acompanhe o blog
nas redes sociais

12.7.18

O Dueto Sombrio, vol. 02 - Monstros da Violência [Victoria Schwab]

Victoria Schwab
Ed. Seguinte, 2018 - 448 páginas
- "Kate Harker não tem medo do escuro. Ela é uma caçadora de monstros — e muito boa nisso. August Flynn é um monstro que tinha medo de nunca se tornar humano, mas agora sabe que não pode escapar do seu destino. Como um sunai, ele tem uma missão — e vai cumprir seu papel, não importam as consequências. Quase seis meses depois de Kate e August se conhecerem, a guerra entre monstros e humanos continua — e os monstros estão ganhando. Em Veracidade, August transformou-se no líder que nunca quis ser; em Prosperidade, Kate se tornou uma assassina de monstros implacável. Quando uma nova criatura surge — uma que força suas vítimas a cometer atos violentos —, Kate precisa voltar para sua antiga casa, e lá encontra um cenário pior do que esperava. Agora, ela vai ter de encarar um monstro que acreditava estar morto, um garoto que costumava conhecer muito bem, e o demônio que vive dentro de si mesma."

Onde comprar:

A série Monstros da Violência me surpreendeu ao trazer muitos temas de importância embutidos numa fantasia para jovens. Está lá para quem quer ver: Monstros nascem de atos monstruosos.

"Quem combate monstruosidades deve cuidar para que não se torne um monstro. E se você olhar longamente para um abismo, o abismo também olha para dentro de você.
Friedrich Nietzsche, Além do bem e do mal"

Gostei quase tanto desta continuação quanto do primeiro livro. A autora não baseia sua obra no romance, aliás, temos apenas algumas pinceladas retratando o gênero, entretanto ela trabalha muito bem desnudando o âmago dos personagens, fazendo com que o leitor vivencie sua obra durante a leitura, tornando-a uma experiência bastante gratificante.

Como este é o segundo e último livro da série, pode conter spoilers.

Kate Harker fugiu de Veracidade, que ostenta o maior índice de criminalidade dos dez territórios e ela tinha certeza de que, em grande parte isso se devia ao seu pai. Agora ela mora em Prosperidade, o território mais rico, onde está pondo em prática todas as suas habilidades para caçar monstros. Aqui eles ainda são poucos, mas já começavam a incomodar. Até que ela esbarra com um novo tipo de monstro, muito mais assustador, pois não se sabe nada sobre ele.

E agora este terrível monstro está em Veracidade, um lugar que vive à base de violência, que a alimenta e a nutre. E foi ela que o guiou até lá, deixando que ele entrasse em sua mente e mostrando este lugar cheio de potencial. Mesmo sabendo do grande perigo que corre ao voltar, é isso que faz. Ela só não imagina que lá vai se deparar com seu maior pesadelo.

O Dueto Sombrio

Veracidade ainda continua dividida em duas partes, uma liderada por monstros e a outra defendida pela FTF (Força-Tarefa Flynn), que conta com a ajuda de August Flynn para defendê-la, já que ele é um Sunai, um tipo de monstro quase invencível. August desistiu de sua humanidade, agora ele faz o que precisa ser feito para proteger o complexo onde habitam os integrantes da FTF, já que seus inimigos estão ainda mais fortes.

"- Não é de sua conta - August retrucou. - Você não tem o direito de ficar aqui me julgando, Kate. Foi embora. Fugiu, enquanto fiquei e lutei por esta cidade, por essas pessoas. Desculpa se não gosta do meu novo eu, mas fiz o que precisava ser feito. Me tornei o que este mundo precisava que eu fosse."

Kate e August voltam a se reencontrar, mas não são mais quem eram há seis meses. Será que poderão ainda ser amigos?  Como um Sunai, que se alimenta de almas pecadores poderá conviver com alguém cuja alma já está vermelha, mesmo que esta pessoa seja quem ele mais deseja?

"- Você arriscaria essas vidas e a sua por uma pecadora.
- Não - disse August. - Mas arriscaria por uma amiga."

O Final foi eletrizante, e confesso, não acabou como gostaria, mas entendi a autora e sei que terminou exatamente como deveria.

A mensagem transmitida foi bem clara, nós que definimos quem somos: Humanos ou Monstros. Só depende de nós, de cada ato que realizamos, de nossas escolhas, pois colhemos aquilo que semeamos.

"As pessoas eram confusas. Não podiam ser definidas pelo que tinham feito, mas pelo que teriam deito, sob circunstâncias diferentes, moldadas tanto por arrependimentos como por suas ações, as escolhas que defendiam e as que gostariam de poder fazer diferente."

Clique na capa para ler a resenha do livro anterior:



Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

Cortesia do Grupo Companhia das Letras
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

19 comentários em "O Dueto Sombrio, vol. 02 - Monstros da Violência [Victoria Schwab]"

  1. Oi, Gisele.

    Por ser o volume final, esse livro tende a ser muito denso e tenso, visto que o surgimento de uma nova ameaça pode ser crucial para todos. Temos um exemplo claro de que, a união faz a força. E, ambos os personagens são importantes para o desfecho da trama.

    Além disso, vemos que o surgimento de um novo monstro, também foi muito importante para um momento tão decisivo, que pode afetar à todos. Afinal, a violência estava mais à solta do que nunca.

    Quero muitíssimo ler essa duologia, por apresentar características da nossa realidade existente, em forma de elementos ficcionais. O que torna tudo fantástico.

    ResponderExcluir
  2. Namoro esta duologia desde o início. Engraçado que não fazia nem ideia do que se tratava quando o primeiro livro saiu, ou até fazia, pois pensava que era sobre alguma banda de rock.
    Grata surpresa ao descobrir um cenário totalmente diferente,com esta busca da personagem e esta caçada que parece ter tido fim no livro final.
    Os dois estão na lista de desejados e espero ler o quanto antes.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Essa premissa é muito boa, esse novo tipo de monstro realmente deixou a história mais eletrizante e ainda mais com a volta de Kate para Veracidade.
    Imagino o choque de Kate ao voltar e encontrar um August que ela nunca imaginaria ver e ele também por encontrar uma Kate com a alma de pecadora.
    Quero muito ler, fiquei bem curiosa.

    ResponderExcluir
  4. Acho bom ser um dueto, não ter que esperar pra concluir uma trilogia ou série é muito bom. Gostei muito de saber que essa continuação te agradou e te achei bem madura literalmente falando, por aceitar tão bem que o final não terminou como você gostaria mas como deveria. Espero poder ler essa história também mais a frente ;)

    ResponderExcluir
  5. Oi Gisela,
    Nunca li nenhum livro da Victoria Schwab, mas gosto muito das premissas de suas obras, pois ela trás enredos diferentes e faz com que o gênero fantasia tenha algumas inovações. Essa duologia apresenta aspectos da realidade, mas dentro de uma representação fictícia, o que faz com que minha curiosidade só cresça para fazer a leitura. Em se tratando de duologias não me lembro de ter lido nenhuma de fantasia (apesar de muitas vezes ter desejado que algumas séries fossem reduzidas a dois livros). A ambientação mais sombria é, para mim, um ponto a favor dessa sequência o que pode agradar alguns leitores e não satisfazer a outros. Para quem leu o primeiro livro e gostou, não tenho dúvidas de que as expectativas para O Dueto Sombrio sejam bem altas, já que é o final, mas ao que parece precisaria de mais para o encerramento dessa história ou outro direcionamento do que ocorre na trama. Apesar disso ainda quero conferir Monstros da Violência e conhecer a escrita da autora.

    ResponderExcluir
  6. Desde que li uma resenha sobre este o primeiro livro, estou super curiosa.
    Nunca li nada da autora, mas como amo fantasia e toda essa coisa de monstros que ela criou realmente me encantou.
    Achei bem legal o paralelo que podemos traçar entre o livro e o mundo real, isso é ótimo para nos fazer pensar.
    Adorei a resenha!

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  7. Gi!
    Amei a resenha, imagino que a leitura seja maravilhosa, fluída e rápida, eu tenho o primeiro vol e já está incluída na minha meta deste mês, espero ler e curtir.
    Fiquei curiosa pra conhecer este tbm que já está nos desejados.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Oi Gi,
    Você avaliou tão bem a continuação da série Monstros da Violência, fiquei curiosa.
    Então esse é o último?Gostei, posso pegar sem ter que esperar um próximo.
    Como não li o primeiro parei no pode conter spoilers XD

    ResponderExcluir
  9. Gi!
    Não li o primeiro, nem esse, mas vejo sempre bons comentários e pelo visto, você gostou também, menos do final.
    E ainda teve o fato da repetição.
    Quando o enredo é inteligente e a escrita fluida, facilita muito a leitura, mesmo que a tenha decepcionado...
    Bom final de semana!
    “A consciência é o melhor livro de moral e o que menos se consulta.” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JULHO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Gisela!
    Tenho a impressão de que o universo que a Victoria Schwab criou é bem tenso, bem sombrio, que não possue um "final feliz"... provavelmente por isso não tenho interesse em ler a série Monstros da Violência, sem falar que prefiro quando a história é baseada no romance... Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Olá! Essa duologia esta na minha lista de leitura, gosto muito do gênero fantasia, acredito que esse enredo com uma proposta diferente torne a leitura bem interessante.

    ResponderExcluir
  12. Eu gosto do estilo e parece ser bem interessante o enredo. Já tinha lido sobre o primeiro livro e não sabia que seriam apenas dois volumes. A trama parece ter bons elementos para segurar o leitor até a última página. Espero ter a oportunidade de ler e ter uma experiência tão boa quanto você teve.

    ResponderExcluir
  13. Li uma resenha sobre este o primeiro livro, estou super curiosa.
    Nunca li nada da autora,mas a sua resenha me deu muita curiosidade.A trama toda tem bons elementos e o gênero fantasia me chama atenção demais.E sempre uma leitura agradável...

    ResponderExcluir
  14. Oi Gi,
    O mais legal é a forma que a autora tratou temas reais em uma fantasia, e claro, a mensagem que ela passou é mais do que verdadeira.
    Achei legal ela não focar no romance e deixar esse nas entrelinhas, os "monstros" são os personagens que mais me deixam curiosas, quero saber o que os define!
    Enfim, eu pretendo ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Gostei bastante da resenha, eu desejo muito ler o primeiro livro, tem ótimas premissas...Esse segundo, com certeza trará desfecho muito boa e pelo que você falou parece que o final realmente tinha que ser o que foi, então me despertou a curiosidade em ler, para saber.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  16. Eu não conhecia a duologia, mas gostei bastante da premissa desse segundo livro. Adoro me ligar assim a uma história que envolve. Prefiro quando a série não se estende por infinitos volumes. As personagens são interessantes e os elementos parecem prender o leitor. Espero gostar da leitura e da narrativa da autora para futuras leituras.

    ResponderExcluir
  17. Como tenho interesse em ler essa duologia dei apenas uma pincelada na resenha, porque não quero muitos spoilers. Adoro me surpreender durante a leitura. O interessante é que apesar de não ter o costume de ler fantasia, esse parece ser bem trabalhado. O cenário parece ser envolvente e diferente. Lembro como a autora foi querida quando veio aqui na Bienal. Os leitores realmente ficaram bem felizes.

    ResponderExcluir
  18. Oi, Gi!
    Pense em uma historia que quero muito ler é essa duologia. Adoro um bom livro de fantasia e esse que envolve monstros é bastante interessante. E sem dúvida esse último livro e surpreendente.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  19. Olá, Gi
    Vejo muitas pessoas comentando sobre essa duologia e fico muito curiosa para conhecer.
    Nunca li nada da autora mas essa fantasia que ela criou abordando temas reais nos fazem refletir sobre muitos aspectos da vida.
    É um pouco frustrante quando o fim de um livro não é o que queremos.
    Beijos

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir