acompanhe o blog
nas redes sociais

22.5.20

Uma Luz no Outono, Vol. 4 - Série As Irmãs Shakespeare [Carrie Elks]

Uma Luz no Outono

Oi pessoal, chegamos ao quarto e último livro da série As Irmãs Shakespeare, e quero dizer que termino a série satisfeita. Pelos comentários de vocês nas resenhas anteriores, gostaria de dizer que acredito que a autora não aborde profundamente os temas desenvolvidos justamente para manter a leveza da história, são histórias românticas ao invés de dramáticas, é justamente aquele tipo de leitura que precisamos fazer para evitar uma ressaca literária, depois de ler um livro policial, por exemplo. A série é composta por histórias para se divertir e se sentir feliz ao final.

Quanto ao romance, li também que alguns queriam que o andamento fosse mais devagar, mais pense comigo, para um livro que tem menos de 300 páginas é meio difícil disso acontecer. Então pense assim, pelo menos, em nenhum dos livros o casal se deu bem logo no início. Há uma construção até bacana, apesar dos outros assuntos irem um pouco mais rápidos e a escrita da autora é muito boa de se ler.

Carrie Elks
Título: Uma Luz no Outono
Autor: Carrie Elks
Tradutor: Andréia Barboza
Série: As Irmãs Shakespeare
Editora: Verus
Gênero: Romance Contemporâneo
Páginas: 294
Edição:
Ano: 2020
Onde comprar: Amazon

Neste livro temos enfim o desenrolar da vida da quarta irmã, a Juliet. Ao acompanhar a série, vamos percebendo que sua vida de casada não é feliz e sua única alegria, além das irmãs, é a filha. Ela se casou com um homem rico, filho de uma proeminente família, que como é comum nos Estados unidos, uma das fundadoras da pequena cidade de Shaw Haven em Maryland. Ela é como se fosse dona de metade da cidade. De cara então podemos entender na furada que o amor jovem da Juliet a meteu.

Mas as irmãs Shakespeare não são de ficar aguentando desaforo e a história tem início com ela separada do marido e lutando para acertar os detalhes do divórcio, principalmente a guarda da filha. Como as outras irmãs, a gente percebe um certo orgulho e independência em excesso, tempo para as histórias... kkkk

“O que ela estava pensando? Havia cometido um erro? Ou ela o desejava tanto quanto ele a desejava? Ele não sabia a resposta a nenhuma destas perguntas e não saberia se não falasse com ela. No entanto, prometeu a si mesmo que não ia pressioná-la.”

Existe vizinhos e vizinhos, neste caso a Juliet acabou recebendo como vizinho o Ryan e seu filho. Ela infelizmente o conhece da pior maneira possível, com uma briga entre seus filhos. Mas crianças são seres fantásticos, e nesta história eles fazem toda a diferença no andamento do enredo. Afinal não se trata apenas de uma mulher e um homem, se trata de famílias.

Ryan Shaw descende da segunda família fundadora da cidade, voltou ao lar apenas por causa do filho pequeno e das promessas feita ao seu querido, mas falecido avó. Ele não contava em conhecer e principalmente se encantar pela ex-mulher do seu “arqui-inimigo”. Como alguém tão sensata pode ter se casado com aquele idiota. Pensei comigo mesma ao ler este livro, em que como na vida real a gente busca muitas vezes um sonho, e esquece de avaliar a realidade, aí se lasca.

A personagem, assim como suas irmãs, talvez até um pouco mais, vai tendo um crescimento pessoal gradativo ao ir se libertando do medo que sente do seu ex. Ela vai redescobrindo sua força interior e principalmente o significado do verdadeiro amor com a ajuda de seu lindo vizinho. Ela percebe que saber fazer sozinha, é diferente de ser necessário fazer qualquer coisa sozinha. A ajuda não nos torna mais fracos ou dependentes, as vezes nos fortalece.

A série então, para mim termina de maneira excelente, com aqueles momentos emocionantes até a última página. Não podemos deixar de elogiar a capas lindíssimas que toda a série teve, nem as viagens turísticas que tivemos em nossa mente ao ler estes livros.

Super indico. Como disse do primeiro livro, creio que são história que dariam aqueles filmes maravilhosos de sessão da tarde que a gente ama assistir.

Boa leitura.
Carolina Finco | Blog Pretenses

Se você quiser conhecer um pouco sobre os livros anteriores desta série, clique nas capas para ler as resenhas:


22 comentários em "Uma Luz no Outono, Vol. 4 - Série As Irmãs Shakespeare [Carrie Elks]"

  1. Oi Carol, tudo bem? Que saudade!
    Já tinha visto livros dessa série mas nunca tinha me aprofundado para conhecer mais do que se trata. Adorei a resenha e a dica de leitura. Gosto muito dessas leituras leves e com certeza fiquei cheia de vontade de ler.

    Beijo!
    https://www.amorpelaspaginas.com/

    ResponderExcluir
  2. Namoro essa série desde o primeiro livro e não vejo a hora de ter ela inteira nas minhas mãos!
    Não somente pela beleza das capas, mas por essa união nada peculiar entre as irmãs, suas diferenças,mas ao mesmo tempo, uma tão unida a outra.
    Gostei demais de saber que não é somente os dramas familiares que estão ali, mas também a força e os romances que cada uma dela vive ou viverá!!!
    Já preciso de todos!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  3. Olá! Eu gostei muito dessa série, esse livro, como os outros, proporciona uma leitura leve e rápida (acho até que rápida demais!) Juliet realmente foi a que teve o maior crescimento, também com um ex daqueles né! E essa é minha capa preferida.

    ResponderExcluir
  4. Tô apaixonada por essas histórias, já quero ler todos os livros :D

    https://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir
  5. Adoro as Irmãs Shakespeare! Estava ansiosa por esse último livro.
    Juliet mesmo distante é muito unida com suas irmãs. Por isso sempre achei que o casamento dela não era dos mais felizes.
    Pra fechar com chave de ouro, a irmã Shakespeare com o nome mais icônico do escritor inglês.

    ResponderExcluir
  6. Ainda não comecei ler a série, mas quero muito conhecer a história dessas irmãs. Adorei a sinopse e estou curiosa para saber mais sobre o desenrolar da história e como vai se da a atração entre esses dois personagens.

    ResponderExcluir
  7. Eu tenho muita vontade de ler essa série, vejo muitas pessoas falando bem. Amo um bom romance e esse parece ser muito bom. Que pena que a história não é tão complementar, mas tem uma premissa ótima. Livros em que as crianças ajudam no relacionamento é muito fofo,e sempre aquele clichê em que o casal se dá mal mas depois eles nutrem sentimentos de amor mútuo, e eu amo isso. Sempre bom também quando se há um amadurecimento é crescimentos pessoal da protagonista. Fico feliz que o final dessa série tenha sido satisfatório,assim irei ler em breve

    ResponderExcluir
  8. Olá Carolina!
    Que bom que este quarto volume encerra a série de maneira satisfatória, aquecendo os nossos corações e, claro, arrancando algumas lágrimas.
    Gosto desse processo de superação amorosa que a autora traz como abordagem para o desenvolvimento de Juliet. Elks trabalha a protagonista de uma forma gradual e condizente com o contexto. E no final temos um tão desejado final feliz.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. OLá, Carolina

    Não li nenhum dos quatro livros, mas já faz um tempo que os dois primeiros estão na minha lista.
    Não conhecia ainda a história desse, mas confesso que depois dessa resenha é o que mais quero ler.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. ingriD Figueiredo23 de maio de 2020 03:07

    Gostei da história, leve, fluída, pouco dramática, ideal para relaxar e se distrair. Mas possui um diferencial, os personagens são bem construídos, assim como o enredo. Ainda não li os outros livros da série, comecei pelo último hehehe
    mas graças a esse, vou dar uma chance aos outros.

    ResponderExcluir
  11. Olá Carolina!
    Ah, como estava ansiosa por essa resenha! A série é simplesmente perfeita, capa perfeita, evolução das personagens, romance, viagens pelos lugares mais românticos, eu já sou fã. Inclusive achei essa história a mais interessante de todas, por toda a bagagem que a protagonista carrega e seu desejo de se libertar de um relacionamento ruim. Sem falar que as crianças alegram o enredo. E ainda temos essa coisa toda de arqui-inimigos, que deve deixar tudo anda mais emocionante. Mal posso esperar para ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Resenha linda!
    Suas palavras me ajudam a não ter tanta expectativa em relação a profundidade e saber o que esperar.
    Às vezes é bom ler algo leve e descomplicado, e essa série parece ser uma boa pedida.
    Vou querer ler em algum momento.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Carolina,
    Quando comecei a acompanhar as resenhas dessa série não esperava ficar tão interessada nos livros. Além das sinopses encantadoras o trabalho gráfico da editora nas capas tiveram seu papel em despertar curiosidade em mim para realizar as leituras. Esse quarto livro tem a premissa que mais gostei de todos, pois além do romance a autora explora outros meios e ainda nos presenteia com duas crianças que, tenho certeza, são o complemento essencial dessa história. Juliet é uma personagem para se criar empatia logo de cara. Sua vida de casada, pelo o que percebi, não foi um mar de rosas. Seu crescimento, amadurecimento e redescobertas é o que mais anseio em romances como este e acho que aqui a autora não falhou. Em relação a autora não se aprofundar mais nos temas mais sérios, sei que será algo que sentirei falta quando eu for ler os livros, mas concordo que essa não é a proposta da série. Sem dúvida irei atrás dessas obras quando eu precisar de leituras mais leves, mas que ao mesmo tempo sejam cativantes e emocionantes.

    ResponderExcluir
  14. Carolina!
    Nada como um romance leve e com crianças, para passar o tempo nesa pandemia e não ficar entediado.
    Bem, as pessoas tem o hábito de reclamarem de tudo e sempre buscam coisas 'ruins' para enfatizarem, por que não mostram o que há de bom na obra?
    Quero ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  15. Ahhh foi muito gostoso me despedir dessas irmãs, mas confesso que não gostei muito da relação da Juliet com seu ex, tirando isso a autora conseguiu novamente me fazer suspirar com uma história rápida e emocionante.

    ResponderExcluir
  16. nossa estou louca para ler essa serie que tanto agradou
    tambem acho que a autora optou por trazer um romance mais leve,mesmo que o livro aborde situaçoes que poderiam ser mais exploradas e precisamos disso. assim que puder quero ler essa serie sim
    as capas são lindas !

    ResponderExcluir
  17. Eu fiquei tão apaixonada nessa leitura. Tão amavel, doce, divertida e fofa. Morri de amores por esse livro, apesar de não ter lido os outros da série.

    ResponderExcluir
  18. Oi, Carolina
    Pena que acabou, adorei ler cada resenha dessa série. As capas são belíssimas, gosto muito das capas do segundo e quarto livro.
    Sua resenha me trouxe mais detalhes do que li em outros blogs e quero muito ler.
    Nesse livro mesmo sendo aquele romance estilo clichê, podemos ver mais da família Shakespeare e um amor mais maduro entre os vizinhos e seus filhos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Já ouvi falarem muito bem sobre a série, e que ela teve um desfecho muito bom com esse último livro, mas ainda não tive a oportunidade de conferir.
    Gosto de romances leves mas que ao mesmo tempo apresentam um ótimo crescimento pessoal dos personagens, então tenho certeza que vou gostar muito dos livros.

    ResponderExcluir
  20. Não conhecia a série As Irmãs Shakespeare, e não é uma história que super desperta o meu interesse, mas não vou negar que bateu uma pequena curiosidade. Adorei o fato da protagonista ser dona de, praticamente, metade da cidade e as enrascas que ela se envolveu que vão ser trabalhadas na trama. P.S.: Eu adorei as capas dos 3 outros livros, mas não gostei muito dessa.

    ResponderExcluir
  21. Oi! É sempre triste quando uma série acaba - apesar do alívio. hahaha
    Eu não conhecia a série ainda e as capas são lindíssimas, mas não duvidando da qualidade da escrita da autora, com certeza não faz meu estilo de leitura.

    ResponderExcluir
  22. Oi, Carolina
    Gostei da sua resenha e me deixou com ainda mais vontade de ler essa série!
    A Juliet parece sofrer bastante com o marido, mas aqui terá um recomeço e encontrará a própria voz.
    Pelo jeito é o mais emocionante da série. Vamos ver se condigo ler agora em junho.
    Bjs

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir