acompanhe o blog
nas redes sociais

9.11.16

Guerra do Velho [John Scalzi]

John Scalzi
Ed. Aleph, 2016 - 368 páginas:
      A humanidade finalmente chegou à era das viagens interestelares. A má notícia é que há poucos planetas habitáveis disponíveis – e muitos alienígenas lutando por eles. Para proteger a Terra e também conquistar novos territórios, a raça humana conta com tecnologias inovadoras e com a habilidade e a disposição das FCD - Forças Coloniais de Defesa. Mas, para se alistar, é necessário ter mais de 75 anos. John Perry vai aceitar esse desafio, e ele tem apenas uma vaga ideia do que pode esperar.


Onde comprar:



Ainda quando a Aleph anunciou os lançamentos de 2016 no ano passado, Guerra do Velho foi um dos livros que mais me interessei. Não me recordo de algum outro livro que abordasse aspectos do envelhecimento da mesma forma que este aborda: como somente uma passagem para algo mais, algo além, uma possibilidade.

Guerra do Velho é uma ficção científica que traz uma guerra espacial futurística como tema. A Terra finalmente começou sua exploração pelo espaço e os responsáveis pela defesa dos seres humanos no universo são as chamadas Forças Coloniais de Defesa. Porém, tais ‘Forças’ são um grande mistério para a humanidade que ainda habita a Terra, pois os recrutas somente são escolhidos após os 75 anos de idade. Sabe-se que ao serem selecionados, suas doenças são curadas e seus problemas físicos que vêm com a velhice totalmente restaurados, mas ninguém sabe como – somente os que estão em serviço. E aqueles que estão em serviço nunca mais voltaram à Terra, pois saber que não há retorno é uma das condições para o alistamento.

John Perry foi um homem muito feliz. Publicitário de carreira, com um ótimo casamento e família. John e sua esposa decidem se alistar nas FCD como uma oportunidade de ir além, saírem da Terra juntos. Porém, sua esposa falece antes dos 75 anos, deixando-o na escolha de ir ou não – e John decide ir. A partir daí é que o livro desenvolve seu plot principal: desde o dia do seu aniversário de 75 anos, a ida para o espaço e seu serviço como soldado nas FCD.

“No meu aniversário de 75 anos fiz duas coisas: visitei o túmulo da minha esposa, depois entrei para o exército”. (Pág. 13)

Guerra do Velho foi o livro que eu precisava. Não achei a narrativa carregada e não há a presença muito forte de linguagem própria, como classicamente são as ficções científicas. Pelo contrário, é um livro até leve, exemplar para um bom entretenimento. Fazia muito tempo na qual eu não lia algo que me fizesse passar avidamente as páginas para saber o que vinha em seguida. É cheio de surpresas, com elementos de ficção científica bem marcados, mas de fácil compreensão. A edição brasileira mais uma vez está maravilhosa nas mãos da Editora Aleph.

Estou muito curiosa a respeito do segundo volume, que tem o nome de The Ghost Brigades, ainda sem tradução pelo que vi, mas que também será publicado pela Aleph. O canal americano Syfy já tem os direitos autorais para uma adaptação, que virá sob forma de seriado sem data de previsão. O nome provavelmente será também The Ghost Brigades. Só resta esperar para saber as novidades acerca da saga: o próximo volume e se a adaptação será boa como a minha expectativa.

 Cortesia da Editora Aleph
Pâmela Fardim
20 anos e Estudante de Psicologia. Bookaholic, apaixonada por músicas lindas. Maratonista de seriados de carteirinha, companion perdida do doctor e seguidora de Sherlock Holmes, Patrick Jane e Cal Lightman. Pensa em um dia conhecer o Reino Unido e é fã de uns caras conspiradores que tocam em uma banda chamada Muse.
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

18 comentários em "Guerra do Velho [John Scalzi]"

  1. Não gostei muito da sinopse!
    E essa capa não é muito convidativa!
    Achei legal a história, mas acho que não leria!
    Não faz meu tipo!
    Bjossssss <3

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Gostei da resenha, mas não posso dizer o mesmo da premissa.
    Esse tipo de narrativa não me agrada não, o contexto do livro é bem interessante mas não despertou minha curiosidade não.
    Fiquei feliz que gosto da lleitura, também adoro essa sensação de desespero para saber o que vem pela frente.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da premissa; fiquei super curiosa para saber o que acontece onde você se alista e achei legal também a idade escolhida para o alistamento, o título fez jus ao livro. Amei sua resenha, é um livro que desejo ler. Gostei também de saber que teremos uma série dele.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    Não conhecia o livro ainda, não sou muito de ler ficção cientifica, mas fiquei curiosa, pois o porque só podem ser alistar pessoas de 75 anos? Nossa já me fiz tanta pergunta antes de começar a ler hahaha, parece ser uma leitura que flui e que você não quer largar até terminar, espero conseguir ler.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  5. Não gostei muito.
    Esse tipo de narrativa não me agrada não, o contexto do livro é bem interessante mas não despertou minha curiosidade não.
    Fiquei feliz que gosto da leitura, também adoro essa sensação de desespero para saber o que vem pela frente.
    Não leria!

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Fiquei super curiosa para saber o que acontece onde você se alista e achei legal também a idade escolhida para o alistamento, o título fez jus ao livro.
    Amei sua resenha, é um livro que desejo ler.
    Gostei também de saber que teremos uma série dele.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Eu já tinha lido uma outra resenha desse livro, mas a sua me deu uma perspectiva totalmente nova. Não sabia que se tratava de uma guerra onde as pessoas idosas acabavam sendo curadas de todos os problemas de saúde e tudo o mais. Já achava a capa interessante, agora o enredo hahaha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá! Gostei bastante da resenha, já conhecia há um tempinho...Tenho mta vontade d ler, o enredo é bem bacana...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Oi!!
    Já tinha lido algumas resenhas sobre esse livro e sempre fiquei curiosa sobre ele!! Gostei muito da sua resenha e espero ler algum dia.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  10. Não é um livro que chamaria minha atenção em uma biblioteca.É bom ler sua resenha justamente por isso,conhecer algo que não é meu habitual.
    Recrutados após os 75 anos,diferente,curioso o que acontece com eles.

    ResponderExcluir
  11. Pamella!
    Sou uma daquelas leitoras apaixonadas por uma boa ficção e fiquei de queixo caído ao ver um enredo original e de simples entendimento.
    Gostaria de ler.
    Desejo um ótimo final de semana e um bom feriado!
    “Não há nada que faça um homem suspeitar tanto como o fato de saber pouco.” (Francis Bacon)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  12. Oi,Pâmela! Às vezes meu desinteresse por ficção científica é justamente devido a linguagem, que pra mim torna a leitura arrastada. Então tem que ser algo que me prenda mesmo. Guerra do velho já tem esse ponto positivo da linguagem ser compreensível. rs

    ResponderExcluir
  13. Esse tá na minha fila já faz um bom tempo. Agora fiquei mais animado ainda para ler. Boa resenha, Pâmela!

    ResponderExcluir
  14. Oi Pâmela,
    Faz anos que não me aventuro nesse gênero e confesso que me surpreendi com esse livro, não sabia o que era tudo isso. Achei essa trama bem original, um protagonista idoso que vai pra guerra? É pra deixar qualquer leitor intrigado mesmo. É uma ótima dica para voltar a ler um livro de ficção científica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais curiosa em conferi essa história, curto muito uma ficção científica.

    ResponderExcluir
  16. Olá, Pâmela.
    Guerra do Velho realmente é um livro com uma linguagem mais leve, principalmente se comparado com os clássicos da ficção científica. Isso faz com que o enredo, mesmo complexo, se torne mais acessível.
    Guerra do Velho foi um livro simplesmente genial. Li esse ano e amei.
    Da mesma forma que você, estou ansioso pela continuação.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de novembro. Serão dois vencedores, dividindo 3 livros.

    ResponderExcluir
  17. Não leio muitos livros de ficção cientifica, mas fiquei muito interessada na historia deste livro. Achei diferente como o envelhecimento é tratado na historia e é muito interessante este "recrutamento" de idosos. Fiquei curiosa sobre os métodos usados para as curas físicas.

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Quando vi esse livro pensei que fosse um livro único, mas gostei dessa historia, parece ser um livro muito bem escrita, o que me deixou curiosa para conhecer a escrita do autor, original e que o autor consegue criar um universo novo e bem interessante, mesmo não sendo um tema que leio muito, se tiver oportunidade quero ler esse livro !!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

siga no instagram @lerparadivertir