acompanhe o blog
nas redes sociais

3.10.16

O Ano Em Que Te Conheci [Cecelia Ahern]

Cecelia Ahern
Ed. Novo Conceito, 2016 - 336 páginas:
      Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt. Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato. Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt. Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda. Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e estão em uma encruzilhada. Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer.

Onde comprar:


Uma grande amizade pode ser encontrada nos lugares mais inesperados

Jasmine é uma dessas mulheres de star it ups acostumadas a criar empresas e depois da ideia crescer vende-las, ela fez isso durante toda sua vida, contudo chegou um momento em que Jasmine havia criado a Fábrica de Ideias com Larry e depois de 3 anos, ela queria porque queria vender, mais Larry não tinha intenção nenhuma de fazer isso, por isso mandou ela embora, deixando-a de licença por um ano para não correr o risco dela ir para empresa concorrente e criar uma ideia ainda melhor como sempre fez.

Jasmine perdeu a mãe muito cedo para o câncer. Após essa perda ela criou uma obsessão de mãe em cima de sua irmã mais velha Heatler, portadora de síndrome de down. Jasmine acreditava que tinha obrigação de proteger Heather de tudo e de todos. Mais o problema dela mesmo era o Matt, o vizinho de frente que há muito tempo atrás havia feito uns comentários idiotas sobre pessoas com down na rádio que ele trabalhava e que ela costumava ouvir até aquele dia. Quando ela descobriu que Matt era seu vizinho, começou a prestar atenção em todos os detalhes, pois com a licença, estava desempregada, ficando em casa.

Matt tinha o costume de chegar de madrugada com o som alto ouvindo Paradise do Guns n' Roses e ficava gritando do lado de fora, bêbado, fazendo escândalo, até sua esposa Amy acudi-lo com toda calma. Jasmine vivia achando que uma hora sua esposa cansaria e iria deixa-lo. E foi bem isso que aconteceu...... Com o passar dos dias os dois foram se aproximando, e o Matt acabou deixando a chave da sua casa com ela para que pudesse ajudá-lo a entrar em casa quando chegasse bêbedo e também deixou com ela a missão de entregar uma carta a Amy. Por essa Jasmine não esperava e muito menos que isso renderia uma amizade tão peculiar.

Identifiquei-me com ela, em sua mania de dizer o que vem em mente sempre, com o fato de ter sido demitida, sim não está fácil pra ninguém rsrs... mais principalmente com as mudanças que vão ocorrer tanto pra ela quanto para Matt. Jasmine me abriu os olhos para pontos meus que eu preciso trabalhar. Fora que ela é mega engraçada com suas paranoias e loucuras, tornando a leitura bastante divertida.

 Cortesia da Editora Novo Conceito
Luana Miranda Rodrigues
Analista de Sistemas, "Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história". Bill Gates tem toda razão.
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

20 comentários em "O Ano Em Que Te Conheci [Cecelia Ahern]"

  1. Esse livro parece ser legal. Não tem uma premissa que chame tanto a atenção, mas mesmo assim me deixou um tantinho curiosa. E eu adorei a capa, o que já me deixou com vontade de ler. Vou colocar na lista de desejados, quem sabe logo logo eu leia.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  2. em questão de enredo não é o melhor para mim da Cecelia, mas a mensagem subliminar é sempre espetacular
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Esse livro parece ótimo. A autora é super bem aclamada e eu tenho um exemplar de ps eu te amo na minha estante, não vejo a hora de ler algo dela. Pelo jeito, ela gosta de histórias mais dramáticas e do cotidiano, e essa história não sai dessa linha. Está na minha lista de desejados.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oii Luana! Sua resenha me emocionou dmais! Eu qria tanto ler...Espero conseguir o qto antes...Teno ctz q será uma leitura agradável!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oiiii gente estou muito ansiosa para ler esse livro.
    A capa é linda e amo os livros da Cecilia.
    Li quase todos e são maravilhosos.

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Nunca li nada da autora, portanto não conheço seu estilo de escrita. A premissa não me chamou muito a atenção, mas daria uma chance a leitura, se surgir uma oportunidade. Acho a capa muito bonita! Sua resenha está muito bem explicada. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Luana!
    Os livros da autora sempre nos põem a refletir sobre nossas atitudes na vida.
    Quero muito ler mais esse e acompanhar todo o drama da trama.
    “A sabedoria consiste em ordenar bem a nossa própria alma”. (Platão)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de OUTUBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  8. Gosto desta autora,este eu não posso deixar de ler, pois ele tem um tema mesmo que indiretamente sobre portadora de síndrome de down, acho super interessante, pois é a realidade de muitos, mas é pouco divulgado.

    ResponderExcluir
  9. Olá, Luana.
    A premissa do livro é bem interessante e acho que iria curtir. A amizade que irá surgir parece ser realmente bem incomum e parece envolver o leitor.
    Ademais, tenho curiosidade sobre a escrita da autora.
    Pretendo ler em breve.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de outro. Serão dois vencedores, dividindo 5 livros.

    ResponderExcluir
  10. Olá. Eu fiquei bem decepcionada ao saber que o livro não se trata de um romance, mas se tratando da autora, é melhor esperar de tudo já que ela tem uma genialidade perfeita ao escrever seus livros.
    Abraço!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  11. Oi.
    Eu amei a premissa do livro, sinceramente fiquei bem curiosa para conferir, o fato que o mocinho é um bêbado me entristeceu um pouco, mas acho que faz parte e tenho certeza que a autora irá me surpreender nesse quesito, enfim muito curiosa.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  12. É da Cecelia Ahern,já bate uma curiosidade em ler.Já tenho alguns dela na minha lista de leitura,são premissas fofas.
    Gostei da personagem dizer o que vem a mente com um toque divertido das paranoias e loucuras!

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bom?
    Eu ainda não li nenhum livro da autora, mas estou super curiosa, esse livro parece ser muito bom, e pelo visto divertido, confesso que eu curto protagonistas bem doidas e paranoicas com certas coisas hahaha, espero ter a oportunidade de ler o livro.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  14. Não li muitos livros da autora, mas os que li acabaram me encantando. Seja pela história ou pela escrita da autora. Fiquei bem curiosa com esse livro, porque é uma amizade bem estranha, visto o quanto um não gosta do outro. Espero poder ler em breve.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura || Participe do top comentarista e concorra por um livro a sua escolha.

    ResponderExcluir
  15. Ainda não li nenhum livro da Cecelia Ahern e sinceramente, não me interessei pela trama de O Ano Em Que Te Conheci, não fiquei curiosa para conhecer a história de Jasmine e Matt... portanto, esse é um livro que eu não leria.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  16. Oi, Luana! Já li O Livro do Amanhã e P.S. Eu te Amo da Cecelia e gostei bastante dos dois, a escrita dela é muito boa. A premissa desse não me chama tanta atenção, mas sendo escrito por quem é, eu daria uma chance sim. Achei que aconteceria um romance entre os dois, mas não gostei muito da personalidade do Matt não... Acho que o ponto que mais me interessaria seria a irmã da Jasmine, já que li um livro envolvendo Síndrome de Down e gostei bastante.

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Ainda não li nenhum livro da autora, mas vejo as pessoas falarem muito bem dos seus livros, gostei da historia e achei interessante a autora falar sobre a síndrome de down, fiquei curiosa para saber mais sobre a historia da Jasmine e principalmente do Matt pois parecem ser historias profundas e que acaba surpreendendo !!

    ResponderExcluir
  18. Cecelia já foi uma das minhas autoras preferidas, mas andei me decepcionando um pouco com as suas histórias... comecei a ler esse livro, mas acabei pegando outros pra ler e ele ficou de lado. Pretendo retomar a leitura, mas pelo visto não vou me apegar muito ao livro. Pela resenha, a história não tem pontos que me chamem a atenção e os personagens não me cativaram.

    ResponderExcluir
  19. Cecelia já foi uma das minhas autoras preferidas, mas andei me decepcionando um pouco com as suas histórias... comecei a ler esse livro, mas acabei pegando outros pra ler e ele ficou de lado. Pretendo retomar a leitura, mas pelo visto não vou me apegar muito ao livro. Pela resenha, a história não tem pontos que me chamem a atenção e os personagens não me cativaram.

    ResponderExcluir
  20. Ah Cecelia sempre consegue nos ganhar com suas histórias. Estou louca por este livro. Gostei da amizade entre os protagonista, uma amizade improvável, mas que se tornou essencial para os dois. Gostei também dos personagens secundários. Enfim, a trama parece ser muito boa. Amei a resenha e a dica. Quero conferir em breve.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir