olá, Gi
    Li várias resenhas deste livro e criei muitas expectativas para ler, mas graças a sua resenha mudei de opinião para não ficar frustrada com esse romance.
    Quero muito ler essa série, mas com cautela.
    Beijos

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir