acompanhe o blog
nas redes sociais

13.9.18

Tudo Aquilo Que Nos Separa [Rosie Walsh]

Rosie Walsh
Ed. Record, 2018 - 336 páginas
- "Sete dias perfeitos e então ele desapareceu.
Imagine a seguinte situação: você conhece um homem, vocês passam sete dias maravilhosos juntos, e você fica apaixonada. E o que é melhor: o sentimento é recíproco. Você nunca teve tanta certeza de algo na vida. Então, quando ele parte numa viagem de férias agendada há muito tempo e promete te ligar para o aeroporto, você não tem nenhum motivo para duvidar disso. Mas ele não liga. Seus amigos dizem que você deve desencanar, que deve esquecer o cara, mas você sabe que eles estão errados. Eles não sabem de nada. Algo de ruim deve ter acontecido, deve haver um motivo sério para explicar o silêncio dele. O que você faz quando finalmente descobre que tem razão? Que existe um motivo — e que esse motivo é a única coisa que vocês não compartilharam um com o outro? A verdade."

Onde comprar:

Sarah Mackay é uma inglesa de trinta e sete anos que se mudou para os Estados Unidos após um acidente de carro que mudou sua vida de tal modo que continuar na cidade onde ela nasceu e cresceu se tornou impossível.

Ainda assim, todos os anos, ela volta à Inglaterra por um mês para visitar seus pais e visitar o momento em que ela perdeu sua irmã.

É durante esse breve período, naquela única semana em que Sarah consegue se obrigar a visitar sua cidade, que ela conhece Eddie David, e nenhum dos dois conseguiria dizer que não houve algo de especial naquele momento.

Por seis dias, Sarah e Eddie viveram em um sonho de liberdade e amor, algo que nenhum dos dois realmente acreditava ser possível, e, mesmo com toda a imprudência de se jurar amor eterno depois de poucos dias de conhecido, os dois pareciam dispostos a arriscar por aquele sentimento.

Tudo Aquilo Que Nos Separa

No sétimo dia, Sarah precisou voltar a Londres, enquanto Eddie se preparava para viajar para a Espanha com um amigo. Apesar da separação indesejada, os dois trocaram contatos e prometeram se manter em contato, pois nenhum deles queria perder o que encontrou no outro.

Só que Eddie não ligou. Nem respondeu às tentativas de contato de Sarah.

“E ali estava eu. Sentada no carro de Tommy, o coração dilapidado, o orgulho retalhado, a sanidade perdida. Escrevendo uma mensagem desesperada para explicar que na verdade eu não era mais casada. ”

Não pense que existe somente o fato de Sarah ser casada (como está claro no quote citado), até porque o casamento dela está em vias de ser finalizado por um divórcio que deveria ter acontecido muito tempo antes.

A escrita de Rosie Wash é envolvente e certeira no uso das palavras, e as reviravoltas da história são de fazer o leitor ter um troço no coração, e não se engane, há mais na história de Eddie e Sarah do que se consegue supor.

Recomendadíssimo!


Luíza Thereza
Capixaba de coração e de nascença, Bacharel em Administração e apaixonada pela literatura desde o primeiro "Era uma vez". Fã incondicional da fantasia e apreciadora inveterada dos romances, os autores Anne Rice, J. K. Rowling e J. R. R, Tolkien ocupam um lugar especial em minha estante.

Cortesia do Grupo Editorial Record
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

9 comentários em "Tudo Aquilo Que Nos Separa [Rosie Walsh]"

  1. Oi, Luíza,

    É um tipo de mistério diferente, pois há no meio disso tudo uma relação. Assim, é possível a autora trabalhar em cima disso e causar uma expectativa e curiosidade no leitor quanto ao desvendamento da história. É uma leitura que pretendo realizá-la o mais breve possível.

    ResponderExcluir
  2. E quem um dia irá dizer que não existe razão nas coisas feitas pelo coração??
    Que resenha incrível e nada reveladora.rs Mas a lendo, me vi lendo algo de Sparks, apesar de não me recordar dele escrever algo assim, com esta espécie de triângulo,mesmo não achando que tenha sido um triângulo.rs
    Vai para a lista de desejados com toda a certeza do mundo!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. A capa é bem bonita e essa é a primeira resenha que vejo desse livro e achei bacana. Ela já é uma mulher madura aos 37 anos que encontra o amor e fiquei curiosa pra saber mais da história deles, que parece ser bacana e ter muitas emoções ;)

    ResponderExcluir
  4. Socorro to muito curiosa, essa resenha contribuiu pra isso kkkkk. Eu adorei essa premissa, apesar de ter as características de um clichê já pude perceber que não é nada disso. Com certeza vou ler. A capa ta lindíssima também.

    ResponderExcluir
  5. Oi Luíza,
    Não tinha reparado nesse livro antes e agora fiquei intrigada, há mais na história dos dois do que aparenta?Porque vc fez isso comigo?! XD
    Adoro reviravoltas.

    ResponderExcluir
  6. Oi Luíza,
    Adoro histórias que nos tocam e nos envolvem e quando esta vem a promessa de pequeno mistério fico ainda mais interessada. Encontrar um amor quando já passou por tanta coisa ruim não é para todos e claro Sarah tinha mais era que aproveitar isso, se entregar para algo que ela tinha certeza e confiar no que seu coração estava dizendo. Ver a relação entre os dois se tornar tão importante em poucos dias deve significar algo bom e já sei que se eu realizar essa leitura vou me apaixonar junto com eles. Há segredos e, pelo jeito, de ambas as partes, mas é o sumiço de Eddie que faz essa premissa ser tão promissora.

    ResponderExcluir
  7. Olá Luíza!
    So de saber que a leitura trás essas sensações ao leitor já em convence á querer ler e conhecer a história...Espero ler em breve então pois adorei!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Olá! Nossa que essa resenha aguçou minha curiosidade, a história parece ser cheia de mistérios e reviravoltas, onde nem tudo parece ser como realmente é, Eddie e Sarah não foram tão honestos assim um com ou outro e estou curiosíssima para descobrir mais sobre a história dos dois.

    ResponderExcluir
  9. LUIZA!
    Nada li da autora ainda, mas achei bem intrigante de acordo com sua resenha.
    Deve ser um bom livro.
    “O prazer dos grandes homens consiste em poder tornar os outros felizes.” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA SETEMBRO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir