acompanhe o blog
nas redes sociais

16.9.14

Perdendo-Me [Cora Carmack]

Perdendo-Me-Cora-Carmack
Ed. Novo Conceito, 2014 - 288 páginas:
      VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual. Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra? 

Onde comprar:



O livro começa com Bliss Edwards, uma estudante universitária prestes a se formar em artes cênicas, virgem aos 22 anos. Sua melhor amiga Kelsey decide que isso deve acabar esta noite mesmo, e elas vão a um bar a procura de um caso de uma noite só. Lá Bliss conhece um cara que alem de lindo é inglês!!!

“Sotaque. ELE TEM SOTAQUE BRITÂNICO. Santo Deus, estou morrendo. Respirar. Eu precisava respirar.”

Garrick parece o sonho de consumo de boa parte das mulheres. É companheiro, sex, paciente, fofo e inteligente. Eles vão para o apartamento dela e tudo ia bem até ela enlouquecer com a perda da virgindade, da uma desculpa horrível e sai do próprio apartamento deixando-o sozinho e nu.

"Sexo.
Eu ia fazer sexo.
Com um cara.
Com um cara gostoso.
Um cara BRITÂNICO gostoso.”

Primeiro, é meio difícil achar uma garota americana virgem aos 22, no Brasil ainda é comum, mas nos Estados Unidos não! Eles começam cedo a vida sexual, ainda no começo do ensino médio. Ignorando isso, acho a Bliss divertida, ela é racional e pratica, mas pode ser confusa e possui baixíssima auto-estima.
Uma coisa tenho que concordar com Bliss: adoro sotaque britânico!!!! É tão sex!!!!

“Foi por isso que me beijou, não foi? Todas vocês, garotas americanas, parecem adorar sotaques.”

- Não só americanas, meu bem!!! As brasileiras também adoram!

A narrativa é fluida e facilita a leitura, os personagens são claros e dinâmicos. A Cora acertou nas cenas da Bliss e dos amigos bêbados: amei a brincadeira da garrafa, mas a cena do Garrick e da Bliss doentes foi um pouco forçada. No final há um epílogo do ponto de vista do Garrick, que é tão inseguro quanto ela! Adoro ver o ponto de vista de outros personagens.

(Pode ser spoiler para alguns, então pode pular o próximo parágrafo se quiser): Uma coisa me chamou a atenção no final: ninguém ter descoberto sobre os dois! Normalmente em historias com este enredo – no qual há um segredo que fere as normas morais, sempre acaba explodindo no pior momento, antes do ápice/ato final, e isso não ocorreu aqui! Ponto pra Cora!
(Fim da seção spoiler)

No geral é um romance bem legal no estilo new alduts, sem grandes conspirações/tramas/dramas.

#EsperandoLivro2


Cortesia da Editora Novo Conceito

Nascida na Bahia, veio para Vitória estudar Arquitetura. Ler é sua segunda paixão. “O universo é feito de historias, não de átomos”. Muriel Rukeyser.

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

14 comentários em "Perdendo-Me [Cora Carmack]"

  1. A trama parece leve e divertida, mas confesso que já não tenho muito interesse pelo gênero (com algumas exceções, claro). Provavelmente isso acontece porque já não me identifico com as questões e hábitos dos personagens e isso acaba influenciando em como enxergo a história como um todo.
    De qualquer forma, parece uma boa pedida para os que apreciam o estilo.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Apesar da protagonista me parece ser bem chatinha, eu me identifiquei com ela, pois ela é estudante de Artes Cênicas. Pelo que você disse, esse livro não é daquele que muda sua vida, mas vale como um bom passatempo.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  3. Não despertou minha vontade de ler! Pra ser sincera cheio meio chato e forçado e no momento não iria me alegrar! Quem sabe mais pra frente eu mude de ideia!

    ResponderExcluir
  4. Li o livro em inglês e gostei muito na época é um romance leve mesmo é preciso ler sem muitas expectativas... Apesar de ter gostado bastante dele, mas a partir dai a serie foi decaindo ainda continua "legal", mas sei lá não me empolguei :/
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto do gênero, mas esse me passou a impressão de que não tem nada demais. É mais pra passar um tempo. E cá entre nós, é realmente sex o sotaque britânico! hahaha Essa insegurança dos dois me deixou receosa demais, fiquei com pé atrás. Vou aguardar a resenha do próximo livro pra ver se invisto ou desisto de ler. rs

    ResponderExcluir
  6. Fiquei com vontade de ler a história, mas não pensei que teria mais livros, porém se for tão legal quanto imagino valerá a pena ter continuação!

    ResponderExcluir
  7. Eu achei divertida a insegurança da personagem, e precisamos concordar com ela que sotaque sempre é um charme a mais. Apesar de achar a situação meio improvável (como assim virgem aos 22? O.o) eu adorei a capa, e acho que foi um dos poucos livros nesse gênero que me divertiu antes mesmo de ter lido. Ponto para a sua resenha haha

    ResponderExcluir
  8. Parece ser um livro divertido pra passar o tempo, nada que vá te marcar pra sempre mas uma leitura gostosa. Aposto que é até engraçadinho.

    ResponderExcluir
  9. Já tinha lido sobre esse livro, mas fiquei ainda mais curiosa agora... Realmente achar uma americana de 22 anos virgem deve ser bem difícil, mas já me identifiquei com a personagem só pelos trechos que ela fala sobre ele... Eu também sou in love com sotaque britânico <3 é simplesmente perfeito! E o fato de ter um epílogo na visão dele demonstrando o quanto ele também é inseguro é muito diferente do que costumo ver... Ponto pra autora! Amei a resenha :D
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  10. Eu não consigo sentir o entusiasmo nesse tipo de leitura... caraca... acho que não me cai bem nem como passatempo... no mais so gostei mesmo do sotaque.... sotaque inglês me traz boas memorias.... ah....

    ResponderExcluir
  11. A trama não me envolveu e achei o enredo um pouco fraco, sei lá. A protagonista não me pareceu muito bem criada. Mas para quem gosta do estilo, com certeza iria gostar

    ResponderExcluir
  12. O livro então conta a estória de uma menina que resolve virar mulher e encontra um britânico gostosão para dar conta do recado?
    Ai, gente. Não curti :/
    Mas vou aguardar o livro 2 para saber se melhora... hehe

    ResponderExcluir
  13. Do jeito que as coisas andam por aqui, as meninas estão tão avançadas quanto as americanas... se bem que eu não sabia que as americanas começavam tão cedo assim...

    ResponderExcluir
  14. Eu até comecei a ler esse livro, mas enquanto avançava a leitura foi ficando chato, acabei nem terminando. Não pretendo nem ler o resto da série.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir