acompanhe o blog
nas redes sociais

19.8.19

Uma Loucura e Nada Mais, Vol. 03 - Série Clube Dos Sobreviventes [Mary Balogh]

Cortesia da Editora Arqueiro

Uma loucura e nada mais é o terceiro livro da série Clube dos Sobreviventes. Nele o leitor irá conhecer a jovem viúva Samantha McKay. A viúva vive a 4 meses sob a vigilância de sua cunhada.

Título: Uma Loucura e Nada Mais
Autor: Mary Balogh
Tradutor: Lúcia Britto
Série: Clube Dos Sobreviventes
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Páginas: 272
Edição:
Ano: 2019
Onde comprar: Amazon

Durante os 4 meses que Samantha vive no luto, sua cunhada faz com que ela viva sob normas sociais totalmente distorcidas e até meio malucas. Essa vida de prisão começou logo no começo de seu casamento. Com apenas poucos meses de casada seu marido foi à guerra e ela teve que ficar com a família dele. Como não bastasse, Samantha passou 6 anos cuidando do então marido até que ele morreu. Tudo que a jovem viúva deseja é viver livremente, e um quase acidente pode ser o início da sua liberdade.

Sir Benedict Harper, faz parte do clube dos sobreviventes, e como seus amigos, ele saiu gravemente ferido da guerra. Mas Benedict foi determinado e não permitiu que suas pernas fossem amputadas. O maior trauma dele não é físico, mas sim psicológico. Após longos 6 anos, ele ainda se sente um completo incapaz para dirigir seus negócios.

Cansado de ficar apenas dentro de casa, Bem resolve certo dia se desafiar e sai para cavalgar. O que parecia ser um passeio seguro e tranquilo muda de figura quando Ben leva seu cavalo a saltar e quase acabe acontecendo um grave acidente envolvendo ele, cavalo, cachorro e uma mulher. Tempo depois ele vem a saber que a tal mulher é a jovem viúva Samantha.

Determinado a se desculpa com a jovem, Bem se aproxima de Samantha. A aproximação resulta em uma inusitada amizade entre ele. Amizade que aos poucos começa a se misturar com um desejo a mais, complicando mais a vida de Samantha.

Samantha não aguenta mais viver da maneira em que vem passando seus dias e acaba lembrando que herdou de sua tia – avó um pequeno chalé. Assim, Samantha e Benedict embarcam nessa aventura juntos. Ela que tenta se libertar de tudo que a oprime e ele querendo deixar suas responsabilidades e explorar tudo que um desperta no outro.

Mary Balogh

Acompanho a série desde o começo. A escrita da autora é sempre muito boa e suas histórias me pegavam desde o começo. Porém, como o livro aqui resenhado foi um pouco diferente. Achei a historia arrastada e não fiquei com aquela sensação de querer descobrir tudo logo. Pode ser uma fase que estou passando (quem não sabe tenho um bebê de apenas 2 meses) ou a história realmente não me ganhou.

Então a história é ruim Renara? NAAAAAAAAO! Claramente que não. Apenas não foi uma história que me arrancou suspiros como as demais. Mesmo assim, temos um enredo bem feito e como sempre a autora nos mostra que não são nossas dificuldades físicas que atrapalham, que nos limitam. Mas sim o que pensamos de nós.

Se você quiser conhecer um pouco sobre os livros anteriores desta série, clique nas capas para ler as resenhas:


comentários pelo facebook:

15 comentários em "Uma Loucura e Nada Mais, Vol. 03 - Série Clube Dos Sobreviventes [Mary Balogh]"

  1. Eu achei estranho só as três estrelinhas..rs Mas depois lendo eu entendi que a história não é ruim, apenas não foi tão intensa como os livros anteriores. E oh, isso não é mesmo ruim não, pois acaba se criando uma certa expectativa pelos próximos trabalhos da autora ou sim, pode ser apenas essa fase de cansaço que você está(uma criança tão novinha e você ainda se restabelecendo não é mole não)
    Mas mesmo assim, eu pretendo começar esta série em breve. Gosto demais das letras da autora e fico surpresa em ver como ela tem melhorado a cada livro novo.
    Lerei!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Renara!
    Aqui quem fala é Michelle a louca por romances de época!!!!
    Amo a escrita da Mary.
    O Clube dos Sobreviventes são livros que contam histórias de superação e recomeço. De aprendizagem e amor.
    Gosto de suspirar lendo esse tipo de livro. Mas vou dar uma chance a Ben e Samamtha

    ResponderExcluir
  3. Oiii ❤ Ainda não li nada da Mary Balogh, apesar de já ter ouvido falar muito bem de Os Bedwyns. Espero começar a ler seus livros em breve.
    Que horrível essa situação enfrentada por Samantha, ter que viver assim por culpa da cunhada. Fico feliz que ela decide abandonar essa vida e ir atrás da herança da mãe.
    Benedict parece um mocinho maravilhoso. Não vejo a hora de começar a ler essa série pra ver o romance entre os casais de cada livro se desenvolver.
    É normal acontecer isso de um livro ser bom mas não tanto quanto os outros. Isso aconteceu comigo nos últimos livros de Os Bridgertons, eu gostei da história, mas não me conquistou como os primeiros.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  4. Olá Renara!
    Os livros dessa série definitivamente abraçam o que tem de mais clichê nos romances de época, porém é notório que essa vibe de superação que envolve a história é o que deixa este terceiro volume extremamente agradável de acompanhar. O amadurecimento dos protagonistas à medida que vão abandonando suas amarras de receio é uma das melhores coisas presentes em Uma Loucura e Nada Mais, de modo que o desfecho se torna bastante satisfatório para o leitor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá! Mais um livro dessa série maravilhosa que me emocionou bastante, no entanto, também senti a ausência daquele “tchan” na história, e uma falta de química entre Ben e Samantha, nada que comprometesse a leitura, mas que, de fato, me fez suspirar um pouco menos, mas continuo ansiosa pelos próximos lançamentos, já que a Mary Balogh tem uma escrita incrível.

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não comecei a ler essa série mas, sinceramente, não estou muito animada com ela. Já li outro livro da autora e sei que a escrita dela é excelente. Mas, essa série acho que vou deixar passar, principalmente vendo que as tramas nem sempre são tão arrebatadoras.

    ResponderExcluir
  7. Olá! Ainda não tive a oportunidade de conhecer nenhum dos livros da série Clube dos Sobreviventes, mas o que não me falta é vontade de conhecer cada uma dessas histórias.
    Eu particularmente gosto bastante dessa capa, ela é linda e delicada, os detalhes da mesma me agradam muito. Até agora essa é a minha capa favorita dessa série.
    Achei interessante a forma como Samantha e Benedict se conhecem, a cena em que isso acontece parece ótima! Gostei que eles acabam ficando amigos e aos poucos vão se apaixonando, essa premissa geralmente me agrada muito.
    Estou animada para conferir a aventura de Samantha e Benedict em busca de liberdade!
    Obrigada pela indicação! Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  8. Olá Renara!
    Realmente a mensagem que a história passa sobre superar as deficiências físicas é muito emocionante. Acredito que a fase pode influenciar sim nossa percepção da leitura (parabéns pelo bebê!). Eu ainda não li nada da autora mas os livros estão sendo muito elogiados. A maneira como os personagens se encontram deve ser muito cômica, e já me solidarizo com a situação de Samantha, ninguém merece uma cunhada cruel.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Sinceramente esse tipo de livro não me chama atenção, então achei meio meh. E agora vou ser bem otária e fazer uma crítica simplesmente pela linha de raciocionio da resenha: primeiro ela tá trancada de luto, daí o marido vai pra guerra, daí ela cuida dele,daí ele mrorre e ela tá trancada de novo. Achei meio confuso hahaha

    ResponderExcluir
  10. Eu ainda não li nada dessa série, mas acho muito legal a ideia de um clube dos sobreviventes.
    Pena que o livro não fluido, ao mesmo tempo foi bom saber que os outros foram melhores.
    E parabéns pelo bebê!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Eu já vi muitos desses livros porém não procurei saber mais sobre a historia. Ao ler a resenha fiquei um tanto curiosa por ele. Com certeza é aquele livro com um clichê que adoro. Espero muito poder ter a oportunidade de ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  12. Oi Renara ;)
    Amo romances de época, mas infelizmente ainda não li nada da Mary Balogh.
    Fiquei meio perdida na resenha, pois não conheço os personagens e a história. Na verdade acho que essa é a primeira resenha desse livro que eu leio haha
    Que pena que esse terceiro livro não foi tão bom quanto os outros, mesmo a escrita da autora continuando boa. Achei a premissa diferente dos livros que leio do gênero, por ser narrado por uma viúva (não lembro de ter lido muitos assim!) e achei isso um diferencial.
    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Oi, Renara!!
    Gosto muito de romances de época e sinceramente estou doida para ler algum livro da Mary Balogh. E estou adorando a série Clube dos Sobreviventes espero ter oportunidade para fazer essa leitura muito em breve.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá, Renata
    Não li essa série, mas acompanho as resenhas e gosto.
    Os livros anteriores as tramas são mais envolventes nesse livro faltou aquele "sazon", é claro que quero ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi, Renara!
    Ai, tenho muita vontade de ler essa série, todos os livros parecem ser bem bons, fofos e emocionante.
    Que pena que esse não te conquistou tanto assim.
    Tem alguns livros até de autores que amamos que não nos ganhe, né, acontece.
    Eu fiquei curiosa para saber mais da vida que a Samantha levava, ela parece ser bem oprimida e triste.
    bjs

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir