acompanhe o blog
nas redes sociais

21.7.15

Neve na Primavera [Sarah Jio]

Ed. Novo Conceito, 2015 - 336 páginas:
      Seattle, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho. Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade. Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve. Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos, Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. 

Onde comprar:


Uma trágica historia cheia de mistérios, romances e lições de vida. O romance começa em Seattle,1933, com Vera Ray e o pequeno Daniel que passam por uma fase muito ruim e que só se complica por Vera ser mãe solteira e não ganhar nada bem no seu trabalho de camareira. Numa noite ela precisa deixar Daniel sozinho para trabalhar no seu turno, apesar de seu coração doer em deixa-lo, ela não pode arriscar perder seu emprego levando-o ao trabalho novamente. No dia 02 de maio, na manhã seguinte, quando volta para casa a cidade está coberta por uma nevasca fora de época e Vera não encontra Daniel no apartamento, sai a sua procura e só encontra o ursinho de pelúcia.

Claire Aldribge, 70 anos depois é designada a escrever sobre a tempestade de neve do dia 02 de maio que se repete. Ela ainda se recupera de um acidente trágico que mudou sua vida e seu casamento, e com essa historia que parecia banal ela entra de cabeça à procura de Daniel, o menino perdido. Ela se sente ligada a esse menino e tudo começa com um recorte de jornal e Claire vai ligando varias coincidências e com seu instinto jornalístico, vai desvendando uma historia a tanto enterrada, mas que foi perdida no tempo, assim como Daniel.

Com o desenrolar da historia, a vida das duas mulheres se cruzam depois de muitos anos de diferença e Claire corre contra o tempo para devolver a paz a Vera, uma mulher que ela não conhece mais que tem muito em comum com ela.

Uma historia de superação, força de vontade, e muito amor.

Cortesia da Editora Novo Conceito

Guarapariense, gastrônoma e apaixonada por todos os tipo de arte. Ler é uma forma de escape prazeroso da nossa realidade. Assim como as comidas que cozinho me alimentam o corpo, os livros alimentam minha alma.

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

14 comentários em "Neve na Primavera [Sarah Jio]"

  1. Não conhecia esse livro, e que capa linda, mas a história parece ser super emocionante e cheia de mistérios, pretendo ler mais futuramente.

    ResponderExcluir
  2. Neve na Primavera é um livro que acho que gostarei muito, pois é uma mistura de drama e mistério, dois gêneros que adoro.
    Parece ser um livro envolvente e devido a todas resenhas positivas ele está na minha lista, espero que minhas expectativas sejam atendidas.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia este livro, mas inicialmente a capa me chamou a atenção, e a história parece ser uito emocionante, cheia de mistérios e dramas, pretendo ler mais futuramente.

    ResponderExcluir
  4. Cinco estrelas?? Já quero!!! Depois dessa resenha, me fez querer mais ainda, principalmente por ter mistério, superação e muito amor <3 E essa capa?? Sou apaixonada por capas com flores, que dão um charme lindo!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Tainá! Quero muito ler esse livro. A história parece ser muito emocionante. Gosto bastante dessa mescla de mistério com romance, passado com presente, duas histórias diferentes que se cruzam em um certo momento... Fiquei curiosa para descobrir o desenrolar disso tudo.

    ResponderExcluir
  6. Tainá!
    Li esse livro e fiquei muito compadecida com o sequestro da criança no passado e muito empolgada com o reencontro no futuro da protagonista em nosso século.
    Muito bem escrita e desenvolvida e o drama muito sensível.
    Adorei!
    “O amor é grande e cabe nesta janela sobre o mar. O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar. O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar.”(Carlos Drummond de Andrade)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Estava procurando um blog assim.
    Bem legal mesmo!

    Seguindo com carinho :*

    ResponderExcluir
  8. Neve na primavera foi um dos poucos livros que me chamou a atenção nesse estilo pois geralmente procuro ler um livro que se concentra mais numa história de amor. Mas fiquei bastante curiosa em saber sobre o que aconteceu com o pequeno Daniel, se sua mãe, Vera, o reviu novamente... Com certeza essa é uma daquelas histórias que vai acaba me emocionando.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Tainá! Nunca li nada da autora, mas pretendo ler, pois sempre vejo comentários super positivos sobre a sua forma de escrever e contar histórias emocionantes. Apesar de eu estar fugindo um pouco de drama, não deixo passar uma boa história de amor e superação. Gostei de ter duas vidas que irão se cruzar, a de Vera e a de Claire, e fiquei curiosa para saber o que Claire descobre nessa investigação, bem como tudo irá terminar.

    ResponderExcluir
  10. Só ouço elogios desta autora... e a premissa deste livro é de cortar o coração!!
    Como que Vera deixa Daniel sozinho? aii, deu raiva dela, confesso!
    E fiquei mais triste porque 70 anos depois nada foi solucionado...
    Quero ler!

    ResponderExcluir
  11. Falou que é romance estou correndo. Esse gênero não me anima mais com antes. Estou numa fase que não tenho ânimo para ler esse tipo de livro. Quem sabe mais para frente eu dê uma chance?!

    ResponderExcluir
  12. Gosto bastante quando os autores fazem esse jogo "passado x presente", e conseguem entrelaçar bem direitinho esses dois períodos. Pelo que vi, a Sarah Jio conseguiu isso com maestria. Outra coisa que me agrada é essa pitada de mistério e investigação jornalística que a trama tem. Enfim, se tiver oportunidade, vou dar uma conferida.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  13. Oi Tainá.
    Devo confessar que desde a 1ª vez que vi o livro, só se passava em minha mente "mais um romance"; agora fiquei totalmente surpreendida ao perceber que não se trata nada disso, estou muito feliz pela nova descoberta e ansiosíssima para lê-lo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Hum, achei que o livro era sobre outra coisa. Esse tipo de história não faz eu gênero. A capa é linda e engana bem sobre o queé a história.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir