acompanhe o blog
nas redes sociais

26.6.19

A Criança do Fogo [S. K. Tremayne]

Cortesia do Grupo Editorial Record

Como um bom amante de mistério, suspense e thriller psicológico, não havia a mínima possibilidade de recusar a leitura desse livro assim que ele me foi proposto. E, Gisela, nunca me deixe fora quando aparecerem livros assim, viu?!?! (risos).

Título: A Criança do Fogo
Autor: S. K. Tremayne
Tradutor: Regiane Winarski
Editora: Bertrand Brasil
Gênero: Thriller e Suspense
Páginas: 368
Edição:
Ano: 2019
Onde comprar: Amazon

Sabe quando a vida das personagens está perfeitinha demais, mas você sabe que, mais cedo ou mais tarde, o castelinho de areia começa a ruir?!?! É essa a sensação que temos ao ver que tudo está dando certo para a nossa protagonista. E não tarda muito para isso acontecer.

“David está me desenhando. Estamos sentados sob o sol alto de verão no gramado sul, uma jarra de suco de pêssego e limão recém-preparado em uma bandeja de prata sobre a grama perfumada. Estou com um chapéu de palha meio inclinado. Carnhallow House, a minha casa grande e linda, brilha sob o sol. Nunca me senti tão chique. E possivelmente nunca me senti tão feliz.” Pág. 25

Toda essa felicidade vai sendo minada quando segredos do passado começam a vir à tona. Não satisfeita com as respostas evasivas vindas de todas as partes, Rachel passa a cavar cada vez mais fundo. O grande problema é quando ela percebe que está indo em direção a um caminho sem volta. A pergunta que fica é: Vale mesmo a pena mexer em algo que, aparentemente, já estava resolvido? Fato mesmo é que todos os acontecimentos passados continuam afetando a vida de todos os moradores da enorme casa, conhecida como Carnhallow House. Aliás, essa casa é, praticamente, um belo cenário de um filme de terror/suspense. Além de ser enorme, tem corredores subterrâneos e é afastada da cidade.

“Consigo ver no escuro. É maravilhoso. As vozes viraram luzes. Elas guiam os meus pés descalços e velozes até a cozinha gelada, que está tão silenciosa quanto eu me lembro. Todos os eletrodomésticos morreram. São cadáveres agora. A geladeira, o freezer, tudo morto. Carnhallow House é um necrotério, o lugar onde tudo vem para morrer. Onde tudo é movido no subterrâneo, para o porão e para os túneis das minas.” Pág. 341

Em um determinado ponto da trama, passei a duvidar das sanidades mentais de nossa protagonista e seu enteado, o apaixonante Jamie. Jamie é uma personagem que dá vontade de abraçar e proteger, pois, passou por muitas turbulências em sua breve vida (8 anos).

A trama segue um ritmo mais lento durante um pouco mais da metade do livro. A partir desse ponto, as tensões e curiosidade vão tomando conta dos leitores. Confesso que, uma determinada parte me fez demorar a conseguir dormir à noite, devido a sua grande carga de tensão/suspense.

“A escuridão é tão intensa quanto o frio. As janelas altas e estreitas mostram o círculo perfeito da lua de inverno como uma máscara japonesa branca. Jamie está completamente imóvel, olhando intensamente, o rosto iluminado pela chama tremeluzente da vela. Ele olha impressionado para alguma coisa no canto. Eu não ouso olhar, não consigo enfrentar isso. Talvez ela esteja chegando perto dele, ali, chegando mais perto, indo até o filho.” Pág. 328

A narrativa do autor é muito boa. Apesar de ser bastante descritiva, ela consegue envolver de uma maneira incrível. Outro ponto interessante é que ele foi "bem econômico" na quantidade de personagens. São poucos, porém bem trabalhados. A trama, apesar de um início um pouco travado, vai ganhando ritmo a cada página virada, até chegar em seu ápice. Pretendo ler mais obras do S. K. Tremayne.

Em relação a parte gráfica, a Bertrand Brasil está de parabéns. A capa está bonita e condiz muito com a história. A parte interna conta com fotos reais antigas das minas da região usada como cenário. Não encontrei erros.

Finalizo essa resenha indicando o livro para leitores que adoram um thriller psicológico cheios de ingredientes do gênero (suspense, mistério e mergulho profundo no psicológico das personagens).

comentários pelo facebook:

14 comentários em "A Criança do Fogo [S. K. Tremayne]"

  1. Um dos livros mais desejados por mim e por muitos leitores que ainda não puderam ler esta obra! O livro desde o seu lançamento tem causado um burburinho gostoso no mundo literário e salvo uma resenha não tão positiva, todas as demais, recomendam a leitura!
    A capa realmente é lindíssima e o trabalho da Editora parece muito bem feito na parte de diagramação!!!
    Quanto aos personagens gostei de saber que apesar de serem poucos, são muito bem explicados e aprofundados. Isso traz um ritmo mais gostoso ao enredo!
    Lerei com certeza.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Nardonio,
    Acho que o grande segredo dos thrillers está, justamente, na narrativa, por isso há livros do gênero em que o autor conduz o leitor por páginas mais lentas, mas cheias de mistério para depois dar uma carga de adrenalina com cenas de ação. Para mim é algo que tem funcionado bem quando leio algo do gênero e consigo manter um ritmo de leitura tão bom que leio um livro assim, quase, em único dia. Então claro que A Criança do Fogo já me chamou atenção, pois apresenta tudo que curto nesse tipo de história.

    ResponderExcluir
  3. Olá Nardonio!
    Como um fã do gênero, já tinha adicionado a obra à minha lista há algum tempo, e apesar da mesma não apresentar nada muito original, a escrita de Tremayne consegue prender o leitor justamente pelo uso competente dos clichés presentes em thrillers. O cenário, sem sombra de dúvidas, é um dos grandes destaques de A Criança do Fogo, pois a aura sombria da Carnhallow House cria o clima de suspense ideal para o desenvolvimento da trama, bem como seu desfecho.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Sempre desconfie de famílias perfeitas demais quando estiver lendo ou assistindo um suspense!!! Sempre há um segredo ou mistério!
    As Gêmeas do Gelo primeiro livro do autor me deu arrepios!! Que história!!! Mistério desde o primeiro capítulo.
    Acredito que com A Criança do Fogo também será assim. Mais um rosto fofinho que esconde algo. Que ele fez ou que ele sabe.
    A propósito, falando em As Gêmeas do Gelo e A Criança do Fogo, o autor e suas tramas que envolvem os pequeninos e elementos da natureza.

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Eu amo livros com tlriller psicológicos! Acho muito interessante quando é escrito por um bom autor! Fiquei empolgada para ler esse, mesmo que tenha ficado com medo também.

    ResponderExcluir
  6. Olá! O livro parece estar repleto de mistérios, e daqueles que precisamos logo chegar ao final para descobrirmos todos os segredos que envolvem a história, (e com toda certeza seremos surpreendidos), se apenas com a resenha já fiquei aqui agoniada para saber o que será do Jamie e da Rachel, imagina lendo o livro!

    ResponderExcluir
  7. Que bom ler uma resenha positiva sobre livro, apesar de não ser fã do gênero.
    Gostei de saber que são poucos personagens, muitos às vezes deixam a leitura confusa.
    O autor parece que desenvolveu a história muito bem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu já tinha visto o livro mas fiquei sem saber da trama. É uma historia interessante e um estilo de leitura que adoro muito. Espero ter a oportunidade de ler esse livrinho e conhecer mais o autor.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  9. Oi Nardonio,
    Adorei a parte do castelinho de areia que começa a ruir,rs,e em determinado ponto da trama começa a duvidar da sanidade mental dos personagens? É, essa história faz meu estilo.
    Thrillers psicológicos me envolvem muito.

    ResponderExcluir
  10. Olá Nardonio!
    Gosto dos livros do gênero também, porém estou pouco familiarizada com essa pegada psicológica. Com você disse o cenário é perfeito para algum acontecimento macabro, e quando tudo parece tão perfeito assim já acionam vários alarme na minha cabeça de que algo vai dar tremendamente erado. Não vejo problema de ter poucos personagens, assim fica até mais fácil analisar cada um e descobrir quem é o vilão dessa história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Eu adoro esses livros de suspense psicológicos e eu fiquei feliz em ver várias críticas a respeito dele o que me deixou muito mais motivada em finalizar a leitura do livro estou curiosíssima para ler ele

    ResponderExcluir
  12. Eu amo thrillers psicológicos e tudo o que esse gênero envolve. Com certeza esse é um livro que vou gostar muito de ler e espero poder fazer isso em breve. Também não li o livro anterior do autor, As Gêmeas do Gelo mas vejo muitas resenhas positivas. Parece que, mesmo sendo muito descritivo, o autor consegue prender o leitor todo o tempo.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Nardonio!!
    Nossa que livro mais cheio de tensão e mistério. Adoro um bom livro de mistério, suspense e thriller psicológico e essa história tem esses três elementos, e gostei da ideia da autora de utilizar no livro poucos personagens e focar no desenvolvimento e de cada um. Sem dúvida é um livro que vou adicionar na minha lista para adquirir.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá, Nardonio
    A capa é linda!
    Gosto muito quando o livro tem poucos personagens que podemos ter mais detalhes da personalidade de cada um. Essa trama trás um suspense que prende o leitor do início ao fim, ainda mais um um cenário bem assustador.
    Vai para a lista de desejados, beijos!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir