acompanhe o blog
nas redes sociais

9.9.19

Agora e Sempre, Vol. 01 - Série Sequels [Judith McNaught]

Judith McNaught
Cortesia do Grupo Editorial Record

Judith McNaught tem um estilo próprio de escrever romances de épocas, mais longos e com personagens mais trabalhados do que o usual. E por isso talvez gosto tanto de seus livros, pois esbanjam emoção e sensualidade, que me prendem a suas páginas do início ao fim.

Este livro faz parte da série Sequels, contudo sua história é independente das demais, ou seja, é livro único.

Judith McNaught
Título: Agora e Sempre
Autor: Judith McNaught
Tradutor: Cristina Laguna Sangiuliano Boa
Série: Sequels
Editora: Bertrand Brasil
Gênero: Romance de Época
Páginas: 439
Edição:
Ano: 2019
Onde comprar: Amazon

Em Agora e Sempre conhecemos a jovem Victoria Elizabeth Seaton com 15 anos, presenciando uma briga entre seus pais, onde logo depois seu pai desabafa com ela todo o seu amor não correspondido e aproveita para adverti-la a nunca se casar com alguém que não a ame.

A jovem beldade é consolada por seu melhor amigo, Andrew, cinco anos mais velho e filho único da mulher mais rica do vilarejo onde mora. Andrew já é apaixonado por Victoria, mas está esperando a jovem completar dezoito anos para pedi-la em casamento. Entretanto os pais da menina morrem quando o jovem está viajando, sendo ela e sua irmã enviadas para Londres, onde mora a Duquesa de Claremont, sua avó.

Mas todo o infortúnio é pouco para nossa valente mocinha, sua avó só aceita receber em sua casa sua irmã mais nova e envia Victoria para morar com o Duque de Atherton, que está velho e doente, enviando a jovem para morar com seu herdeiro, Jason Fielding.

Jason Fielding, Marquês de Wakefield, é um homem amargurado desde que perdeu seu filho pequeno num naufrágio, na fuga de sua infiel esposa com o novo amante. Seus criados o temem, as mulheres casadas o desejam em sua cama e as solteiras sonham em ser aquela que derreterá seu coração de gelo.

“Como Lady Wilson-Smyth uma vez o descrevera entre gargalhadas, Jason Fielding era tão perigosamente atraente quando o pecado e, sem dúvida, tão perverso quanto.”

Quando enfim nossa heroína chega a mansão do marquês, é escorraçada pelo lorde, que não a deseja em sua casa e pretende envia-la de volta para o Duque de Atherton, contudo o duque acaba convencendo-o a hospedar a menina.

Victoria é inteligente e corajosa, mas extremamente inocente e inexperiente. Ela acredita que Andrew virá atrás dela para pedi-la em casamento assim que voltar de sua longa viagem, então tudo que precisa fazer é suportar a arrogância de Jason até que seu amado a leve embora para sempre. Mas enquanto esse dia não chega, a jovem não leva desaforo para casa.

“- Porque simplesmente não consigo me imaginar fazendo reverências, me encolhendo e tremendo de medo toda vez que você passa, como seus criados fazem.”

Para quem conhece o gênero, a partir daqui já imagina o que vai acontecer... Sim, a história contém os mesmos clichês de sempre, neste livro notei cenas muito semelhantes contidas em outros livros da autora, o mocinho tem atitudes bastantes questionáveis, sendo isto, aliás, uma característica da autora, que eleva nossa raiva pelo personagem masculino ao máximo, para só depois tentar amaciar nossas emoções para perdoa-lo.

Agora e Sempre é mais um romance ao estilo Judith McNaught, arrebatador, com muitas reviravoltas e personagens intensos, que amadurecem no decorrer do livro.

comentários pelo facebook:

15 comentários em "Agora e Sempre, Vol. 01 - Série Sequels [Judith McNaught]"

  1. Judith é maravilhosa!!! Mesmo tendo lido poucos livros da autora, ela tem essa gostosa mania de sim, trazer personagens mais intensos e muito bem elaborados. Talvez seja este o ponto mais forte que a separa dos tantos outros romances de época.
    Não somente traz casais e o amor acontecendo, mas ela engloba muito mais coisa junto e nós? Amamos muito tudo isso!
    Já havia dado uma olhadinha quando vi a capa deste livro,por isso já sabia o que iria encontrar na resenha e pode ser clichê do jeito que for, é uma história que deve ser incrível e sim, triste em alguns momentos. Tanto por uma menina tão jovem tendo que viver em outro lugar, com quem não a queria por perto e por um homem marcado por grandes cicatrizes do passado!
    Já quero!!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Como já falei muito por aqui sou mega fã de Romance de Época. Tenho uma trilogia da Judith pra ler.
    Estou acostumada com romances de época recheados de amor avassalador e toques de humor.
    Espero curtir a escrita dela.
    Quanto Agora e Para Sempre, uma amiga leu e curtiu muito.

    ResponderExcluir
  3. Ahhhhh que deu vontade de ler esse livro de novo (acho que vai ser a terceira vez!), Judith tem uma escrita realmente maravilhosa, ela é uma das minhas autoras favoritas, eu senti uma raiva extrema do Jason, ele é um verdadeiro patife, não sei se eu, no lugar da Victoria, perdoaria algumas de suas atitudes, mas enfim, é um romance muito gostoso, quando leio nem percebo o número de páginas e sempre derramo algumas lágrimas, essa nova edição está linda.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gi
    Eu gostei bastante dessa obra, me diverti muito, mas vi muita gente comentando sobre o mocinho, o fato dele ser intragável, nem lembro dele porque li faz tempo kkk.
    Li o segundo recentemente e adorei, agora quero o terceiro.
    Beijo
    Te convido a responder um questionário para meu TCC, é rapidinho e vai ajudar muito!
    https://pt.surveymonkey.com/r/2TFT8NZ
    Capítulo Treze
    INSCREVA-SE NO CANAL
    Sorteio de Todas as pequenas luzes
    Sorteio de aniversário dos blogs O que tem na nossa estante e Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Olá, Gisela
    Já faz um tempinho que li algum romance de época, então estou com saudades do gênero!
    Fiquei com um pouco de receio quando você colocou que o personagem masculino tem atitudes questionáveis, mas acho que mesmo assim, irei dar uma chance.

    ResponderExcluir
  6. Oi Gisela,
    Eu demorei um pouco para entrar no mundo dos romances de época, mas agora que o fiz fico muito curiosa com todas as histórias do gênero. Tenho visto muitos livros da Judith sendo publicados, mas ainda não tive a oportunidade de conferir nenhum deles. Agora e Sempre além de ter uma capa encantadora tem um sinopse instigante e que promete um diferencial. Há muitos infortúnios inicias para a protagonista e essa é a parte que mais me chamou atenção. Entre promessas, luto e mudanças Victoria terá que descobrir força e coragem para enfrentar cada obstáculo imposto por sua família. Realmente, depois disso, a história entra nos clichês, mas isso é algo que não me incomoda, na verdade já se é esperado e acho que ao fim é uma história que cativa e, com certeza, vou querer realizar a leitura.

    ResponderExcluir
  7. Eu lembro que li esse livro na sua primeira versão, em 2012, era até de outra editora e eu comprei o livro pela capa, amei aquelas pérolas. Foi aí que eu me apaixonei pela escrita da Judite McNaught. Gente, que autora! Quer romance é esse?

    ResponderExcluir
  8. Olá! ♡ Ainda não li nenhum livro da autora, mas o que não me falta é vontade, já que adoro romance de época e a Judith é destaque dentro do gênero.
    Gosto demais da ideia dos livros da autora geralmente serem maiores do que outros do mesmo gênero. Adoro quando o autor trabalha muito bem os personagens, acho isso essencial.
    Já ouvi falar muito bem da série Sequels, não vejo a hora de conhecer cada um dos livros que a compõe! ♡
    Já quero conhecer Victoria e Jason, a autora parece de fato ter desenvolvido muito bem os personagens.
    Obrigada pela indicação, espero fazer essa leitura muito em breve, já que adorei a premissa! Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  9. Coitada de Victoria que foi mandada de um canto a outro por seus parentes. Eu adoro esses clichês em romaces de época, não que tenha lido nada de Judith ainda porém pretendo e é bom saber que os romances dela é tão arrebatador quanto imagino ser.

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li romances de época das autoras de fora, mas pretendo ler algo da Judith, acho que ela tem uma escrita diferenciada.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá! Tenho a outra versão desse livro, e eu posso dizer que amo a escrita da Judith, Victória é uma menina linda e muito forte, porque após perder os pais, ser separada da irmã, tem que enfrentar um homem tão insensível quanto o Jason em, foi difícil torcer por ele, mesmo sabendo os motivos que o fizeram ficar desse jeito, mas Juju conseguiu me fazer amar esse casal.

    ResponderExcluir
  12. Olá Gisela!
    Às vezes reciclar uma fórmula de sucesso para manter o público pode ser arriscado, principalmente quando o leitor praticamente já decorou a estrutura desse gênero. Esse parece ser o maior problema nesta obra, que embora inegavelmente apresente a inegável escrita cativante de McNaught, desaponta pela mesmice. As atitudes dos protagonistas chegam a ser cômicas de tão previsíveis, sem contar que a caracterização de Jason irrita pela macanicidade, sendo que a evolução do personagem é difícil de engolir, pois é praticamente instantânea.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oiii ❤ Já ouvi muita coisa boa a respeito da escrita da Judith McNaught, ainda não li nenhum de seus livros, mas quero muito fazer a leitura deles.
    Acho um ponto muito positivo a autora construir personagens bem trabalhados, já que acho isso essencial pra eu gostar da leitura.
    Muito triste que Jason tenha perdido o filho por culpa da ex-esposa e que, po isso, pareça ser tão amargurado.
    Parece bem clichê que seja Victoria quem vai derreter o coração de gelo de Jason, mas isso só faz eu querer ler ainda mais esse livro, já que adoro um bom clichê rsrsrs.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  14. Olá Gisela!
    Ah que Maravilha! Romance de época em dose única é uma dádiva pois geralmente temos longas séries para ler. Eu nunca li nada da Judith mas gosto desse aprofundamento mais detalhado na história. Já adorei a personalidade de Victoria e estou em dúvida pra qual mocinho torcer nesse caso. A capa é uma graça! Mal posso esperar pra conhecer a escrita da autora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Gi!
    Gosto também demais dos livros da autora, porque são bem detalhados e popr serem romances de época, fantástico.
    Me surpreendi apenas com uma protagonista tão jjovem e já passando por tantas agruras, deve ser muito bom acompanhar toda saga vivida por ela.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir