acompanhe o blog
nas redes sociais

5.7.18

Asiáticos Podres De Ricos [Kevin Kwan]

Asiáticos Podres De Ricos
Ed. Record, 2018 - 490 páginas
- "Quando Rachel Chu chega à Cingapura com o namorado, o charmoso Nicholas Young, para acompanhá-lo ao casamento de seu melhor amigo, imaginava passar dias tranquilos com uma simpática família, longos passeios de carro explorando a ilha e bastante tempo ao lado do homem com quem um dia talvez fosse se casar. Só que Nick não mencionou alguns detalhes. Como o fato de sua família ter muito, muito dinheiro, que ela iria viajar mais em jatinhos particulares do que de carro e que caminhar de mãos dadas com um dos solteiros mais ricos da Ásia era como ter um alvo nas costas. Em pouco tempo, Rachel se vê transportada para um episódio de Gossip Girl, só que na Ásia e com pessoas podres de ricas, que não vão poupar a simples professora universitária das fofocas e intrigas. Isso sem falar na mãe de Nick, uma mulher com opiniões bem fortes sobre com quem seu filho deve – ou não – se casar."

Onde comprar:

"Um passeio pelos cenários mais exclusivos do Extremo Oriente – das luxuosas coberturas de Xangai às ilhas particulares do mar da China Meridional –, Asiáticos podres de ricos é uma visão do jet set oriental por dentro."

O que me chamou a atenção para o livro foi a vontade de conhecer um pouco mais da cultura oriental e ler um romance contemporâneo com protagonistas chineses. Confesso que no inicio senti um pouco de preconceito, não conseguindo imaginar os personagens, aí fui para a internet e me inspirei nos próprios atores do elenco do filme. Há, o livro virou filme que ainda não estreou no Brasil.

A história é baseada numa família chinesa podre de rica, e para demostrar o "quão rico são eles", o livro inicia com um episódio anterior aos dias atuais, onde os Young acabaram de chegar na convencional Londres, e se dirigem a pé para o hotel onde ficarão hospedados. No caminho são pegos por uma forte chuva e chegam literalmente encharcados. O gerente deste hotel de luxo, se arrepia só de imaginar estes chineses nos mesmo ambiente que seus aristocráticos e nobres ingleses lá hospedados. Diz para os chineses que houve um engano e a reserva não foi feita, o que é uma tremenda mentira. Eles acabam aceitando e procuram outro hotel, mas como a cidade está cheia devido a um evento, não conseguem nenhuma vaga. Felicity Young liga então para seu marido, que está na China e relata o ocorrido. Dez minutos depois ele retorna a ligação dizendo que resolveu o problema. Ele simplesmente COMPROU o hotel. Simples assim. Sacaram o "quão rico eles são"?

Kevin Kwan

O livro destaca o clã Young, principalmente seus netos, Nicholas Young, Astrid Leong e Eddie Cheng (estes dois carregam o sobrenome dos pais, mas são Young por parte das mães).

Nicholas Young mora nos Estados Unidos, namora com Rachel Chu há dois anos e os dois são professores universitários. Nick resolve chamar a namorada para conhecer sua família em Cingapura e deseja mostrar a ela os lugares onde passou sua infância. Rachel nem desconfia que ele é um herdeiro bilionário, afinal Nick vive modestamente, e ele, por sua vez, não conta nada para prepara-la, não por maldade, mais por ingenuidade, porque acreditava que o dinheiro não é o que o define como pessoa. Sua mãe, Eleanor, ao descobrir que o filho está namorando, precisa descobrir tudo sobre a garota, para saber com quem exatamente vai lutar.

"- Não faço a menor ideia de quem essas pessoas são. Mas uma coisa posso garantir: essa gente é mais rica do que Deus."

 

Astrid Leong é prima e confidente de Nick, dona de uma beleza estonteante e estupidamente rica. Casada com Michael Teo, um simplório engenheiro, não percebe que o abismo social que existe entre ela e o marido está destruindo seu casamento. Finge viver dentro do limite financeiro do seu marido, mas gasta seus milhões escondido dele, que por sua vez finge não perceber.

 

Eddie Cheng é o primo revoltado de Nicholas, apesar de seus pais serem muito ricos, não gostam de ostentar, e Eddie vive para isso. Casou-se com uma mulher de influência, mas mantêm amantes já que acredita que homens ricos fazem isso. Não está contente com os milhões que tem, pois se sente extremamente pobre em comparação com a maioria de seus amigos.

   

O Livro possui muitos personagens, além dos principiais citados acima, e acaba cedendo um pequeno espaço para cada um deles, tornando a história bastante diversificada. É uma comédia romântica e mesmo tendo um final, deixou algumas pontas para uma continuidade.

No fim cumpriu seu papel, apresentou-me ao mundo dos bilionários chineses e seu estilo de vida. Acredito que o filme será bem divertido, assim como foi a leitura do livro.


Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

Cortesia do Grupo Editorial Record
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

18 comentários em "Asiáticos Podres De Ricos [Kevin Kwan]"

  1. Oi, Gi
    Eu não tinha me interessado muito pelo livro mas fui no evento da editora e quando descobri mais sobre o livro, eu fiquei muito ansiosa para lê-lo, ainda mais com o trailer que deixou muitas expectativas. Eu quero muito ler a obra e espero poder gostar tanto quanto você.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Gisela.

    É muito significante, quando um autor como o Kevin, expande o conceito inicial do livro indo de um romance até extremidades de diferentes realidades.

    Acredito que é uma boa experiência conhecer um pouquinho sobre um novo povo e seu mundo glamouroso. Gosto quando o livro vai além do romance, e explora também outros meios, como a família. Assim, a leitura torna-se mais cativante e envolvente de acompanhar cada personagem.

    Tenho muitas expectativas para ler esse livro, então espero que seja uma leitura agradável e satisfatória.



    ResponderExcluir
  3. Sou meio avessa a isso de ricos, ainda mais quando são ricos demais.rs mas mesmo assim, a curiosidade é algo que nos move né? Saber como vivem. Não precisar ficar fazendo contas de tudo e não se importar com boletos todos os meses. Sonho de consumo.
    Andei lendo algo sobre o filme é também não vejo a hora de poder conferir.
    Quanto ao livro, já está na lista de desejados.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Oi Gisela, sempre que leio uma resenha ou comentário desse livro acho ele interessante mas acho também que ele vai funcionar melhor na tela, ao menos pra mim. A trama divertida já me interessa e gostei da resenha com fotos, me ajudou a imaginá-los a medida que ia lendo. Ótima resenha ;)

    ResponderExcluir
  5. Oi Gisela,
    Quando o livro foi lançado, eu não tive interesse nenhum em ler, mas depois que assisti ao trailer percebi que a história é mais interessante do que aparenta. Relacionamentos tendem a se tornarem complicados se alguns segredos forem mantidos e isso fica claro no plot do livro. Até entendi qual o motivo de Nick esconder sua origem, mas, ainda assim, achei um pouco egoísta de sua parte tal escolha. Rachel vai ser jogada aos lobos e espero que ela tenha força e coragem para enfrentar a situação. A história, num geral, parece bem clichê, mas para mim o que chama atenção é a ambientação e cultura abordada na trama. Gostei também dos diversos personagens da trama, onde a autora poderá explorar diferentes situações familiares. Pretendo ler este livro antes do lançamento do filme, só falta eu adquirir um exemplar.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Gi
    Quando o livro foi lançado aqui logo fiquei encantada com a capa.
    Mas assisti e li várias resenhas sobre o livro e cada vez meu interesse por esse livro aumenta, pelo que entendi é uma trilogia.
    Quero ler muito o livro, assistir ao filme e rir com a família do Nick e saber como os podres de ricos na Ásia vivem e compreender como Nick não liga para dinheiro e nem prepara Rachel para a viagem.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei bastante da premissa, também sou fã de descobrir novas culturas fazendo leituras e ainda não tinha lido nada relacionado aos asiáticos.
    Acho que a Rachel vai sofrer um pouquinho descobrindo esse segredo do Nicholas e também pela má vontade da sogra em relação ao relacionamento dos dois. Fiquei bem curiosa e espero que o filme chegue ao Brasil também.

    ResponderExcluir
  8. Olá Gi!
    Pelo que me lembro li pouco sobre esse livro, fiquei interessada em conhecer por conta da escrita que parece ter agradado alguns leitores, achei diferente dos livros que estou acostumada á ler, espero ler em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Gi!
    Gosto da cultura oriental e só por isso, já valeria a pena a leitura.
    Não sabia que virou filme e deve ser muito bom.
    Adoro comédias românticas.
    Quero poder ler.
    “Palavras gentis não custam muito, e ainda assim conquistam muito. (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JULHO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  10. Eu gostei bastante da premissa, também sou fã de descobrir novas culturas principalmente oriental,gostaria muito de ter a oportunidade de ler lo.Chamou muito a minha atenção os diversos personagens da trama, onde a autora poderá explorar diferentes situações familiares. Preciso ler...

    ResponderExcluir
  11. Oi Gi,
    A princípio o livro também não me chamou atenção, mas logo que soube que a história seria engraçada quis lê-lo. Gostei da ambientação, diferente, e se for rico em detalhes só fica melhor!
    Entrou pra lista de desejados, primeiro porque adoro um romance, e segundo por conhecer melhor esse "mundo".
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu já li a resenha desse livro, porém fiquei bem curiosa com o desenrolar da historia. Muitos ricos pensa que só porque tem dinheiro pode tudo e isso as vezes é muito errado ou sei lá, para mim é algo errado ou são pessoas que não são felizes. Gostei da trama é espero ler algum dia!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  13. Eu gostei bastante da premissa,fiquei bem curiosa com o desenrolar da historia.Gostei muito do que li acho que seria uma boa leitura...

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia o livro ainda, mas gostei bastante da premissa. Não tenho muito costume de ler livros com cenários asiáticos, mas achei esse bem legal.
    Vou anotar a dica!
    A capa ficou um arraso.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  15. Oi Gi,
    Não conhecia esse livro, e já virou filme até!
    Problemas com a hospedagem?! Fácil, só ir e comprar o hotel todo XD

    ResponderExcluir
  16. Também me chama a atenção a cultura oriental, embora que nesse livro o foco seja outro. Fiquei interessado no livro desde a primeira vez que li sobre ele, embora essa parte da tempestade seja a primeira vez que esteja lendo e já ri imaginando tudo isso, que grande confusão. Estou ansioso pelo filme também, tomara que a estreia seja em breve.

    ResponderExcluir
  17. Oi, Gisela!
    Caraca, comprou o hotel?! Uau, são podre de ricos mesmo, hein?!
    Confesso que nunca me interessei em conhecer a cultura oriental, e o romance de Nicholas Young e Rachel Chu não despertou o meu interesse a ponto de desejar conhecer mais... por isso Asiáticos podres de ricos não é um livro que eu leria. Abraços!

    ResponderExcluir
  18. Olá! O livro parece ser bem divertido, confesso que ainda não conhecia, mas fiquei bem empolgada para conferir, a história parece ser bem movimentada, já que possui tantos personagens.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir