acompanhe o blog
nas redes sociais

16.9.19

Algo Maravilhoso, Vol. 02 - Série Sequels [Judith McNaught]

Cortesia do Grupo Editorial Record

É difícil escrever duas resenhas seguidas sobre o mesmo autor, pois já deixei bem claro que sou fã do estilo de Judith McNaught, gosto do clima intenso que ela emprega na sua narrativa, seus personagens são sempre levados por fortes sentimentos e ela procura ser fiel aos costumes da época, por isso suas mocinhas geralmente são ingênuas, apesar de terem personalidades forte e os mocinhos muitas vezes extrapolam nossa paciência, pois são bem machistas.

Título: Algo Maravilhoso
Autor: Judith McNaught
Tradutor: Carolina Simmer
Série: Sequels
Editora: Bertrand Brasil
Gênero: Romance de Época
Páginas: 406
Edição:
Ano: 2019
❤ Favorito
Onde comprar: Amazon

Algo Maravilhoso é o segundo volume da série Sequels, mas não tem nenhuma ligação com o primeiro, portanto pode ser lido separadamente.

Como é costume da autora, conhecemos Alexandra Lawrence aos treze anos, uma jovem muito inteligente que é praticamente criada pelo avô materno, já que seu pai vive em Londres e só visita sua mãe duas vezes ao ano. Alex, como todos a chamam, é uma menina alegre e cheia de vida, mas que gostaria de ser mais bonita para agradar ao seu pai. Quando seu pai morre, ela e a mãe descobrem que o mesmo tinha outra família em Londres. Sua mãe torna-se uma mulher amargurada e Alex, nos seus dezesseis anos, torna-se o alicerce da sua falida família.

Já Jordan Addison Matthew Townsende, Duque de Hawthorne, carrega toda a prepotência do seu título, e terá que passar por muitos infortúnios para aprender a ser uma pessoa melhor. Aos oito anos descobriu que sua mãe era infiel, e que seu pai não se importava, pois também o era. Ele cresceu, tornou-se um lindo homem, que exercia um grande fascínio entre as mulheres, mas transformou-se num rapaz cínico, que não tinha as mulheres em boa conta.

“Aos 18 anos, Jordan não acreditava na bondade inerente de ninguém, nem mesmo na própria. Ele tinha um nome importante, boa aparência, e riqueza, mas também era melancólico, contido e circunspecto.”

O caminho de Alex e Jordan se cruzam quando ele estava indo para o interior visitar sua avó, e sofre um assalto na estrada. Jordan estava para ser baleado e morto, quando um "jovem" derruba com sua lança o ladrão que lhe apontava a arma. O "jovem", apesar do ato heroico, desmaia, e é levado nos braços de Jordan para uma hospedaria. Contudo este "jovem" que salvou a vida de Jordan é na verdade a jovem Alex, que estava voltando da casa de amigos, fantasiada de cavalheiro de armadura. Todas na pequena vila em que Alex mora viram ela nos braços de Jordan, destruindo assim sua reputação.

Forçado a se casar com Alex, Jordan aceita seu infortúnio, afinal a moça salvou sua vida. Mas ele sabia que ela jamais conseguiria se encaixar no seu mundo, por isso pretendia deixar a esposa na sua casa em Devon e continuar com seu estilo de vida devasso em Londres.

“Alexandra ficara com a impressão tola e romântica de que se casara com um homem nobre, gentil e lindo. Quando na verdade, Jordan bem sabia, era que ele era calejado, desenganado e imoral. Na sua curta vida, já matara mais homens do que conseguia contar e dormira com mais mulheres do que seria possível lembrar.”

Como sempre acontece nos romances de Judith McNaughtde, existe um crescimento dos personagens no decorrer da história, Alex de ingênua e sem malícia, aprende muito sobre a cínica sociedade aristocrática Londrina, e Jordan também tem passa por várias situações que o fazem repensar seus conceitos. Eu particularmente preferi este livro ao seu antecessor, achei mais original.

Pelo resumo acima, Algo Maravilhoso parece como todas as outras histórias, né? Sim, e não. Aqui temos o toque mágico de Judith McNaught para rechear esta trama com vários personagens notáveis, e reviravoltas que os levam para caminhos diferentes do que imaginamos a princípio, tornando o romance inesquecível.

Se você quiser conhecer um pouco sobre o livro anterior desta série, clique na capa para ler a resenha:


comentários pelo facebook:

18 comentários em "Algo Maravilhoso, Vol. 02 - Série Sequels [Judith McNaught]"

  1. Apesar de conhecer bem pouco o trabalho da autora, também gosto deste jeito dela de trazer personagens sempre em fase de aprendizado. A vida não é assim?? E ela consegue a cada novo enredo, colocar a época certa, com seus tabus e meios, mas mesmo assim, dando uma modernizada na coisa toda.
    Apesar da autora ter colocado algumas semelhanças com o primeiro livro, há um ponto marcante que me agrada e muito,a mudança dos personagens, este crescer naturalmente.
    E claro, deixar o sentimento modificar tudo.
    Com certeza, quero muito esta série!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Que bom que esses livros podem ser lidos separadamente. Já faz tanto tempo que li o primeiro livro dessa série que não queria ter que começar tudo de novo.
    Gosto muito da escrita da autora. E odeio os mocinhos machistas que ela cria. Aff! Mas se a gente for pensar na época, era tudo o que tinha mesmo, né?
    Quero muito poder seguir lendo essa série. Espero fazer em breve.

    ResponderExcluir
  3. Olá! A cada resenha que leio sobre os livros da Judith minha vontade de conhecer suas obras só aumenta. Até o dado momento só li coisas boas a respeito de seus livros e não vejo a hora de poder conferir cada um deles!
    Achei a premissa original! Achei interessante Alex salvar a vida de Jordan, já quero conferir essa cena.
    Enredos com personagens completamente diferentes, que vivem em mundos diferentes e que acabam tendo que se casar geralmente me agradam bastante, então já estou bem animada para realizar essa leitura e conhecer Alex e Jordan e o desenvolvimento da relação deles.
    Essa parece mesmo uma leitura inesquecível, espero muito conseguir ler Algo Maravilhoso em breve!
    Obrigada pela indicação! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Em comparação com Agora e Para Sempre, Algo Maravilhoso tem um que a mais. Algo que dá vontade de ler a história.
    Gosto muito dos mocinhos que a princípio querem ou planejam um casamento de fachada. Geralmente são os que ficam completamente apaixonada.
    Pelas duas resenhas já percebi que tanto o mocinho como a mocinha passam por grandes transformações no decorrer do livro.

    ResponderExcluir
  5. Gi!
    Me parece que nessa série a autora tem trazido protagonistas bem jovem, porém não tão ingênuas, são determinadas e gosto desse aspecto.
    Já o fato do protagonista e da sociedade ser bem machista, não me agrada muito, porém era assim naquela época e fico feliz em saber que aos poucos ele irá amadurecer como se deve.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  6. Realmente preciso ler algo da Judith.
    Sua resenha me chamou muita atenção, e esse diferencial na escrita da Judith que me faz acreditar que vou amar os livros dela.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Gi
    Eu super amei essa história! A Alex se desenvolve tão bem na trama, é tudo muito bem escrito. Fiquei louca para ler o próximo.
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá! Também sou suspeita para falar da minha Diva Juju, afinal sou completamente apaixonada por sua escrita e a maneira como ela consegue nos encantar com seus romances! Quanto à história, ainda tenho como meu preferido Agora e Sempre (não sei, talvez por que foi o primeiro que li e ficou marcado), se bem que em se tratando da Juju é bem difícil ficar só com um favorito! Mesmo com mais um protagonista ogro eu amei a história, pois ela é muito dinâmica e fluida, quanto menos esperamos, já estamos no final.

    ResponderExcluir
  9. Esse acontecimento da Alex estar fantasiada de cavalheiro me lembrou de Cilada Para um Marquês, que possui uma semelhança pequena com esse livro. Gostei bastante de como eles se conheceram, e por ser muito fã de romances de época. Não posso deixar de conferir esse toque mágico que a Judith tem em seus romances.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Uau, presenciar mais uma resenha da autora e incrível. Fiquei bastante curiosa pela escrita dela e pela historia. Tem uma ótima premissa e um romance bem clichê de época que adoro muito. Já irei anota na listinha pra ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  11. Olá Gisela!
    Fico encantado com as capas dessa série, pois uma é mais bonita que a anterior. Felizmente, Algo Maravilhoso vai muito além do que um rosto bonito, introduzindo ao leitor uma história que possui sim seus bons clichés (alguns extremamente saturados que só revirando os olhos mesmo para engolir), mas que também se destaca pela nítida evolução dos protagonistas. Ademais, pode-se perceber que a trama envolve um pouco de conspiração e mistério em relação à elite britânica, algo positivo para que o foco não esteja apenas no romance.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi Gisela,
    Há uma certa peculiaridade na forma como Judith nos apresenta suas histórias, pois vejo muitos elementos que diferem seus livros de outros do gênero, mesmo este sendo dotado de clichês e, quase sempre, difícil de surpreender. Gosto que a autora vai introduzindo os personagens desde bem jovens e vai construindo suas personalidades e crescimentos no decorrer da trama. Tudo nesse livro é muito interessante, desde as famílias dos protagonistas até o motivo que os fará se casarem. A Alex pode até ser bem representada como uma mocinha típica da época cheia de inocência, mas ela também é muito corajosa, principalmente ao enfrentar assaltantes. Amei essa resenha e fiquei ainda mais curiosa com a escrita da autora.

    ResponderExcluir
  13. Eu lembro que a primeira vez que li esse livro, não conseguia parar, fiquei até a madrugada porque eu precisava chegar ao final, à escrita da Judith é assim, te prende de um jeito que você não consegue largar o livro, gosto muito dessa sua série.

    ResponderExcluir
  14. Olá, Gisela
    Eu nunca recomendo você ler vários livros de romance histórico na mesma época, um depois do outro, porque acho que acaba ficando repetitivo. Mas isso é comigo, claro.
    EU gosto de ler um, e depois de algum tempo, eu pego outro romance de época e me delicio com a história.
    Nunca li nada dessa autora, mas depois das suas resenhas, fiquei bem empolgada.

    ResponderExcluir
  15. Oiii ❤ A Judith McNaught é uma daquelas autoras que sempre ouço elogios sobre, mas que ainda não conheço a escrita, apesar de querer muito.
    Bom saber que apesar de as mocinhas serem ingênuas, elas têm personalidade, pois não gosto quando as mocinhas são bobinhas demais.
    Que bom que dá para ler os livros da série fora da ordem, já que só tenho esse segundo livro na estante.
    Deve ter sido bem difícil para Alex carregar a família nas costas depois da morte do pai, mas isso mostra que ela é uma mocinha com garra.
    Estou muito curiosa sobre a cena em que Alex ajuda Jordan, deve ser ótima e também para ver como o romance vai surgindo entre eles.
    Fico feliz que os personagens crescem como pessoas.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  16. Olá Gisela!
    Ainda sinto um certo desconforto com esses costumes de época. Imagina só de ser carregada precisar casar com alguém que vc nunca viu na vida? Muito surreal. Achei essa trama mais legal também, o mocinho me pareceu um pouco frio mas já simpatizei com a Alex. Ansiosa pra conhecer a escrita da autora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi, Gi
    Adorei esse livro Alex começa como uma personagem ingênua e depois aprende muito e se torna uma mulher forte.
    Jordan teve uma criação bem libertina mas nada justifica ele tratar Alex dessa maneira.
    Quero conhecer logo a escrita da autora, beijos.

    ResponderExcluir
  18. Oi, Gi!
    Nossa, quero muito ler algum livro dessa autora!
    Pelas resenhas, parece ser mesmo um mundo mágico, fofo e cativante!
    Com romances que nos prendem do início ao fim.
    Mas confesso que tenho um certo receio de lê-los porque já li algumas resenhas que dizem ter abusos, daí perco um pouco a vontade.
    Mas vou tentar algum.
    bjs

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir