acompanhe o blog
nas redes sociais

12.8.15

A Herdeira - Série A Seleção, Vol. 4 [Kiera Cass]

Ed. Seguinte, 2015 - 360 páginas:
      Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais. Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.


Onde comprar:




Após eu me apaixonar completamente pela série A Seleção, foi literalmente insano quando eu descobri que haveriam mais livros da série, desta vez se passando no futuro de Illéa, após o final feliz de Maxon e America. Kiera Cass é uma das minhas autoras preferidas, e, como já disse em resenhas anteriores, eu fiquei completamente apaixonado pelos seus livros e pelos seus personagens. Porém, devo admitir que ao saber que America, a protagonista, não seria mais a narradora e nem a personagem central dos novos livros, fiquei com um grande receio de me decepcionar, pois a Kiera já tinha finalizado a história, sem pontas abertas ou mistérios para desvendar, será que este novo lançamento seria realmente bom ou somente mais um livro comercial, que só foi prolongado devido ao sucesso da série? Ou será que a autora iria simplesmente reciclar os lançamentos anteriores, sem nada novo ou empolgante?

Foi com este receio que passei meses aguardando o lançamento de A Herdeira. Desta vez, a trama giraria em torno de Eadlyn, filha de America, em uma seleção que nem ela mesmo queria que existisse. E, quando lançou, não pensava em outra coisa além de "Kiera, não me decepcione". No momento que eu peguei o livro e comecei a ler as primeiras páginas, tomei pavor de Eadlyn. Ela parecia mimada, rude e infantil, totalmente diferente de sua mãe. Apesar de não ter gostado dela no começo, fiquei feliz de ver que Eadlyn não era uma America 2.0, criada para ser a nova versão de sua mãe.

Com o desenvolver do livro, percebi que a protagonista não era tão ruim, afinal de tudo, e só nos últimos capítulos comecei a perceber que na verdade eu a adorava e adorava todos os seus conflitos.

Falando sobre a trama, não há nada de tão novo assim, apenas que, desta vez, a seleção gira em torno de uma mulher. Eadlyn é uma princesa, futura rainha, que não quer um marido, mas se vê praticamente obrigada a procurar por um marido em cadeia mundial, para distrair seus súditos e os rebeldes que começaram a apavorar novamente a realeza. Mesmo contra a ideia de depender de um marido para governar, ela aceita participar deste concurso, e logo se vê rodeada por garotos que ela não conhece, e que, inicialmente, não quer nem mesmo conhecer. Mas logo a tal princesa se contesta e percebe que mesmo contra sua vontade, criou uma ligação com estes garotos, e que está disposta a fazer qualquer coisa para salvar seu reino, até mesmo se casar.

Se eu tinha medo da decepção, me sinto um bobo por já ter duvidado de Kiera, que conseguiu criar um clima leve, empolgante e viciante ao mesmo tempo, e me fez amar mais ainda seus livros e a sua escrita, que está ótima, como sempre.

A Herdeira não é um daqueles livros que você lê bocejando de tão entediantes, mas também não é um daqueles que você lê mordendo a mão de tanta tensão. É algo que te prende mesmo sem conter algum mistério ou plot inovador e te conquista com personagens simples e alguns problemas habituais e outros não tão habituais assim.

Enfim, foi bom ter acompanhado o crescimento de uma personagem que, inicialmente era tão insuportável, e foi bom ter conhecido mais sobre o universo de uma das minhas séries preferidas novamente. Kiera, se você quiser escrever mais quantos volumes quiser, saiba que eu estarei na primeira fila da livraria, esperando ansiosamente pra ler (desta vez sem duvidar ou temer nada).

Samuel Teixeira de Almeida
Estudante carioca de 14 anos apaixonado por livros e por séries de TV. Li 23 livros em 4 meses de 2014 e 24 em 2013. Membro da Franqueza em Divergente, morador do Distrito 12 em Jogos Vorazes, Moroi em Academia de Vampiros e Caçador de Sombras em Os Instrumentos Mortais.

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

14 comentários em "A Herdeira - Série A Seleção, Vol. 4 [Kiera Cass]"

  1. Também li A Seleção e adorei demais, a trama super me prendeu na leitura e li bem rapidinho os três livros, fiquei envolvida com a história de América e Maxon e a seleção, ainda não li A Herdeira, mas está em minha lista de leitura e pretendo ler em breve, depois de ser sua resenha fiquei mais ansiosa ainda para ler esse livro, a resenha está muito boa.

    ResponderExcluir
  2. Quero muito ler essa série, preciso adquirir os livros e arrumar um lugarzinho na minha lista de leitura, nem sei se vou ter tempo para ler mais livros esse ano além dos que programei =/
    Existem muitas opiniões contraditórias sobre a série, pois como você citou, ao mesmo tempo que é entediante, ele empolga e vicia. Vai virar até filme, né?
    Achei legal que a seleção dessa vez é com a princesa, tentando achar seu par ideal, sem falar que a seleção com rapazes parece ser mais divertido, imagina escolher um entre tantos rapazes?? kkk
    Abçs Samuel!

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Sou apaixonada com a Kiera e com toda trama de A Seleção. Maxon, Aspen e America estarão sempre em minha vida. Quando fiquei sabendo que haveria mais livros relacionados A Seleção fiquei louca. A Herdeira é a capa mais bonita para mim. Tenho que dizer que sempre imaginei a filha da Meri , ruiva, igual a ela. No começo a Eadlyn é insuportável, muito chatinha (quem diria que Meri e Maxon teria uma filha assim?!!) . Mas ao longo da história ela vai melhorando, e você percebe que ela se preocupa mesmo com o Reino e sua família.Adorei os outros filhos do Maxon e America. Foi um livro que li super rápido e que o final me destruiu (Que final foi aquele </3). Estou ansiosa pelos próximos livros, e tomara que novamente Kiera não me decepcione.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi, Samuel! Não li a série, e, apesar de não ser prioridade, ainda quero conhecer toda a história, pois sempre leio comentários positivos e acabo ficando super curiosa.
    Confesso que não tenho muita paciência com personagens mimadas, mas me agradou saber que a protagonista apresentou, ao longo da trama, um amadurecimento e que assim continue, né?

    ResponderExcluir
  5. como sou muuuuuuuuuuuuuuuuuito esperta ja comprei esse livro sem nem ter comprado a escolha :/ vida de leitora que ve livro em promoção! espero gostar, pois a seleção como um todo é uma série em que aposto muito!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ganhei esse livro na cortesia do skoob e ainda não li. E para falar a verdade não estou muito animada; já que os outros livros da série eu não curti muito. Mas pretendo dar uma chance em breve e espero não me decepcionar.

    ResponderExcluir
  7. Me diz: Quem não é fã dessa mulher??!!
    Aaaaai senhor kkkk

    Beijos ♥
    www.naoleia.com

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Também tive muito receio ao começar a ler a herdeira, sou fã da serie e fiquei com sem saber o que poderíamos encontrar na seleção da Eadlyn e gostei como a Kiera trabalhou com essa personagens acho que todos os fã tiveram essa relação de não gostar da Eadlyn no começo mas adorei como a Kiera foi nos mostrado lados diferentes dela e o final me deixou muito ansiosa para o próximo !!

    ResponderExcluir
  9. Samuel!
    Parabéns por tão jovem já ser um leitor voraz!
    Realmente a série A Seleção é bem vista por todos que a leem, não consigui ainda ler nenhum dos livros, embora tenha 2 deles aqui, mas me propus a ler séries quando estiver com todos os livros, então, não li ainda.
    Muito boa sua análise, parabéns!
    “A vida é muito importante para ser levada a sério.”(Oscar Wilde)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  10. Não cheguei a ler A Seleção, pois por algum motivo nunca consegui me interessar muito pelo universo criado por Kiera, apesar dos inúmeros elogios.
    A Herdeira é um livro que trouxe uma divisão de opiniões, pois muitos adoraram, e outros não gostaram tanto assim. Creio que em parte, isto se deva a Eadlyn, que é descrita como uma personagem pela qual dificilmente caímos de amores no começo - no meu caso, sei que ela me irritaria muito.
    A única coisa que posso dizer que todos concordam é que como sempre, a capa deste livro é linda.
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Mesmo achando interessante essa passagem de tempo e a mudança de protagonista, continuou não me interessando por essa série, não tenho nada contra ela pois seria impossível opinar sobre algo que não li, mas as sinopses de seus livros continuam não me empolgado para que eu decida ler. Mas que bom que a autora não te decepcionou, e espero que ela continue assim para sua felicidade de leitor.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho e li a trilogia - e os contos - (que não é mais trilogia) e gostei, mas não é a minha saga preferida.
    Eu achei a America inúmeras vezes uma chatonilda.
    E não quero mais ler nada sobre Illéa. Pra mim o ciclo fechou!
    Eu não quero "ver" America e Maxon mais velhos... não quero pensar que eles podem morrer ou sei lá o que...
    Mas eu curti a resenha, apesar do enredo permanecer semelhante!

    ResponderExcluir
  13. Samuel, confesso que não li a resenha por conta de me precaver caso surgisse algum spoiler. Bom, desde o lançamento de A Seleção estou ansioso para ler a saga. Esperei lança A Elite para começar as leituras, mas já está no lançamento de A Herdeira e ainda nem toquei nessa série de livros. Ainda tenho a mesma ansiedade pela leitura do livro, desde o começo. Pretendo ler logo, e gostar assim como você.

    ResponderExcluir
  14. Eu também li a trilogia de "A Seleção" e gostei bastante. Então, quando vi que iria rolar esses outros livros, também fiquei bem apreensivo. Que bom que a Kiera continuou com o ótimo nível. Só o que me desagradaria seria essa protagonista chatinha, mas foi legal ver que ela vai amadurecendo.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir