acompanhe o blog
nas redes sociais

2.8.18

Sem Coração [Marissa Meyer]

Ed. Rocco, 2018 - 449 páginas
- "Catherine era uma das garotas mais desejadas do País das Maravilhas e a favorita do ainda solteiro Rei de Copas, mas seus interesses eram outros. Por seu talento na cozinha, ela só queria abrir uma confeitaria em sociedade com sua melhor amiga e oferecer ao Reino de Copas os mais deliciosos doces e bolos. Porém, de acordo com sua mãe, era uma ideia inaceitável para a jovem que poderia ser a próxima rainha. Em um baile real em que o rei pretende pedi-la em casamento, Cath conhece Jest, o belo e misterioso bobo da corte. Pela primeira vez, sente a força da pura atração. Mesmo correndo risco de ofender o rei e contrariar os pais, ela e Jest iniciam um relacionamento intenso e secreto. Cath está determinada a escolher o próprio destino e se apaixonar nos seus próprios termos. Mas em uma terra repleta de magia, loucura e monstros, o destino tem outros planos..."

Onde comprar:

A Rainha de Copas é uma personagem icônica da minha infância e que sou apaixonada! Já li várias adaptações sobre o País das Maravilhas, mas ainda não tinha pegado um que focasse inteiramente na história de nossa querida rainha. Assim que vi esse livro eu fiquei looouca de vontade para ler, e me surpreendi demais com que encontrei aqui.

Catherine é filha de um duque, e por ser da nobreza, sua mãe almeja um futuro brilhante para ela como futura rainha de copas. Mas isso vai contra tudo que Cath deseja. Apesar de ser uma nobre, tudo o que quer é abrir a melhor confeitaria de Copas junto com sua amiga e só se casar com o homem que amar. Infelizmente os planos de sua mãe começam a dar certo quando o rei começa a demonstrar preferência por ela, através dos seus dotes culinários. No baile em que o rei iria intensificar os desejos em relação à Cath, ela conhece Jest, o novo bobo da corte e é ali onde seu coração bate mais forte. Em meio à esse sentimento novo, ela tenta lutar pelo que deseja, ao mesmo tempo em que vários mistérios e perigos rondam o país de Copas.

"Os sorrisos de estranhos que eram cegos demais para ver a frustração por trás do rosto bonito, das roupas bonitas e da vida bonita..."

Desde o início nós sabemos que a história não vai ser feliz, afinal estamos falando da Rainha de Copas - louca, sem sentimentos e extremamente viciada em cortar cabeças alheias. Nessa história, vemos como uma doce menina, em meio ao seu primeiro amor, se transforma nessa vilã tão aclamada. E olha, eu dou total razão ao que ela se tornou, visto a sua trajetória.


Cath é encantadora. A gente se apaixona por ela desde o início, com sua ingenuidade e sua persistência em tentar transformar seus sonhos em realidade, apesar de saber que isso é impossível. Ela é o tipo de pessoa que corre atrás, ao mesmo tempo que não quer decepcionar a sua família. O amor que sente por Jest é extremamente proibido e em meio aos cortejos do Rei, ela vai se afligindo para o que o seu futuro pode se tornar. São decisões difíceis e dolorosas que permeiam o caminho de Cath.

Jest é outro personagem que nos cativa desde o início. Muito misterioso, ele aparece em Copas de repente e aos poucos vamos descobrindo suas reais intenções. Impossível não se apaixonar pelo seu jeito, pelo afeto e carinho que demonstra por Cath e por tudo que decide abrir mão para que os dois possam ficar juntos. A magia dele é confusa no início, mas extremamente envolvente.

Nós também temos outros personagens já conhecidos, como o chapeleiro e o gato de Chershire. Hatta - o chapeleiro - tem uma grande participação nesse história e confesso que em boa parte da narrativa eu senti raiva dele. O seu jeito me irritou bastante, mas adorei a maneira como a autora o retratou e no final, acabei entendendo as suas ações.

Para quem é fã do País das Maravilhas não pode deixar essa história passar. É envolvente, sangrenta, sofrida e digna de uma personagem tão forte como a Rainha de Copas é. O amadurecimento de Cath em torno dos acontecimentos, a maneira como sua personalidade vai se modificando é completamente justificável, deixando a gente preso na história.

Recomendo demais a leitura e espero que vocês se apaixonem por ela tanto quanto eu.


Gabriela Erler
Gabriela do blog Reino da Loucura, ou simplesmente Gabis. Germiniana, 22 anos, capixaba. Viciada em livros, séries, músicas e maratonas literárias. Apaixonada por azul, roxo e inverno. Formada em Pedagogia e se tudo der certo, futuramente Psicologia. Uma garota um pouco estressada que morre de medo do futuro.
Cortesia da Editora Rocco
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

16 comentários em "Sem Coração [Marissa Meyer]"

  1. Oi, Gabriela,

    Eu não curto muito nenhuma espécie de releitura, mas esse livro tem uma proeza a mais ao introduzir o leitor nesse mundo fantástico e unânime recriado pela autora.

    Analiticamente, o livro não reserva muitas surpresas, mas é empolgante a ideia de poder conhecer o passado da Catharine antes dela se tornar vilã. Acredito que assim, é possível criarmos uma conexão com ela - nos dando uma outra impressão ao conhecer a fundo sua história de vida.

    De antemão, já gostei das características provenientes da proposta em geral e da própria Catherine por, além de ser sonhadora, trazer uma simplicidade e destreza consigo.

    O mérito da autora não pode ser deixado de lado, visto que ela conseguiu, de forma convicta complementar a história apresentando ao leitor uma história aparentemente bem construída.

    Preciso lê-lo!

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabriela, já ouvi falar bem dessa autora mas ainda não comecei a ler seus livros e por mais que tenha gostado da resenha, tenho dúvida se quero começar a por essa obra onde já começo sabendo que o final é trágico rsrs. Mas pelo que li a autora saber fazer valer a pena a leitura e entrega uma história forte e se não agora, mas a frente com certeza irei querer conhecê-la ;)

    ResponderExcluir
  3. Estava realmente precisando de uma opinião sobre esse livro. Juro que acabei de ler a sinopse dele. Sempre fui encantada pela Rainha de Copas e, estranhamente, o meu personagem favorito no País das Maravilhas era ela. Também fiquei super empolgada para ler quando descobri que a protagonista seria ela. Parece um livro incrível, realista porque não é sempre que tudo dará certo.
    Realmente fiquei curiosa para saber como essa história iria terminar.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gabi!
    Do universo de Alice no País das Maravilhas apenas assisti alguns filmes, mas confesso que nunca senti simpatia pela A Rainha de Copas, na minha infância eu até a temia, ficava aflita sempre que a ouvia dizer "Cortem a cabeça!" rsrs... por isso não fiquei interessada em Sem Coração, e sinceramente, não curto releituras sobre vilões famosos onde o autor tentar justificar as maldades cometidas por eles no tempo presente, independentemente do que o personagem sofreu acredito que não justifica, não me convence, entende?!... Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Ahhhh, já quero ler!!!
    Amei a resenha também!! :)

    ResponderExcluir
  6. Gabi!
    Pelo visto o livro é muito bom, traz mensagens incentivadoras e de como poder melhorar a autoestima, resolvendo muitos problemas e atraindo bons pensamentos.
    Gostei muito.
    “A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável.” (Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA AGOSTO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  7. Oi Gabi!
    Eu estou doida pra ler esse livro e pelo que ando acompanhando sobre ele, conquistou mtos leitores, e como fã da história País das Maravilhas ... Não posso deixar de ler qdo surgir uma oportunidade, estou confesso com mtas expectativas...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Sou apaixonada por releituras, ainda mais quando elas vem assim, trazendo grandes clássicos que ainda povoam nossos sonhos.
    Não me recordo de nenhuma história onde a Rainha fosse tratada desta forma, com um passado, com tudo que aconteceu para ela se tornar quem se tornou. Será que dá para sentir raiva dela em algum momento??
    Com certeza, este livro é muito desejado. Capa maravilhosa!
    Espero ler em breve.
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Olá, Marissa Meyer sabe muito bem como fazer uma releitura, e é claro que esse novo livro da autora consegue cativar pelo fato de conhecermos a origem da Rainha de Copas, com a ênfase de que todo mal se cria a partir de um passado conturbado. A imaginação fenomenal da autora mais uma vez se destaca e o leitor parece ser agraciado com uma trama irresistível. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Olá Gabriela! Eu adoro releituras e sou apaixonada pela escrita de Marissa Meyer. O livro chama a atenção com essa capa que representa demais a rainha e através dele podemos conhecer a origem dessa personagem tão peculiar. O fato de a autora inserir os outros personagens de Alice no País das maravilhas enriquece muito a história. Espero logo poder conferir como a doce e sonhadora Cath se tornou a Rainha de Copas. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Gabriela.
    Esse livro está na minha lista de desejados. Eu não sou nenhuma fã da história de Alice no pais das maravilhas, mas ainda assim, estou bem curiosa por essa leitura, justamente por este ser um livro diferente do que normalmente leio, enfim, gostei da resenha, adorei que a crescimento nos personagens e espero muito em breve, está desfrutando dessa leitura.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Olá, Gabriela
    Este livro esta na minha lista de desejos, amo Alice.
    Quero muito ler esse livro para compreender porque a rainha de copas ficou assim, mas pela sua resenha posso ver que a família tem uma parcela de culpa no destino da doce Cath.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Eu gosto muito de livros que fogem do obvio onde dão espaço e destaque para personagens secundários e para o vilão,já quero ler.

    ResponderExcluir
  14. Eu não gosto de Alice no pais das maravilhas,mas alguns personagens me ganharam e um deles é o chapeleiro maluco e queria muito entender porque a rainha era má tendo tudo e lendo a sua resenha descobri que ela teve tudo o foi imposto a ela e não o que ela queria o que acabou transformando ela em uma pessoa tão amarga...

    ResponderExcluir
  15. Eu nunca tinha pensado no ponto de vista como a rainha de Copas se tornou a vila cruel e icônica que conhecemos e porque até ler a sinopse do livro. Imediatamente fiquei interessada, mesmo com o coração já partido sabendo o final que ela terá conhecendo a estória de Alice no país das maravilhas. Nunca li um livro focado no decorrer de um personagem até ele se tornar um vilão ao invés de herói. Essa livro me interessa muito e quero ler.

    ResponderExcluir
  16. Olá! O livro parece ser ótimo, essa capa é tão linda! Gosto muito da escrita dessa autora e estou louca para lê-lo, curiosa para descobrir porque uma personagem que parece ser tão cheia de sonhos e amor, se transformou em alguém tão cruel.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir