acompanhe o blog
nas redes sociais

20.9.19

Vem Comigo [Karma Brown]

Karma Brown
Cortesia do Grupo Editorial Record

A primeira coisa que eu preciso falar sobre essa leitura é que ela me quebrou! Eu não sou de ler romances, mas depois que vi alguns comentários fiquei bem curiosa para conhecer essa história. Eu não poderia ter amado mais ter realizado essa história e acompanhar toda a dor que Teg leva dentro de si.

Vem Comigo
Título: Vem Comigo
Autor: Karma Brown
Tradutor: Mauricio Tamboni
Editora: Verus
Gênero: Romance
Páginas: 308
Edição:
Ano: 2019
Onde comprar: Amazon

Tegan Lawson tem uma vida incrível, um marido que ama profundamente e um bebê a caminho. Mas um acidente destrói toda a felicidade que ela tinha. Presa á dor da perda, Gabe a lembra de um pote dos sonhos onde os dois colocaram várias atividades e lugares para ir ao longo da vida. Nessa jornada por três lugares completamente diferentes, Teg tentará encontrar a paz e a motivação de seguir em frente - por mais que as coisas comecem a ficar ainda mais difíceis.

“Encarando as migalhas, me dou conta de como elas se parecem com a vida. Não há nenhum pedaço grande o bastante para satisfazer; tem pedaços demais e, mesmo se você tentar juntar todos, alguns ficarão para trás. Perdidos para sempre.” (p. 13)

No início nós começamos a acompanhar Teg, pouco tempo depois do acidente que a fez perder o bebê que estava carregando. Essa perda a abalou profundamente e por mais que ela esteja tendo todo o suporte familiar e de amigos, ela não consegue seguir em frente. A dor dela é bem palpável e me senti mal em diversos momentos compadecida pelo que ela estava passando. Entre algumas tentativas de sair de casa, ela acaba aceitando a ideia de sortear três papéis no pote dos sonhos.

Em cada país ela terá uma atividade a ser feita e eu achei muito legal o que cada experiência mostrou pra ela. Como o livro intercala entre passado e presente, vamos entendendo como era a vida de Teg e Gabe quando se conheceram e o quanto a perda desse filho quebrou a relação, mesmo que haja amor.

Uma das coisas mais impactantes é o plot twist que acontece mais pro final do livro e eu fiquei CHOCADA! Tive várias teorias ao longo do caminho e errei em todas, rs. Depois da revelação comecei a perceber alguns sinais, mas eu achei muito interessante e inteligente como a autora conduziu essa história.

Essa é uma leitura que fala muito sobre a dor, a perda, os planos que a gente faz pra vida e que nada dura para sempre. O amor nem sempre resolve tudo, mas é um bom combustível para a cura e o tempo demora para passar quando a gente mais precisa superar algo.

Eu tenho muita coisa pra falar, mas com medo de soltar algum spoiler preciso comentar o mínimo. Só quero ressaltar que todos os personagens são muito bem construídos e acompanhar o passado do casal foi muito importante para entender as emoções do presente. E gente, que amor incrível é o de Teg e Gabe. Terminei a leitura apaixonada por eles e com vontade de encontrar algo parecido para mim um dia.

Recomendo demais essa história. Eu não esperava muita coisa e fui muito surpreendida. A escrita da autora encanta e nos envolve de tal forma que é impossível parar de ler, fora que os capítulos são curtinhos e fazem a leitura fluir ainda mais.

comentários pelo facebook:

17 comentários em "Vem Comigo [Karma Brown]"

  1. Sou maluca para um dia ainda conseguir ler este livro. Desde que foi lançado recentemente, ele realmente ganhou os primeiros lugares em indicações de leitores.
    Eu amo um bom romance, um bom drama e por tudo que li até o momento e agora nesta resenha, a obra tem muito isso, do romance, do amor, da perda, da dor,mas também do recomeçar. Se é que isso é possível após um trauma tão grande assim!
    Não me imagino vivendo tudo isso,mas quero demais conferir esta história!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Eu estou louca para ler esse livro! Parece ser muito bom, e já vi muita gente falando super bem dele.
    Sinto que vou ficar devastada com a leitura, mas mesmo assim, quero muito ler.

    ResponderExcluir
  3. Que dor Teegan enfrentou, então acho que tá consigo entender certas atitudes egoístas, imaturas dela, afinal ela está dilacerada. 
    Mas o mais bonito é a jornada que ela e Gabe mergulham em busca do perdão, da superação e até deles mesmos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Gabriela,
    Vem comigo é um dos livros com a premissa mais impactante que li nos últimos meses e me lembrou de um livro que li ano passado que se tornou um de meus favoritos. Nem imagino como deve ser perder um filho, mas consigo entender porque a protagonista estava tão perdida. Sei que a taxa de divórcio entre casais que perdem um filho é muito grande e muito disso se deve pela culpa e pela raiva, que vai crescendo e acumulando no meio da relação. Mas acredito que nessa história Gabe fará de tudo para que isso não ocorra entre eles. Eu imaginava essa história como algo certo, um casal lidando com o luto, mas pelo jeito tem muito mais e já fiquei super curiosa com o plot twist.

    ResponderExcluir
  5. Menina, o que foi esse livro?
    Meses depois de ler e ainda não tenho estrutura para tudo o que esse livro me fez sentir.
    Eu não tive nenhuma teoria, apenas acompanhei Teg em sua jornada de superação; e esse plot... sem palavras.
    Sua resenha me deixou com vontade de reler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá Gabriela!
    Vem Comigo parece ser um dos lançamentos mais tristes de 2019, considerando que vários blogs citaram como a história é aterradora. E não é para menos, né? A autora consegue fazer uma abordagem extremamente realista da perda, mostrando que sempre haverá uma parte de nós que não pode ser curada após essa experiência. Mas aqui temos a mensagem de que aos poucos é possível seguir em frente, principalmente se tivermos alguém com quem contar.
    Além disso, essa reviravolta bombástica do final é mais um ponto positivo, pois o leitor vai sendo conduzido para a conformação diante do final e de repente tudo muda.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá! ♡ Esse livro parece uma leitura muito humana, já que nos deparamos com a dor da perda, a qual infelizmente estamos sujeitos. Lidar com perdas não é fácil, as feridas que a mesma abre demoram para cicatrizar, mas isso faz parte do ser humano, mesmo que não seja fácil admitir.
    Teg representa todos nós, mesmo que cada um lide com a dor de forma diferente. Seguir em frente é difícil, mas quando contamos com o amor de pessoas como Gabe, que nos ama e apoia, isso traz um certo conforto em momentos tão dolorosos, mesmo que não acabe com a dor. Somos seres humanos e somos vulneráveis da mesma forma que a protagonista, sofremos com as perdas, sofremos quando tudo o que planejamos é tirado de nós.
    Com certeza é uma leitura que emociona, toca, mexe com os nossos sentimentos e causa identificação.
    Obrigada pela indicação! Com toda certeza espeto fazer essa leitura em breve! Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  8. Gabriela!
    Amo romance e dramas, imagino toda dor que Gabi sentiu com as perdas que teve e o que ela deve passar para superar sua dor e continuar vivendo da melhor forma possível.
    Livro muito interessante para se ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. Já li algumas resenhas sobre esse livro. Cada vez fico com mais vontade de ler e conhecer tudo sobre a Teg. Afinal, imagino que não deva ser nada fácil passar pelo o que ela e o marido passaram, mas principalmente para ela. Não deve ser nada fácil superar. Será que só as viagens bastaram?

    ResponderExcluir
  10. Ah não agora quero saber que plot twist é esse no fimal do livro. Não conhecia a obra, mas fiquei tocada pela perda da Teg, deve ser realmente muito difícil. Muito legal ela ir viajar para se distrair um pouco (queria). Ansiosa para conhecer um pouco mais de Teg e Gabe juntos.

    ResponderExcluir
  11. Olá! UAU, acho que essas três letrinhas continuam definindo muito bem como me sinto ao ler resenhas desse livro, que parece ser extremamente intenso, daqueles que vão acabar de vez com nosso emocional, é impossível mensurar a dor que a Tegan está sentindo, espero poder ler o livro em breve e descobrir como os personagens conseguirão superar suas perdas.

    ResponderExcluir
  12. Oiii ❤ Nossa, que situação triste que Tegan enfrentou, não consigo nem imaginar como é a dor de perder um bebê, o quanto isso machucou a personagem.
    Gostei da ideia de escolher três lugares para viajar do pote dos sonhos, é bem original.
    Bom saber que os personagens são bem construídos, pois considero muito isso na hora de fazer uma leitura e que é lindo ver o amor que existe entre eles.
    Deve ser difícil ler partes desse livro, já que fala sobre a dor, mas a mensagem que a autora quis passar parece bem bonita.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  13. Essa capa é linda, o livro parece ser bem emocionante, afinal Tegan parecia ter uma vida perfeita, e de repente, depois de um acidente tudo muda e para pior, acredito que vai ser bastante intenso acompanhar essa sua jornada, e o fato do livro contar com um plot twist chocante me deixou ainda mais curiosa.

    ResponderExcluir
  14. Olá Gabriela!
    A trama parece bem emocionante mesmo, a dor.da.protagonista é palpável até na resenha. Mas essas viagens devem ter o poder de restaurar o seu espírito, além de o leitor poder conhecer tais lugares junto com Tegan. O amor é um sentimento muito poderoso e nos ajuda a enfrentar tudo. Eu estou mega curiosa pra saber qual é esse plot bombástico!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Já tinha visto o livro e se me lembro li algo dele, só não sei onde. A trama é envolvente, tem uma premissa maravilhosa e uma historia bastante comovente. Estou bastante curiosa por querer ler esse livro.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  16. Oi, Gabriela
    Li o livro no mês passado e vou confessar também fui enganada com o final.
    Várias resenhas que li foram negativas a respeito do livro, sobre como Tegan se comporta e tal.
    Quando li fui sem expectativas e fui surpreendida com a leitura.
    Adorei sua resenha que não entregou nenhum spoiler e trouxe a essência da estória.
    Passar por tudo o Tegan enfrenta não é fácil, super recomendo a leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi, Gabriela!
    Gostei muito da sua resenha, deu pra ver o quanto esse romance é bom, dramático, mas muito tocante.
    Eu amo romance, apesar de que fiquei meio enjoada esses últimos meses, porém, esse quero muito. Estou com medo porque parece que é de partir o coração, mas também, uma história sobre recomeços e reflexões.
    bjs

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir