acompanhe o blog
nas redes sociais

12.1.18

Prazer Em Julgamento - Serie Sentença #3 [Nina Müller]

Prazer Em Julgamento
Ed. Essência, 2017 - 224 páginas
- "Lívia é uma psicóloga dedicada e tenente da aeronáutica. Vítima de um relacionamento abusivo no fim da adolescência, ela não se sente capaz de se relacionar de maneira saudável com outra pessoa. No entanto, um de seus primeiros pacientes é seu colega de farda Rodrigo Guerra, um piloto suspenso pelo comandante da base por arriscar sua vida e o equipamento com manobras ousadas demais no ar. Agora, ela não consegue evitar a eletricidade que percorre seu corpo toda vez que encontra Rodrigo, e o resultado dessa complexa relação entre terapeuta e paciente é imprevisível. Prazer em Julgamento, primeiro livro físico da escritora Nina Müller, fala da redescoberta da sexualidade e do prazer de uma mulher abalada pelos traumas do passado."

Onde comprar:

Este é o terceiro livro da autora nesta série, porem o primeiro livro físico a ser lançado. Acredito que por serem livros independentes e as histórias poderem ser lidas separadamente e fora da ordem...

Lívia é uma jovem bem sucedida que trabalha como psicóloga na aeronáutica brasileira. Por estar em estagio probatório, ela não pode perder a oportunidade de continuar como tenente, e assim mantendo seu cargo que foi conquistado a duras penas.

Lá ela conhece o tenente Rodrigo Guerra, um piloto imprudente e arrogante que gosta de driblar as regras, que recebeu o ultimato, ou faz terapia ou é expulso da aeronáutica. Mas se tratando do rebelde sem causa que ele é, mesmo sem conhecer o terapeuta, já decidiu fazer tudo dar errado desde o começo.

"Olhei para Rodrigo e abri um sorriso nervoso. Ele se aproximou um pouco mais, quase fechando a distância entre nós dois. Fiquei em alerta. O safado era alto, másculo, e eu era baixinha. Eu me senti um animalzinho indefeso e acuado que estava sendo espreitado pelo seu caçador."

Lívia tem verdadeiro pavor de relacionamentos e tem certeza que dificilmente confiará em alguém novamente. Desde a adolescência, vivenciou um relacionamento abusivo físico e emocionalmente conturbado que não acabou nada bem. Porem depois de anos de sofrimento ela enfim conseguiu se livrar. Mas nunca teve coragem de contar a sua amorosa família, a real situação de seu relacionamento ou o que levou ao fim dele.

Cinco anos depois ela já formada, morando sozinha e com o emprego que sempre sonhou, se mostra (teoricamente) mais forte e mais madura (SQN).

Rodrigo vem de uma família de militares e esse trabalho representa a sua vida, E tudo que ele deseja é ser reintegrado e voltar a voar. Mas quando conhece Lívia logo na primeira terapia, tem certeza absoluta de que a levará para a cama a qualquer custo.

Nina Müller

MINHA OPINIÃO

A autora tinha uma história perfeita na mão. Principalmente por ter uma personagem que sofreu abusos terríveis nas mãos de um homem que, por ter dinheiro, acha e sabe que nada vai acontecer a ele. Ela teve a oportunidade de representar mulheres que vivenciaram os mesmos medos, humilhações, incertezas e sensações de impunidade. Contudo falhou terrivelmente ao pegar um atalho na linha do romance erótico e picante. Não me entendam mal. AMO romance erótico, mas se optou por um tema como abuso, dê um pouco mais de atenção a esse fator.

"Ele me humilhava. Era sempre assim. Ele me batia em locais estratégicos para não deixar marcas visíveis. Ninguém desconfiava que eu fosse agredida por ele. Nem meus pais, nem minha irmã Milena, nem meus amigos. Para todos, éramos o casal perfeito."

Os dois personagens são muito infantis e isso é irritante no decorrer do livro, e infelizmente não achei que a química entre os dois funcionou. Pelo amor de Deus, uma terapeuta que fica vermelha, sente a umidade entre as pernas, mãos tremulas e etc, só por está na presença de um homem bonito e gostoso. NÃO, POR FAVOR...

Daria outra chance a autora?
Sim, pois apesar de não gostar muito dessa historia em especifico, reconheço que a autora tem uma escrita que flui com facilidade. E realmente gostaria de ler outros trabalhos da autora para tirar melhores conclusões. Infelizmente desta vez não rolou pra mim. Daria duas estrelas e meia, mas como aqui não tem essa classificação, darei então três...

Só repetindo o que sempre digo. O fato de eu não gosta não significa que você não vá gostar. O que é bom pra mim pode ser ruim pra você vice e vessa. É tudo uma questão de opinião ok.


Adriana Macedo
Sou Adriana do blog Meu Passatempo blá blá blá moro em Vila Velha - ES. Troco qualquer balada pela tranquilidade do meu lar. Adoro ler, musica alta, series e filmes. Exatamente nessa ordem. Simples assim.
Cortesia da Planeta Livros Brasil
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

21 comentários em "Prazer Em Julgamento - Serie Sentença #3 [Nina Müller] "

  1. Oi, Adriana.

    Gosto muito da escrita da Nina Müller.

    Mesmo que sendo de forma leve, acho que foi importante a autora abordar um assunto tão sério como esse.

    E mesmo diante do que a Lívia passou, ela conseguiu encontrar um novo amor, recomeçar.

    Não li o livro ainda, mas acho que talvez a autora quis passar para seus leitores a mensagem de recomeço, mesmo focando no romance e não abordando profundamente o assunto do relacionamento abusivo.

    ResponderExcluir
  2. Que pena saber que um enredo que tinha tudo para ser perfeito, acabou se perdendo nas letras da autora.
    Abuso, violência tem sido temas comuns, mas quando abordados de forma complexa e completa, podem sim, render histórias de superação e claro, com novas chances de felicidade.
    Ainda não conheço as letras da autora, mas agora com o livro físico, quero muito poder conhecer.
    E no mais, amo romance erótico(quando bem escrito, é claro).rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Adriana, gosto batente de livro de romance, realmente deve ser muito difícil para uma pessoa ter um relacionamento normal se ela sofreu um relacionamento abusivo. Fiquei curiosa pra saber como Lívia vai começar a se envolver com Rodrigo e como ela vai superar esse pavor de relacionamentos e Rodrigo parece ser daqueles personagens que se acham o gostosão rsrsrs, que pena que você achou que a autora não soube explorar a historia da Lívia, mas eu gostei da sinopse vou dar uma chance ao livro obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  4. Oi Adriana, essa é a segunda resenha desse livro que leio e infelizmente só me deixou com menos vontade de ler. Perdi minha vontade de ler, justamente por esses pontos que você falou, sobre ela como psicologa se envolver assim de forma tão fácil, toda vermelha, molhada etc só por ver um cara gostoso, por favor né, claro que ela é humana, mas como estudante de psicologia que leva a profissão a sério não consigo encarar isso como algo normal. Como a autora trouxe um tema assim importante, o abuso, acho que poderia ter sido melhor explorado, e você disse que não foi né, acho que isso é um ponto negativo por ser um assunto que choca e é tão importante pra passar assim em segundo plano, outra coisa, acho que as profissões poderiam ser melhor exploradas né, um piloto e uma psicologa terapeuta são profissões lindissimas.

    ResponderExcluir
  5. Olá Adriana!!
    Que triste saber que o enredo deixa um pouco á desejar, adoro romances e penei que este iria me atrair como os outros, mas não atraiu mto, fiquei com o pé atrás, quem sabe eu lendo mude de ideia né...
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  6. Olá Adriana! Tudo bem?

    Apesar destes gêneros não serem muito de meu feitio, mas eu até que gostei da premissa, só a capa que pela representatividade de pessoas me decepcionou um pouco. Contudo adorei sua resenha!

    Grande abraço,
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Adriana, é uma pena que o tema abuso não tenha sido bem trabalhado, é realmente um tema forte e que quando inserido merece atenção e fico triste que isso tenha sido deixado um pouco de lado, já vi algumas resenhas dessa história e elas geralmente falam dessa deficiência da história. Ainda assim as profissões de ambos é algo que me chama a atenção pro livro e mesmo não sendo uma história que leria agora, talvez, quem sabe futuramente eu resolva dar uma chance e ler ;)

    ResponderExcluir
  8. Oi Adriana
    Acho que é mesmo uma questão de gosto ... Eu li resenha super positivas sobre o livro, e por isso coloquei ele na lista de desejados, e também pelo tema trabalhado. Eu concordo que ela deveria ter trabalhado mais a recuperação do abuso do que o romance hot, acho que na verdade a autora pecou em querer focar só no novo romance da protagonista, mas não achei a história tão ruim, ainda quero ler, e espero que as próximas experiências sua com a autora sejam melhor.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá,Adriana. Amo romances-na verdade sou louca por romances- ainda não tinha ouvido falar sobre essa autora-até agora- gosto de livros que abordam esse tema. É muito legal ver que autores pensam nisso ao escreverem seus livros,gostei muito da sinopse e quero dar uma chance a Nine Muller. Espero que eu posso gostar,esse tipo de romance está cada vez mais ocupando espaço na minha lista. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  10. Oi Adriana! Puxa, realmente a autora tinha uma boa história. Eu gosto bastante de romances, mesmo os eróticos, fiquei curiosa com a série de todas as formas.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Adri!
    Gosto demais de livros narrados em primeira pessoa, principalmente quando vemos as duas versões.
    Nossa! A vida de Lívia deve ser dolorosa, mas é bem como falou, representa a vida de muitas mulheres na nossa realidade, infelizmente. E bom ver que esse tema foi abordado.
    E gosto quando as personagens tem personalidades bem construídas.
    Sinto que não tenha gostado tanto e que tenha achado alguns trechos desnecessários, mas faz parte, né? Sem contar que ficou mais um dos romances iguais a tantos outros...
    Bom final de semana e Novo Ano repleto de realizações!!
    “Que a paz, a saúde e o amor estejam presentes em todos os dias deste novo ano que se inicia. Feliz Ano Novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  12. Adoro livros de romance com superação,dá esperança para quem vive ou viveu algum tipo de abuso tanto físico quanto psicológico

    ResponderExcluir
  13. Oi, Adriana. Ultimamente vejo muitos livros assim, que tem uma grande sinopse e um enredo promissor, mas que se perde no desenvolvimento e acaba focando em coisas que não são importantes. Infelizmente isso aconteceu, eu provavelmente não leria a história.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  14. Eu não conhecia este livro, mas acredito que se eu lesse este livro teriam diversos pontos da história que me incomodariam, também acho que se a autora optou por um tema como abuso, deveria ter dado mais atenção a este fator, os personagens infantis também me incomodariam muito na leitura. Não sei se eu leria este livro, pois lendo um pouco mais sobre ele, percebi que a história não faz muito meu estilo de leituras, então provavelmente eu não lerei este livro.

    ResponderExcluir
  15. Olá, a autora parece ser perder ao longo da narrativa, fato que deixa o leitor desapontado com a trama, que é vendida como mais do que apenas um romance hot, mas é somente isso que entrega, deixando a escanteio a vertente sobre o abuso. Beijos.

    ResponderExcluir
  16. É lamentável que a autora não soube levar a historia, temas abusivos são muito bons para serem abordados, tem tem que ter profundidade, pois é um caso muito série na realidade. Não tenho paciência com esses personagens infantis que não amadureceram, ainda mais se tratando de um livro onde tem erótico.

    ResponderExcluir
  17. Não gostei do livro, não faz um tipo que eu gostaria de ler. Ainda mais pelo fato de que ao que parece a escritora desapontou alguns leitores. Gosto de romances mais fofo e sem ser muito hot.

    TC 0118

    http://garotaeraumavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    O livro tem uma pitada de historia interessante mas mostrasse um pouco fora do que deveria ser, a autora saiu de linha na trama, como você mesma disse. O livro tem uma premissa boa e quem saber lerei né.

    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  19. Eu já ouvi falar nessa autora mas nunca me interessei em ler nada da autora não fiquei muito atraída por essa sinopse e nem pelo livro Até porque tem essa pegada erótica e eu não gosto muito apesar da sua resenha ter sido interessante acho que eu vou deixar essa sugestão passar realmente sei que não vai ser uma leitura boa para mim

    ResponderExcluir
  20. Oi Adriana,
    Não li nada da Nina Müller, pelos aprontamentos da resenha não me arriscaria a começar com esse, entendi e concordo com a frustração na construção do personagem da terapeuta, mas que bom que vai dar outra chance para a autora.

    ResponderExcluir
  21. Oi, Adriana!!
    Não conhecia a autora Nina Müller. A história tinha realmente ingredientes maravilhosos para fazer um romance pegar fogo, mas infelizmente não foi isso que aconteceu.
    Bjoss

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir