acompanhe o blog
nas redes sociais

6.6.17

The Heart of Betrayal, Vol.02 - Crônicas de Amor e Ódio [Mary E. Pearson]

Crônicas de Amor e Ódio Mary E. Pearson
Ed. Darkside, 2017 - 400 páginas
Lia e Rafe estão presos no reino barbárico de Venda e têm poucas chances de escapar. Desesperado para salvar a vida da princesa, Kaden revelou ao Vendan Komizar que Lia tem um dom poderoso, fazendo crescer o interesse do Komizar por ela. Enquanto isso, as linhas de amor e ódio vão se definindo. Todos mentiram. Rafe, Kaden e Lia esconderam segredos, mas a bondade ainda habita o coração até dos personagens mais sombrios. E os Vendans, que Lia sempre pensou serem selvagens, desconstroem os preconceitos da princesa, que agora cria uma aliança inesperada com eles. Lutando com sua alta educação, seu dom e sua percepção sobre si mesma, Lia precisa fazer escolhas poderosas que vão afetar profundamente sua família... e seu próprio destino.

Onde comprar:

Prisioneiros também amam

Após a eufórica leitura do primeiro livro das Crônicas de Amor e Ódio – “The kiss of deception” – tornou-se impossível largar a trilogia. Acabamento e edição ímpares, trabalho apurado e escolha perfeita são parte do atrativo da editora Darkside. E aqui nos encontramos para falar um pouco sobre o segundo livro da saga – The heart of betrayal (Darkside, 400 páginas) da talentosíssima Mary E.Pearson.

Não há mais jogos de sedução, as cartas estão todas na mesa. O triângulo amoroso continua quente, porém agora todos sabem que o calor destas paixões está alicerçado em mentiras. Todos escondem segredos. Lia, Primeira Filha da Casa de Morrighan depende unicamente de suas escolhas e contará com Kaden e Rafe para protegê-la, cada um a sua maneira, porque agora eles se encontram no Reino de Venda, um lugar escuro, selvagem e incompreensível onde a princesa é mantida prisioneira e o qual aprendeu a odiar e temer.

O frio de Venda e seus fantasmas sussurram nos ouvidos de Lia frases e lendas que vão se tornando reais. Seria este seu “dom”?

O vento, o tempo, ele circula, repete, alguns golpes de ceifeira cortando mais a fundo do que outros.

Não bastasse o inconveniente de estar enclausurada, Lia chama a atenção do Komizar (posto mais alto da hierarquia vendana, imperador que lidera seu povo), por meio de sua coragem e respostas impetuosas de sua língua sempre afiada. Em Venda não se faz prisioneiros e Lia acredita estar com a cabeça a prêmio. Será difícil mantê-la no pescoço.

“O Komizar não enforca as pessoas. Ele as decapita.”
“Ah, que bom! Que alívio! Obrigada por esclarecer as coisas para mim.”

O grande Komizar nunca diz seu nome, ele é apenas Komizar. Caberá a Lia descobrir seu antigo nome, pois quando nomeamos uma pessoa ela passa a existir, ganha uma história, um corpo, peso, emoções dentro da gente. Deixa de ser um mito temido e passa a ser contabilizada em nossa conta como um ser humano propenso a sentimentos, erros e acertos.

Se o Komizar é o primeiro na hierarquia, o Assassino é o segundo. É ele quem protege o Komizar, que executa suas ordens sem questioná-las. Eles têm uma ligação profunda e respeitosa que poderá ser abalada pela chegada de Lia. O Assassino é temido e por onde passa o clima torna-se tenso, pesado, com a sensação de que poderia ser cortado com faca.

“Onde está o Komizar?”, perguntou... em vendano, não falando com ninguém em particular, sua voz mal cortando o ruído da comoção. Um dos governadores virou-se, depois foi a vez de mais um fazer o mesmo. O aposento ficou repentinamente quieto. “O Assassino está aqui”, disse uma voz anônima em algum lugar na outra extremidade.

O enredo desta vez é um pouco mais lento, praticamente até seu final. É mais cerebral com doses extras de psicologia, já que cada pensamento das personagens é dolorosamente exposto em primeira pessoa e isso tem um sabor especial para nós leitores.

Os diálogos continuam sendo o que de melhor Pearson tem para nos proporcionar, porém a qualidade do discurso indireto sobe um pouco de patamar. Isso nos chama a atenção em diversos momentos.

Houve algumas coisas que não falei para ele. Os planos de Rafe eram feitos de metal e carne, chão e punhos cerrados, todas as coisas sólidas. Os meus eram de coisas não vistas, febre e calafrio, sangue e justiça, as coisas que se contraíam nas minhas entranhas.


O romantismo do herói continua lá e isso também faz desta saga calcada em disputas pelo poder um atrativo mais que bem vindo.

Eu não soquei a parede depois que ele foi embora. Eu me forcei a me levantar do chão onde ele havia me deixado, sentindo o gosto do sangue que formava uma poça na minha boca, e tentei lembrar-me de que Lia não havia pedido por nada disso. Lembrei a mim mesmo a expressão nos olhos dela logo que ela me viu antes de cruzarmos a ponte, o olhar contemplativo que me dilacerou do corpo até a alma, aquele que dizia que nós éramos tudo que importava, e prometi a mim mesmo, enquanto cuspia sangue no chão, que um dia eu veria aquela expressão nos olhos dela outra vez.

O empoderamento feminino proveniente do primeiro livro também não tem seu seguimento interrompido, é a tônica principal deste romance e provavelmente desta saga. A transformação em fogo lento de Lia, na visão de um de seus pretendentes nos dá uma visão frontal do alcance desta obra.

Uma outra coisa também me corroía, algo que eu tinha visto nos olhos dela, em seus movimentos, no inclinar de seu queixo, algo que eu havia escutado na dureza de sua voz quando estávamos na cela. Aquela era uma Lia que eu desconhecia, uma mulher que falava de facas e morte. Exatamente pelo que esses animais a haviam feito passar?

The Heart of Betrayal

Há algo sigiloso e de dimensões espantosas crescendo em Venda. É possível notar isso no ar, no olhar faminto dos súditos. Lia é muito mais que um peão neste tabuleiro. Terá pela frente escolhas difíceis, algumas vezes feitas com o intelecto, outras, na maioria delas, veementemente com o coração. É dela o poder de salvar os clãs de Venda ou manter o poder nas mãos do Komizar e seus governadores.

... Ela era uma estratégia nova, estratégia esta que chamava a atenção deles, um ataque para encorajar a mesma massa de pessoas de quem os governadores teriam que espremer sangue para que fosse dado apenas mais um pouco. Se os clãs estivessem apaziguados, os governadores também o ficariam, e veriam os alvos em suas costas diminuindo.

Assim como a neve, suas escolhas sempre terão dois lados, um destacado pela beleza, pela vontade de fazer o bem, e outro pela possiblidade ardente de ferir àqueles a quem tanto ama.

... o vento estava uivando, e a neve que caía fracamente havia dado lugar a uma nevasca potente que se lançava contra o meu rosto. Era, mais uma vez, exatamente como tia Bernette o havia descrito, o cruel lado ardente da neve. Beijei dois dedos e ergui-os aos céus pela minha tia, pelos meus irmãos e até mesmo pelos meus pais. Para mim, não era mais tão fácil acreditar que a neve poderia ter lados tão diferentes. Tantas coisas tinham lados tão diferentes. Puxei meu manto mais para junto de mim enquanto ele tentava se soltar. O inverno vinha marchando com uma vingança. Não havia memórias sagradas na parede esta noite.

Sim... este é um livro arrastado e com poucas aventuras, feito de alianças, pactos e jogos de poder. Um ótimo preâmbulo para o que vem pela frente. Seu final, pelo contrário, é vertiginoso, tocante, de cortar o coração. Quero o último livro já, porque este me deixou dilacerado. Também quero vingança!

Clique na capa para ler a resenha do livro anterior:



Rodolfo Luiz Euflauzino
Ciumento por natureza, descobri-me por amor aos livros, então os tenho em alta conta. Revelam aquilo que está soterrado em meu subconsciente e por isso o escorpiano em mim vive em constante penitência, sem jamais se dar por vencido. Culpa dos livros!
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

54 comentários em "The Heart of Betrayal, Vol.02 - Crônicas de Amor e Ódio [Mary E. Pearson]"

  1. Que livro maravilhoso e a história deve ser com toda certeza melhor que a capa, entrou para minha wishlist.

    Grande abraço,
    Victor N Souza
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  2. caro Victor, a capa (dura) já é sensacional, aliás a edição está muito caprichada. vou iniciar o terceiro e último livro da série e confesso que estou salivando. pode colocar esta saga entre suas primeiras leituras, não irá se decepcionar.

    ResponderExcluir
  3. Oi Rodolfo!!!
    Quanta coisa acontece nesse livro hein, ainda namorando o primeiro livro e ler logo, mas o que eu tenho um pouco de receio é gostar do primeiro e não gostar dos outros já que esse segundo não tenha sido bem tão bom, vou esperar sua resenha do terceiro livro e saber de mais.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Marilia, não te conto menina, é muita aventura. não é que não tenha gostado, gostei bastante, só que o primeiro por apresentar inúmeras personagens e suas desventuras ficou mais contundente. este foi um livro mais psicológico, mas seu final vira um cavalo sem freios, maravilhoso para a abertura do terceiro. se eu fosse você embarcaria no primeiro, rs.

      Excluir
  4. Oi Rodolfo, então sim, concordo contigo que esse livro perde um pouco de ritmo e consequentemente se torne um pouco arrastado, o que nos faz querer ação, querer solução, correria rsr e a falta disso até bem perto do fim fez com que eu desse uma classificação menor em relação ao livro anterior. Mas até acho que é normal e acontece em grande parte das trilogias, contudo o final nos deixa ávidos pra continuar a leitura do terceiro e mesmo que esse livro tenha sido mais lento ainda consegue deixar o leitor ansioso. Ainda não li o terceiro e acho que você vai ler antes de mim, assim, vou aguardar ansiosa a resenha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Lili, você está completamente certa. na verdade, na grande maioria das vezes o segundo livro de uma trilogia serve tão somente para ligar o primeiro ao último. não é o caso deste, ele faz todo sentido, mas como ficamos mal acostumados com o primeiro acabamos por ficarmos um pouco mais severos, rs. ainda não li o terceiro também, estou me desintoxicando destas crônicas para voltar com o mesmo ímpeto que me levou a ela. :)

      Excluir
  5. Faz mais ou menos um dois meses que eu li The Kiss of deception e tive minha primeira ressaca literária.
    Esse é um dos gêneros que eu mais gosto de ler mas eu fiquei desanimada e só li livros bem levinhos. Eu amei o primeiro livro e espero ler o segundo e o terceiro ainda esse mês.
    Essa coisa de não saber qual dos dois está falando me tira do sério e ao mesmo tempo me deixa mais curiosa.
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Malu, então você sabe o que estou falando nas resenhas - somos românticos de carteirinha, rs. no segundo livro não temos dúvida de quem é quem, mas os sentimentos se embaralham, num momento estamos torcendo pra um, em outro somos forçados a mudar de opinião. já tenho meus preferidos, quero muito saber os seus. bjos.

      Excluir
    2. Eita só vi agora kkk
      Tem razão eu sou uma romântica mesmo, e se no primeiro eu já fiquei nesse Ping Pong com os crushs, imagina no próximo então.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  6. Ah, essas personagens fortes, especialmente as que descobrem sua força na medida da necessidade (é o que me parece), me encantam. Elas nos surpreendem. Acho que Lia merece toda a atenção, imagino as dificuldades que enfrenta e que fazem dela a ponta de um triângulo amoroso, que chama a atenção do vilão. Se aqui temos a continuação mais racional, mais explicativa, talvez, sem o furor das aventuras (que sei que vc adora), e continua prendendo sua atenção e alimentando seu interesse, imagino que o desfecho tenha a obrigação de ser grandioso, glorioso, digno de ganhar estrelas a mais no Skoob, de saciar o leitor que se tornou fã. Adorei esse final "também quero vingança", isso é bem escorpiano, mas quem não sucumbiria diante da saga de Lia?

    ResponderExcluir
  7. cara Manuh, o que realmente me encantou foi a transformação pelas quais passa nossa heroína. as decisões que precisa tomar sempre afetam a muitas pessoas, mas principalmente a ela mesma. ela não se furta de se entregar como mártir, está sempre buscando o bem maior, sem abrir mão de suas convicções. isso me encanta demais. vambora ler também querida, além das aventuras há o romance pra nós que tanto prezamos os sentimentos.

    ResponderExcluir
  8. Oi Rodolfo,
    Parabéns pela resenha! Tenho Kiss of Deception mas ainda não li. Pretendo ler logo.
    Abraços,
    André, do Garotos Perdidos
    www.garotosperdidos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aêêê amigão, não perca tempo, esta saga é mais do que indicada. estou aguardando minha ansiedade dar uma trégua pra conseguir ler como se deve a conclusão. obrigado!

      Excluir
  9. Ola Rodolfo! Adorei sua resenha, ela realmente mostra que esse segundo livro é um livro de descobertas e mudanças na vida de Lia...e também de acontecimentos que a gente nem imaginava que iria acontecer...como estao em Venda, parece impossivel sair de lá, mas a autora é tao impressionante que a historia mesmo um pouco arrastada nao deixa de ser emocionante e o final entao nos deixa com gostinho de quero mais! Amei essa trilogia e fiquei com muita ressaca literaria rs e leia logo o livro 3 que vc vai amar....eu adorei!!!! Parabéns pela resenha como sempre sensacional!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eiiii cara Sophia, que legal, pelo jeito você já leu a saga toda (putz, estou com a maior #invejonabranca, rs). estou esperando o final deste livro se acomodar, mas meu coração disparado não deixa. quero vingança já! você está me atiçando mais e mais. adorei você por aqui e obrigado pelas palavras carinhosas.

      Excluir
  10. Olá Rodolfo!!Como vai amigão?
    Rodolfo Euflazino e suas trilogias..kkkk!!
    Já tinha lido alguns comentários sobre o primeiro livro,porém não me interessei.
    Agora com essa resenha supimpa que fez atiçou minha curiosidade.
    O problema é ser uma bendita trilogia... são três livros só ou tem mais?Por que trilogias quando eu leio gosto de ter todos os livros em mãos amigão. A paciência não é uma das minhas virtudes eheheh,pra esperar um ano pra ler a continuação. Mas fiquei muito interessado.
    Parabéns pela resenha.Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caro João, faz tempo que não te vejo por aqui, você faz falta amigão! esta saga já estava em minha alça de mira há algum tempo. são apenas 3 livros sim e belíssimos, por sinal. edição caprichada da darkside em capa dura e marcador de página embutido. você sofre do mesmo mal que eu, aguarda o lançamento de tudo pra ter certeza e depois compra e lê tudo de uma vez. então prepare o bolso, porque esta saga não pode faltar em sua estante. abraços e sucesso sempre!

      Excluir
  11. Rodolfo!
    Acho que já falei na primeira resenha que estou com os dois primeiros volumes dessa série aqui para ler.
    O enredo mais lento e sem muita ação, não quer dizer muito, porque pelo que percebi tem doses extras de psicologia e sabe o quanto gosto de ler e analisar a posição dos protagonistas pelo lado mais mental.
    Gosto quando tem pactos, alianças e jogos de poder, mas não sou muito a favor de triângulo amoroso e vingança, por isso, apesar de todos elogiarem muito a série, nem sei o que vou sentir ao ler.
    Parabéns por mais uma ótima resenha.
    “A sabedoria consiste em compreender que o tempo dedicado ao trabalho nunca é perdido.” (Ralph Waldo Emerson)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Rudynha, não espere pra ler não, esta saga é nossa cara, menina. esqueça a parte da vingança, afinal de contas se formos pensar bem, na idade média isso era muito comum, era desta forma que se lavava a honra (muito sangue). quanto ao triângulo amoroso preciso te dizer que não é bem um triângulo, diria que há um casal com laços bem fortes e um terceiro elemento platônico (não digo mais nada, rs). bjos querida!

      Excluir
  12. Eu simplesmente estou muito ansiosa para ler estra trilogia, pois leio muitos comentários positivos referentes esses livros, as capas desses livros são lindas e a diagramação super caprichada da Darkside. Gostei muito da sua resenha, e apesar da história ser um pouco arrastada fiquei curiosa em relação ao final do livro, estou bem ansiosa para começar a ler estes livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Mariele, sua ansiedade estava na mesma proporção que a minha. o primeiro livro passou como um rolo compressor sobre mim, fiquei com uma ressaca literária danada e acabei achando o segundo livro um pouco mais lento, mas isso não é demérito não, é um livro mais cerebral e o seu final é de arrebentar o coração. leia rápido, não deixe pra depois. volte pra gente prosear mais. obrigado.

      Excluir
  13. Oi Rodolfo,
    Agora que ingressei no mundo de As Crônicas de Amor e Ódio com a leitura do primeiro volume minha ansiedade para concluir esta história só aumenta. O que me chamou atenção para começar a ler esta trilogia, além de todos os comentários e a repercussão do mesmo, foi a forma que a autora escolheu para contar a história, mas a partir do momento que o mistério se revela, meu medo é de a história perdesse seu encanto. Todos os personagens apresentados pela autora me cativaram e a ambientação é bem desenvolvida. Não sou muito fã de triângulos amorosos, mas a relação de Lia com Kaden e Rafe é diferente, pois seus propósitos vão além de viver um romance. Estou curiosa para conhecer melhor Venda e o Komizar, sinto que alguns mistérios irão surgir a partir daí, o que só aumenta minha vontade de ler este livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Gislaine, rapidamente devorei o volume 1. este segundo é um pouco mais lento, mas ainda assim bastante saboroso. acredita que comecei a ler e não me atinei para o mistério, pensei o tempo todo que um era outro, rs. não tenho problema algum com triângulos, mas como você bem frisou, é um triângulo atípico. e quanto a venda, realmente há mistérios a serem desvendados, mas o novelo vai desenrolando e a gente vai ficando instigado. delícia saber que você também está gostando.

      Excluir
  14. Oi Rodolfo!
    Que bom saber que vale a pena ler essa trilogia, eu tenho mta curiosidade de conhecer as obras, já q leio mto sobre elas e todos flam mto bem...
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Aline, esta saga é tremendamente saborosa. leia também e volte pra gente prosear!

      Excluir
  15. Oi Rodolfo ;)
    Estou com vergonha de dizer que ainda não comecei a série kkk
    Estou terminando um livro e o próximo com certeza será The Kiss of Deception!
    Estou muito curiosa sobre esse triângulo, e conhecer a Lia *-* sinto que a série vai me deixar dilacerada também!!!
    E não me canso de dizer que essas capas são lindas demais!
    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhhh querida Isabela, vou puxar suas orelhas, rsrsrsr. eu também estava com este problema, estava lendo outro livro, mas não aguentei. comecei a ler paralelamente. e não me arrependi. agora só me falta o terceiro. como você mesma disse - as capas são lindonas! vou aguardar sua leitura pra gente prosear mais.

      Excluir
  16. Ah... The Heart Of Betrayal. Um livro que está na minha meta de leitura desde que terminei o volume 1. Senti que o primeiro foi meio arrastado também do meio pro final mas isso não me impediu de adorar a leitura e de querer descobrir o que vai acontecer com a nossa protagonista agora no reino de Venda, ainda mais sabendo depois dessa resenha que o Komizar também tá de olho nela. Ai ai. To ansiosa pra ler esse, ótima resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Luiza, ele esteve em minha meta também e em pouco tempo estava eu devorando o primeiro volume. ao contrário de ti não achei o primeiro arrastado não, a autora estava nos apresentando as personagens e isso leva um pouco de tempo. talvez o segundo seja um pouco mais arrastado sim, mas seu final nos enche de angústia. não vejo a hora de me jogar no terceiro. obrigado pelas palavras.

      Excluir
  17. Oi Rodolfo.
    Como já comentei anteriormente eu estou louca para voltar a ler o primeiro livro da trilogia adora Prime sem saber que o autor não se perde no decorrer da história é ainda mais intrigante o fato de que tem o empoderamento feminino é incrível não vejo a hora de ler.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Marlene, não perca tempo, a saga é muuuito saborosa. e bota empoderamento nisso - as mulheres mandam nesta saga. bjos

      Excluir
  18. Preciso comprar essa série, pois é muito comentada e elogiada. Pena ser mais lento e não ter aquela ação que adoro, mas por outro lado tem outros pontos interessantes ainda mais por mexer mais com o cérebro, a única coisa que não me agrada é esse triângulo amoroso difícil engolir rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Maria, este livro serve de ligação para iniciarmos o final da saga. sendo assim este deveria ser realmente um pouco mais lento. quanto ao triângulo, acho melhor você ler, sem querer jogar gasolina na fogueira, este não tem nada a ver com os tradicionais triângulos aos quais você se acostumou. rs

      Excluir
  19. EU ADOREI ESSE VOLUME!!!
    Gostei mais que o volume 1. A evolução de Lia dentro de Venda é maravilhosa, o jeito como ela se apega às pessoas sem nenhum tipo de preconceito. Ela é realmente uma personagem sensacional e maravilhosa. Gostei dela manter o foco, do que ela queria e ir em busca sem se desviar por sentimentos que podem confundi-la. Um ponto tocante nessa trilogia são as amizades que Lia vai encontrando pelo seu caminho... A lealdade das mulheres desse livro é algo incomparável. Sem briga de egos, sem disputas por homens. Muitas vezes deixa claro que você precisa tomar partido de algo, e não precisa pegar em uma espada para fazer algo ou lutar pelo o que acredita. Os detalhes mais simples chamam a atenção, até quando parece que suas ações não serve de muita coisa, mas serve sim para mostrar seu caráter. Não vejo a hora de ler o próximo volume.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eiiiiiiiiiiii Lud, mas que comentário porreta menina. adorei! não é todo mundo que se adapta a determinados livros. mesmo dando uma nota menor pra este eu sabia que alguém poderia se encaixar melhor a ele. e taí, você chegou chegando. você, sem dúvida, seria parte deste empoderamento. algumas vezes a pena é mais pesada que a espada, não é mesmo? obrigado pelo carinho e pelas palavras. bjos

      Excluir
  20. Olá!
    Li a pouco tempo The Kiss of Deception e gostei muito. Estou super ansiosa para ler The Heart of Betrayal, sua resenha só aumentou a vontade de ler <3
    Assim que tiver em mãos lerei com certeza! :)
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Natalí, não perca tempo, esta saga é toda boa. aproveite o dia dos namorados e peça o restante dos livros, vá por mim, é o momento ideal, rs. bjos

      Excluir
  21. Sou louca para ler esse série, vi muito gente falando bem, ai fiquei empolgada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Theresa, pode ter certeza que a empolgação é geral. leia também e volte pra gente prosear!

      Excluir
  22. Não aguento mais ficar de fora dessa trilogia arrebatadora Rodolfo, estou morrendo de ansiedade para começar a ler o primeiro volume, só que pra minha lamentação ainda não tenho o livro :(
    E que euforia do primeiro volume, na verdade da trilogia inteira, também com essa diagramação mais do que caprichada da Darkside, é pra deixar qualquer leitor louco para ter essas belezuras na estante.
    Amo uma boa história de fantasia, e se tem romance e aventura então... sei que vou ser completa e absolutamente conquistada por essa trilogia. Já tô sabendo que o primeiro livro é uma angústia do inicio ao fim e pelo jeito nesse segundo livro a aflição continua em alta haha
    Adorei essa protagonista, que mulher guerreira! Amo quando essas mulheres são determinadas e fortes, e saber que nesse livro o empoderamento feminino esta em foco é bem empolgante.
    Resumindo, preciso ler The Kiss of Deception, pois preciso ficar por dentro desses finais bafônicos.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. querida Micheli, fique de olho nas promoções, principalmente as da Amazon, por lá sempre caem os preços. a Darkside está arrebentando nas edições, não tem jeito nem de classificar as belezuras, é muito capricho. se vc tem coração romântico esta saga é pra vc, mas se gosta de aventuras, então é a sua cara. mas se gosta de um bom enredo medieval cheio de armadilhas, bom... tá passando da hora de ler, rs. querida, quando ler volte pra gente prosear mais, quero saber tintim por tintim sua opinião a respeito viu. bjos

      Excluir
  23. Olá!
    Acho que a maioria dos segundos volumes de trilogias são como uma ''ponte'' para o terceiro livro, mesmo. É normal não acontecer muita coisa, os autores fazem de proposito pra nos deixarem ansiosos pela continuação rsrs
    Quero muita ler essa saga, adorei a inserção nada modesta de empoderamento feminino na mesma. Além disso, amo fantasias e só ouço falarem bem dessa trilogia, então não vou poupar esforços para lê-la logo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caro Dan, é bem isso mesmo, só que neste segundo livro tem um tempero picante no finalzinho que deixa a gente com algo atravessado na garganta. não perca tempo, leia e volte pra gente prosear. abraços!

      Excluir
  24. Ah,a capa s2
    Este final te deixou dilacerado?Oh meu Deus..The Heart of Betrayal está na minha fila de leitura aqui,só não comecei porque quero ter o último para ler em seguida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Helen, eu estava da mesma forma que você. mas não aguentei e fui lendo mesmo sem ter o último (que agora tenho). a edição lindíssima fica provocando a gente, então não tem como evitar de lê-los. quero saber sua opinião também após a leitura. bjos

      Excluir
  25. Olá! Esta série tem tantas reviravoltas inesperadas, e o final deste livro é de tirar o fôlego mesmo, mas realmente esse volume, foi um pouco cansativo de ler, não que tenha sido ruim, mas para mim, ela explorou pouco a história e focou muito no romance.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Elizete, acho até que o cenário de guerra psicológica foi o que mais prevaleceu. mas com um final desses a gente fica salivando para o próximo né mesmo? então bora pra gente ver se finaliza com chave de ouro. bjos

      Excluir
  26. Olá,
    Quando vi esses livros fiquei curiosa pela historia porque vejo muita gente falando que ela e boa, e incrivel entao me despertou um desejo de ler essa serie. Já tinha lido algumas resenhas sobre os livros e me encantei com a trama dele, tem aquela fantasia, um amor clichê coisas que gosto bastante nós livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Lily, nem é tão clichê assim... mas sem dúvida é um história de empoderamento feminino, belíssima. leia e volte pra me dizer o que achou. bjos

      Excluir
  27. Rodolfo meu amigo, estou prestes a pegar o livro pra ler. Quero logo voltar ao entusiasmo da obra e de todo seu desenrolar. A autora não polpa o leitor nas suas descrições e realmente a DarKside está fazendo um trabalho incrivel com essa trilogia.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caro Douglas, este segundo livro é diferente do primeiro, mas seu final é de pra prejudicar o funcionamento do coração. quando ler me diga o que achou. abraços!

      Excluir
  28. Oi, Rodolfo!!
    Gostei muito do primeiro livro dessa trilogia e é tanto que esperei lançar o terceiro livro para começar a ler o segundo junto com o terceiro. E agora que tenho todos os dois livros vou começar a leitura.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  29. cara Marta, também estou com o terceiro livro comprado lá na estante me esperando e eu só olhando ansiosamente. rs.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir