acompanhe o blog
nas redes sociais

21.8.17

A Melodia Feroz, vol. 01 - Monstros da Violência [Victoria Schwab]

Monstros da Violência - Victoria Schwa
Ed. Seguinte, 2017 - 384 páginas
- "Kate Harker e August Flynn vivem em lados opostos de uma cidade dividida entre Norte e Sul, onde a violência começou a gerar monstros de verdade. Eles são filhos dos líderes desses territórios inimigos e seus objetivos não poderiam ser mais diferentes. Kate sonha em ser tão cruel e impiedosa quanto o pai, que deixa os monstros livres e vende proteção aos humanos. August também quer ser como seu pai: um homem bondoso que defende os inocentes. O problema é que ele é um dos monstros, capaz de roubar a alma das vítimas com apenas uma nota musical. Quando Kate volta à cidade depois de um longo período, August recebe a missão de ficar de olho nela, disfarçado de um garoto comum. Não vai ser fácil para ele esconder sua verdadeira identidade, ainda mais quando uma revolução entre os monstros está prestes a eclodir, obrigando os dois a se unir para conseguir sobreviver."

Onde comprar:

A Melodia Feroz me encantou logo que li sua sinopse, pois livros onde os personagens são antagônicos me atraem e aqui eles o são tanto em corpo quanto em alma. E já quero ressaltar o belíssimo trabalho de Victoria Schwa em explorar tão bem os conflitos de cada um, criando muito mais que uma história fantástica, mas uma obra com muitas reflexões num mundo onde tudo é tão fugas e descartável.

Primeiro somos apresentados a Kate, uma adolescente rebelde, que faz de tudo, tudo mesmo, inclusive colocar fogo na capela de sua escola, para chamar a atenção do pai ausente. Kate perdeu a mãe ainda criança e desde então já foi expulsa de seis escolas, contando com esta última, até que seu pai finalmente a trás de volta para casa.

"- Você sabe o porquê, pai - ela disse, cortando-o. - Você sabe o que quero. - Quero ir para casa."

Só neste primeiro capítulo já conseguimos traçar o perfil de Kate, ansiosa para "ser" o que ela acredita que vai agradar ao seu pai, disposta a mostrar para ele seu valor, a fim de "merecer" um pouco de sua atenção.

No segundo capítulo conhecemos August, alguém cujos pais são muito protetores, mais que deseja a todo custo ajudar também na causa que toda a sua família está empenhada. É aí que começamos a entender sobre o que se trata a história do livro.

A Melodia Feroz

A América como conhecemos hoje não existe mais, agora ela é formada por dez territórios, onde os mais importantes são: Valor, Prosperidade, Fortitude e Veracidade. O território de Veracidade é o mais violento deles e sua capital é dividida em duas partes: A parte Norte comandada por Callum Harker, pai de Kate e a parte Sul, comandada por Henry Flynn, pai de August. Os dois lados estiveram em guerra durante muitos anos e agora vivem uma frágil trégua.

Todos os dois lados da cidade são assombrados a noite pelos monstros, mas se diferenciavam na forma de lidar com eles, enquanto Harker comanda os monstros e cobra da população para mantê-los em segurança, Flynn luta contra eles.

Os monstros são a repercussão de todo o mau. Sim, o mal começou a tomar forma, sempre que alguém aperta um gatilho ou dispara uma bomba, o resultado não são apenas escombros e cadáveres, mas sim a criação de novos monstros, que nascem dos atos de violência. Existem 3 tipos de monstros, os Corsais que surgem de atos violentos, mas não letais, os Malchais que se originam de homicídios e os Sunais, que nascem de crimes mais sombrios: bombardeios, tiroteios e massacres, eventos que não tiram apenas uma, mas muitas vidas.

""Somos os atos mais sombrios transformados em luz", Leo gostava de dizer."

Existem muitos Corsais, que se alimentam de carne e osso e vários Malchais, que se alimentam de sangue, mas sabe-se pouco sobre a existência dos Sunais, que dizem serem sádicos, perversos e invencíveis, que se alimentam de pecadores. Um Sunai em particular era conhecido, Leo, o braço direito de Henry Flynn, mas existem rumores que Flynn esconde outros como sua arma secreta.

"Sunais, sunais, olhos de carvão,
com uma melodia sua alma sugarão."

August é um sunai, ganhou vida de repente, como ao fim de um truque de mágica, e por isso ele teme a natureza frágil de sua existência. Ele, Ilsa e Leo, todos sunais, vivem como filhos de Henry Flynn e são uma arma poderosa na guerra contra Callum Harker.

Com a volta de Kate, única filha de Callum Harker, August enfim ganha uma missão para ajudar na luta de seu pai na defesa da cidade sul, ele vai fingir ser humano e estudar na mesma escola de Kate, para que possa "ficar de olho" na garota, pois ela pode ser um ótimo item de barganha caso a trégua acabe.

Lado a lado, monstro e humana começam a conviver, cada um deles com seus próprios demônios interiores. É quando a autora expõe muito bem que não precisamos ser aquilo pelo qual fomos rotulados, podemos ser mais, podemos ser aquilo que queremos e acreditamos ser. August é um monstro e é um dos personagens mais humanos que conheci, já outros personagens humanos se mostram como os verdadeiros monstros.

O Livro conseguiu me emocionar, além de sua evidente história de fantasia com muita ação, trouxe algo mais profundo que nos faz refletir, além do alerta que violência só gera violência, sendo que neste caso, literalmente.

A Melodia Feroz é o primeiro volume da duologia Monstros da Violência e aguardo ansiosamente sua continuação.


Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!
Cortesia do Grupo Companhia das Letras
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

16 comentários em "A Melodia Feroz, vol. 01 - Monstros da Violência [Victoria Schwab]"

  1. cara Gi, um livro que nos alerta sobre a era da violência em que vivemos já valeria, por si só, a leitura. em relação à premissa, ela também me encantou assim que li a sinopse, suas 5 estrelas só corroboram o que a maioria que leu já enfatizava: é um livro bom, muito bom. vale frisar que o que precisamos mesmo é de "gentileza"! sua dica já está anotadinha. bjos

    ResponderExcluir
  2. Oi Gisela, gostei muito de sua resenha, já tinha lido outras desse livro mas ainda não tinha compreendido a importância da mensagem que ele transmite, o alerta de violência gera violência é ótima e toda premissa da história é bem criativa e interessante. Já tava interessada em ler esse livro e agora fiquei um pouco mais *__*

    ResponderExcluir
  3. Oi Gisela,
    Nunca li nenhum livro da Victoria Schwab, mas posso dizer que a autora tem muita criatividade na hora de desenvolver uma história diferente e instigante. A proposta de a Melodia Feroz trás de uma forma quase poética a união da fantasia com a bruta realidade que vivemos. Não sei se consegui captar bem a essência da trama, mas fiquei muito curiosa para conhecer este mundo onde monstros não são figuras de linguagem ou habitam a imaginação de crianças e estão por aí vivendo entre humanos.

    ResponderExcluir
  4. O Gisela! Tudo bem?

    Adoro livros que nos causam reflexão, talvez são sempre os livros que eu favorito. Gosto de criar meio que uma expectativa antes de ler e sobre este título ainda estou criando lendo as críticas da galera. Gostei bastante da sua ainda mais pelo que o livro despertou em você!

    Grande abraço,
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler esse livro achei diferente e mostra nossa realidade onde as pessoas estão cada vez mais violentas, sem a menor paciência. Parece ser uma leitura bem envolvente e que nos deixa ansiosos pelos acontecimentos. parece não ter um romance nesse primeiro volume, quando não tem pra mim fica aquela sensação que faltou algo, mas espero que no próximo tenha nem que for de leve.

    ResponderExcluir
  6. Gi!
    Diante de tantos livros de fantasia que tem surgido, trazer uma ideia original como a autora fez, deixa mesmo o leitor curioso.
    Adorei essa história de monstros que são criados através de sentimentos ruins, faz uma grande analogia com nossa realidade.
    "...Aceite com sabedoria o fato de que o caminho está cheio de contradições. Há momentos de alegria e desespero, confiança e falta de fé, mas vale a pena seguir adiante..."(Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  7. OI Gi.
    Eu li e adorei essa livro, o fato que a mocinha vai se descobrindo é incrível, o fato de que assim como você falou eles são bem mais que rótulos é demais, adorei cada personalidade apesar de ter odiado Kate do inicio, mas enfim estou ansiosa pelo segundo.
    bjs.

    ResponderExcluir
  8. Olá! Gostei muito do enredo, fiquei curiosa para iniciar a leitura, mas por se tratar de uma duologia, prefiro aguardar que o próximo livro seja lançado, pois sofro de ansiedade (risos). Já gostei do August e quero conhecê-lo melhor.

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bom?
    Amei a resenha, o livro realmente parece ser muito emocionante, e eu fiquei super curiosa para ler, ele tem tudo para me agradar, fantasia, romance, e estou louca para conhecer o mostro e a humana, gente deve ser demais.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Amei a resenha, estava desejando muito uma sobre esse livro, tem uma premissa muito maravilhosa. Tem uma trama incrivél e me deixou bem curiosidade com essa fantasia encantadora. Desejo muito ler ele.

    ResponderExcluir
  11. Gostei da capa, mas a resenha não me deixou muito animada em ler. Fantasia não é meu estilo favorito, até leio alguns, porém não com muita frequência.

    ResponderExcluir
  12. Hum,não li nada da Victoria Schwab ainda,mas parece interessante,vejo comentários positivos.
    Curto fantasia,adorei a explicação dos monstros e como eles surgem,consegui entender esse mundo com sua resenha,Gi.

    ResponderExcluir
  13. Desde que li uma resenha sobre este livro, estou super curiosa.
    Nunca li nada da autora, mas como amo fantasia e toda essa coisa de monstros que ela criou realmente me encantou.
    Adorei a resenha!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Gi!!
    Que bom que esse livro tem uma estória bem interessante, pois esse livro vai ser minha próxima leitura!! E também fiquei bem feliz por ser só dois livros essa estória!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  15. Achei bastante interessante a forma como  nascem os novos monstros - a partir dos atos de violência - , e fiquei curiosa para conhecer a historia de August, mas como A Melodia Feroz faz parte de uma duologia vou esperar ler resenhas do segundo volume para decidir se lerei ou não essa duologia, só espero que a continuação não demore a ser lançado.

    ResponderExcluir
  16. Só me lembrou de que preciso muito ler! Faz tempo que leio resenhas e digo que vou ler e sempre adio.
    Também gosto bastante dessa coisa de antagonistas, e achei diferente a forma como eles foram "criados", literalmentea partir do mal.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir