acompanhe o blog
nas redes sociais

3.8.15

Ligeiramente Casados, Vol. 1 - Série Os Bedwyns [Mary Balogh]

Série-Bedwyns-Mary-Balogh
Ed. Arqueiro, 2014 - 288 páginas:
      À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse. Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum. Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele – o que acontecerá em quatro dias. Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. 

Onde comprar:


Ligeiramente Casados é o primeiro livro da série Os Bedwyns, uma família composta por três irmãos e três irmãs, nobres aristocráticos e esnobes que pertencem a alta sociedade inglesa do século XIX, filhos de um duque já falecido. Este primeiro livro conta a história do coronel lorde Aidan Bedwyn, alto, forte, moreno, com o nariz aquilino e feições que parecem ter sido esculpidas em granito, severo e temido por muitos.

Aidan sempre foi um homem digno e de palavra, depois de um confronto, ele sempre percorria o campo de batalha para identificar os mortos de seu próprio batalhão e oferecer conforto aos feridos. Numa dessas batalhas, ao socorrer o capitão Morris, que estava gravemente ferido, a beira da morte, Aidan prometeu ao moribundo, proteger sua irmã, Custe o que custar!

"Prometa que irá protegê-la, Prometa! Custe o que custar!"

Levado pelo seu alto senso de honradez, Aidan imediatamente dirigiu-se ao Solar Ringwood, e colocou-se a disposição da Srta. Eve Morris, atual proprietária do lugar. Eve dispensa qualquer ajuda do Coronel, dizendo-se capaz de resolver sozinha seus problemas.

Acontece que Eve logo descobre que o solar não é realmente seu, com a morte do irmão, o herdeiro de sua propriedade será seu primo, a menos que Eve esteja casada. Um casamento por conveniência não estava nos seus planos, mas ela precisava salvar o Solar, pois lá viviam também vários amigos e empregados que dependiam daquele lugar para viver. Talvez Eve precisasse sim, da ajuda do coronel lorde Aidan Bedwyn.

Para Aidan, filho de um duque, o casamento com a filha de um mineiro de carvão não estava absolutamente em seus planos, mas ele pretendia cumprir sua promessa sem que sua família, principalmente seu irmão mais velho, o Duque de Bewcastle, descobrisse, pois ele ficaria horrorizado caso algum dia ouvisse falar dela. Seria um casamento rápido, e, após a cerimonia, cada um voltaria a sua vida e nunca mais se falariam.

Romances históricos não fogem muito de um padrão de história clichê, o que os diferencia é a habilidade da autora ao contar sua história, como as coisas acontecem e se desenrolam. Eu particularmente aprovei a escrita da Mary Balogh e pretendo continuar a série. Gostei do modo que desenvolveu os conflitos do capitão, decidido em fazer o que julgava moralmente certo, mesmo que isso fosse destruir seus sonhos futuros. E Eve já é uma mulher, que além de cuidar sozinha de si mesma, tem um coração bondoso, ajuda a todos necessitados de sua comunidade. Os dois são personagens empáticos, o que torna a leitura prazerosa.

"Ele presumiu que a esposa incluía no termo "família" as crianças órfãs, a tia e provavelmente também a preceptora e seu filho, e quase com certeza ainda a governanta feroz, o rapaz com problemas mentais e todos os outros estranhos criados das quais ela se cercara. Aidan não se espantaria em saber que ela também mandava cumprimentos acalorados ao vira-lata."

Recomendo para quem gosta do gênero, tenho certeza que irão se divertir com a leitura!

Cortesia da Editora Arqueiro

Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

18 comentários em "Ligeiramente Casados, Vol. 1 - Série Os Bedwyns [Mary Balogh]"

  1. Gisela!
    Amo os romances históricos e quanto mais clichê, melhor.
    Estou com esse livro aqui para leitura e espero fazê-la em breve.
    Boa semaninha!!
    “A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre.”(Oscar Wilde)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  2. cara Gi, fiquei aqui rindo do "... ela também mandava cumprimentos acalorados ao vira-lata."
    o que você falou é bem verdade, a arte de se contar bem uma história, que já foi recontada inúmeras vezes, é pra poucos. e quando a gente encontra alguém com tal habilidade acabamos por simpatizar né? de certa forma fiquei interessado, gosto muito de romances históricos, vou deixar a saga anotadinha aqui. :D

    ResponderExcluir
  3. Oi Gisela,
    A sinopse me interessou bastante, mas não costumo ler romances de época.
    Lendo sua resenha vi que esse não é o tipo de livro que eu teria prioridade em ler, mas que pode sim entrar na minha lista de compras. Adorei saber que é uma leitura prazerosa, isso ganha bastante pontinhos!
    Bjjs

    ResponderExcluir
  4. Quero muito começar a ler a série Os Bedwyns.
    Estou super ansiosa para começar a ler romance de época e depois dessa resenha ótima sobre o livro fiquei curiosa para começar a ler, adoro romances clichês, e pretendo começar a ler a série.

    ResponderExcluir
  5. Ouço muitos elogios a essa série, mas não sinto vontade de ler. Não curto romances históricos e ultimamente esse gênero não tem me atraído.

    ResponderExcluir
  6. Confesso que não conhecia este livro e apesar de não gosta muito deste gênero achei interessante, as vezes é bom um pouquinho de clichê..

    ResponderExcluir
  7. pode surtar agora ou daqui a pouco?
    sou apaixonada por estes romances de época e ja faz um tempo que acompanho o trabalho da Mary no face, com as multiplas divulgações! Estou conhecendo uma nova forma de escrever romance de época que esta me encantando! Mary tem um jeito especial de escrever
    ja apaixonada
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Gisela! Parece uma história bem gostosa de se ler. Romances de época trazem um clima diferente, uma delicadeza e eu gosto bastante. Já li comentários super positivos sobre a série e sua resenha confirmou ainda mais a qualidade da obra.

    ResponderExcluir
  9. Oi Gisele, também gostei muito deste livro e dos personagens, e espero que a série continue tão gostosa como foi a leitura deste livro.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. Faz um tempo que estou querendo ler o um livro desse gênero e só estou adiando, acho que já deu a hora! kkk Quem sabe não começo por essa série? A resenha me deixou bem curiosa.. ainda mais porque do jeito que você descreveu a história me parece um pouco mais real, e não tão artificial!

    ResponderExcluir
  11. Tá na moda romances de época que contam a história de uma família (irmãos), né?
    Eu gosto deste tipo de livro e me interessei por este logo que vi o lançamento, mas confesso que estou um pouco cansada de tantos livros que não acabam neles mesmo, hehehe... chega um pouco de séries e trilogia e etc...
    A trama parece muito boa!! Eve é uma guerreira e não tem nada de mocinha melindrosa. Aidan é como um príncipe *-* que veio para salvá-la... apesar de ser clichê, eu gosto *-*, pena que não é livro único, que bem se eu não quiser saber dos outros irmãos, né? hehehe

    ResponderExcluir
  12. Eu simplesmente adoro livros de romance de época, apesar que as minhas leituras sempre são de livros de banca. Mas este livro com certeza entrará na minha lista de desejos.

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Gosto muito de romances de época e esse livro me interessou muito, gostei bastante dos personagens e como a autora vai construindo a historia, também gostei dessa proposta de serie em que cada livro conhecemos um irmão diferente !!!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Gisela!
    Sei que estou atrasada mas não poderia deixar de comentar: amei a nova aparência do blog, ficou lindo!!
    Quanto ao livro, amo romance de época, mas devo confessar que a cada três livros dessa série acabei me interessado apenas por um, e esse foi um dos que não me interessei, e olha que gosto do tema casamento de conveniência abordado na história. Talvez se eu ler os livros que me interessei eu fique curiosa pra ler os outros livros dessa série, quem sabe...
    Bjos!

    ResponderExcluir
  15. Adoro romances de época e este parece que vai me conquistar. Estou achando bem curioso essa nova onda de séries de romances de época em que cada livro conta a história de um membro da família.
    Os personagens parecem carismáticos e sua resenha me deixou muito curiosa para começar essa série. Espero que ela me encante como outras do gênero, apesar de não fazer bem para o bolso xD
    Abraços

    ResponderExcluir
  16. Olá Gisela. Assim como os romances de época, a série Os Bedwyns não me interessa em nenhum quesito, tenho um enorme preconceito literário com este gênero literário. Mas achei sua resenha ótima, e ainda darei uma chance para esse gênero tão arrebatador entre as blogueiras.

    ResponderExcluir
  17. Realmente, Gisela! Vemos muitos romances de época por aí, e podemos até sair vendo semelhanças entre eles, mas o que faz com que se diferencie é a narrativa da autora. Legal que a da Mary Balogh foi aprovada. Pretendo ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  18. Oie
    Eu adoro romances de época então essa é uma série que eu quero muito começar a ler.E todas as histórias são bem clichês mesmo mas o toque que cada autora dá é a cereja do bolo.Pelo visto os dois personagens são muito bons ,espero me ver envolvida na história.E essa capa está linda.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir