acompanhe o blog
nas redes sociais

22.7.15

Beleza Perdida [Amy Harmon]

Amy-Harmon
Ed. Verus, 2015 - 332 páginas:
      Ambrose Young é lindo — alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose... até tudo na vida dele mudar. Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas — perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido. 


Onde comprar:



Beleza Perdida foi a grande revelação do ano, e o que me chamou a atenção para a leitura do livro foi sua chamada publicitária dizendo que é uma releitura moderna de A Bela e a Fera e como sou apaixonada a tudo que se refere a este conto de fadas, iniciei a leitura. E como já disse me surpreendeu, pois a história foi muito mais madura do que esperava, fugindo do estereótipo bad boy tão comum neste gênero literário.

Fern e Bailey são primos, nasceram quase que no mesmo dia e cresceram juntos como irmãos, um sempre apoiando o outro, principalmente porque Bailey tem uma doença hereditária que provoca distrofia muscular, e a cada dia ele se torna mais fraco e incapacitado. Normalmente quem é portador desta doença não consegue chegar vivo aos vinte e um anos. Fern desde cedo cuida de seu primo, e Bailey, com o apoio familiar, tenta levar uma vida tão normal quanto possível.

"Nossa pequena e engraçada Fern - disse Angie, com um sorriso na voz. - É impossível encontrar uma criança melhor do que a Fern. Agradeço todos os dias por ela. É uma benção para o Bailey. Deus sabia o que estava fazendo quando colocou os dois na mesma família, Rachel. Deu um ao outro. É uma doce misericórdia."

Fern e Bailey são uma dupla bizarra, ele sempre em sua cadeira de rodas, ela, desde cedo consciente de sua aparência desgraciosa e mesmo assim os dois são felizes e se aceitam. Quando ainda na infância conheceram a bela Rita, os dois a acolhem sem inveja ou despeito e Rita torna-se também melhor amiga deles.

O trio vai bem até Rita se interessar pelo garoto mais bonito e popular da escola, Ambrose Young, garoto pelo qual Fern nutre um amor platônico. Fern sabe que nunca terá uma chance verdadeira com Ambrose, pois sua aparência não permite, mas Rita é a garota mais bonita da escola, perfeita para Ambrose, então Fern apoia Rita e até a ajuda quando uma troca de correspondência se inicia entre o casal e Rita não sabe o que dizer. Fern passa e responder por ela. Até que Ambrose descobre que as belas cartas que recebe de Rita na verdade são de Fern.

De repente o inesperado acontece no dia 11 de setembro, os Estados Unidos entram em estado de guerra e muitos jovens, inclusive o belo Ambrose e seus melhores amigos vão lutar no Iraque.

"Os soldados pareciam ter todos a mesma cara, um enxame de elementos idênticos, e Fern então se perguntou se, de algum modo, aquilo não era um ato de misericórdia, tirar-lhes a individualidade para que o adeus não fosse tão pessoal."

E guerra sempre deixa suas marcas, Ambrose retorna, mas nada é como antes. Os jovens são obrigados a amadurecerem. Fern, Bailey, Rita e Ambrose se ajudam a superar todos os problemas que a vida adulta traz na sua bagagem. E aí começa a verdadeira história ao qual o livro se propõe.

"Acho que significa que não entendemos tudo, nem vamos entender. talvez os porquês não sejam respondidos aqui. Não por não existirem respostas, mas porque a gente não ia entender se elas fossem ditas."

O livro trada de amor, amizade e perda, mostrando como quatro adolescentes agem diante dos infortúnios da vida, uma história tão linda e envolvente que leva o leitor a rir e chorar junto com os personagens, torcendo para que eles consigam apesar de todo o sofrimento, achar seu final feliz.

"- Acho que é por isso que a Fern sempre gostou tanto de ler. Os livros permitem que as pessoas sejam quem elas querem ser, para escapar de si mesmas por um tempo."

Eu também gosto de escapar através da leitura, e Beleza Perdida sem dúvida mexeu com minhas emoções.


Cortesia da Editora Record

Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

14 comentários em "Beleza Perdida [Amy Harmon]"

  1. Desde seu lançamento Beleza Perdida chamou a minha atenção, pois parecia ser diferente dos inúmeros new adults que andam saindo - e que nunca conseguiram chamar a minha atenção -, e a cada resenha percebo que minha primeira impressão estava correta.
    O livro parece ser encantador e emocionante. Como ganhei um sorteio valendo ele, estou ansiosa para que chegue e para ser envolvida pela história e seus personagens.
    Acredito que não irei me decepcionar.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi Gisela!
    Terminei de ler esse livro hoje e me emocionei demais durante a leitura, o enredo é realmente muito maduro e os personagens nos passam diversas mensagens positivas ao longo da história, principalmente o Bailey. O livro entrou entrou para minha lista de favoritos!
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  3. Gisela!
    Sou fascinada pelas releituras dos contos de fadas e A Bela e a Fera é meu conto favorito.
    Desde o lançamento desse livro que quero demais ler e acompanhar todo drama do enrede que parece bem envolvente.
    Adorei os quotes.
    “A imaginação é mais importante que o conhecimento.”(Albert Einstein)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  4. É difícil um new adult despertar meu interesse como Beleza Perdida despertou. Acredito que foi os personagens diferentes, marcantes... A trama também não fica atrás.
    Também costumo escapar através da leitura; e com certeza Beleza Perdida é um livro que irá me emocionar pois pretendo ler com certeza!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  5. mas que resenha mais gostosa de se ler Gi, adorei a trama, o mote ligado ao clássico "bela/fera". confesso que nem iria imaginar tratar-se de uma história assim. um livro romântico e 5 estrelas é digno de entrar pra minha lista. quero ler também, afinal de contas, sou romântico à moda antiga, desses que chora até no filme do bambi. rs

    ResponderExcluir
  6. Também sou apaixonada por A bela e a fera e por isso fiquei bastante ansiosa pelo livro, apesar de não curtir todas as releituras que saem por aí, essa me chamou a atenção. E também é de um gênero que não conheço muito e que quero conhecer. Estava procurando por algum livro do gênero que a sinopse me atraísse e de todas que já li essa foi a que me conquistou. Espero poder lê-lo logo! :) Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  7. Não sabia que este livro era uma releitura mais moderna de A Bela e a Fera, adoreeei, fiquei mais ansiosa ainda para ler, adorei demais sua resenha também, este livro inicialmente me chamou a atenção em relação a capa, mas depois de ler a resenha, a história parece ser ótima, pretendo ler.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Gisela! Tenho visto muitas avaliações positivas sobre o livro e quero muito ler também. Parece ser uma história inspiradora e emocionante, daquelas que ficam dias ocupando um lugarzinho na nossa cabeça. Adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  9. Estou a tempos querendo ler esse livro e agora com essa resenha maravilhosa, que demonstra ser tão história inspiradora e emocionante, fiquei mais ansiosa ainda pela leitura ;) Quero ler o mais breve possível!
    Bjs Gilela!

    ResponderExcluir
  10. Já li algumas resenhas deste livro e todas super positivas!!
    Quando eu vi este livro pela primeira vez não dei bola... até que fiquei sabendo que se trata de uma releitura de "A Bela e a Fera" que eu adoro muito.
    Mas este livro é bem diferente ao que parece...

    Eu to muito a fim de ler este livro, por ser fã do clássico, mas por adorar releituras. As recomendações também me influenciam.
    O que achei de mais legal foi como Ambrose se transforma em Fera... pelo que percebi ele não era arrogante, só lindo de morrer e por isso a Fern não imaginava que rolaria algo e até ajuda a amiga.

    Bem, imagino a dor de Ambrose de ser o único a voltar da guerra e ainda deixar de ser quem era quando partiu...
    Eu li aqui coisas que não sabia ainda do livro, como o que aconteceu antes dele ir para o Iraque e acho que vou parar de ler coisas sobre este livro porque daqui a pouco já saberei todo ele, hehehehe.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Nossa... adorava esse tipo de livro. Mas com o tempo esse estilo não me animou mais. Sei lá enjoei. Prefiro não ler.

    ResponderExcluir
  12. Tenho lido bastante resenhas positivas em relação a esse livro, Gi! Mas, confesso que, mesmo gostando de releituras de contos de fadas clássicos, esse não me chamou a atenção, pois a parte do infortúnio do cara não é uma maldição que é desfeita com um beijo. kkkkkk

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  13. Gi, este sem sombra de dúvidas é a minha maior curiosidade literária; todas resenhas que já li, só falam bem dele, sem contar que a capa é linda e remete o que a história tem a dizer. Assim que adquiri-lo será minha próxima leitura, passando na frente de todos.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  14. Pelo que você fala, acho que o livro vai ser um super drama e não estou no clima de ler livros assim nos últimos tempos. Eu acho que vou deixar esse livro por enquanto.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir