acompanhe o blog
nas redes sociais

29.1.18

La Belle Sauvage, Vol. 01 - Trilogia O Livro da Sombras [Philip Pullman]

La Belle Sauvage
Ed. Suma de Letras, 2017 - 434 páginas
- "La Belle Sauvage é o primeiro volume de uma nova trilogia chamada O Livro da Sombras, e se passa dez anos antes dos acontecimentos de A Bússola de Ouro, se centrando em Lyra e Pantalaimon, ainda bebês. Apesar de ser uma história diferente, os fãs de Fronteiras do Universo vão reconhecer muito do mundo e dos personagens que povoam La Belle Sauvage. Enquanto o protagonista, Malcolm, se envolve em uma assustadora aventura para tentar salvar a pequena Lyra das garras do Magisterium, outros mistérios e vilões surgem para complementar a trama que já conhecemos tão bem.
“Sempre quis contar a história de como Lyra acabou morando na Faculdade Jordan. Este livro e o próximo cobrem dois momentos da vida dela: partindo bem do início e retornando vinte anos depois. Quanto ao terceiro livro, ainda é segredo.” – Phillip Pullman"

Onde comprar:

Quando terminei a Trilogia Fronteiras do Universo, algumas semanas atrás, La Belle Sauvage já estava na minha estante, me lembro de ter fechado A Luneta Âmbar e olhado pra esse novo livro com um certa desconfiança. Eu gostei muito da trilogia original e pensei cá comigo mesma, que Pullman não deveria ter revisitado esse universo do qual tanto gostei.

Você pode me chamar de purista, se quiser, mas devo admitir que não sou grande fã de spin-offs, continuações e prequels pelo simples motivo de que esse tipo de material costuma não chegar nem perto da qualidade da obra original e muitas vezes servem apenas pra decepcionar os fãs. Claro que também existem spin-offs, continuações e prequels excelentes, tão bons quanto ou ou melhores que seus originais de origem, mas são casos bem mais raros.

Eu posso passar horas citando livros, filmes e séries que caíram na tentação de se estender mais do que deveriam ou continuarem a explorar o universo após o seu final.

Felizmente pra mim, pra você e pra qualquer pessoa que já goste ou que esteja pensando em ler esse autor, eu não podia estar mais equivocada na minha desconfiança. E, sinceramente, poucas vezes na vida fiquei tão feliz por estar errada.

O Livro da Sombras

La Belle Sauvage é um livro incrível!
A começar por essa capa maravilinda (que, aliás dá de 10x0 na capa original). Sério gente, que deliciosa é ter livros lindos assim na estante. Tem umas capas a vontade de emoldurar e sair pendurando feito quadro de tão lindas. Essa é uma delas, as capas da Trilogia Fronteiras do Universo também. Parabéns a todos os envolvidos e um beijo pra Suma de Letras.

La Belle Sauvage

Eu já comentei aqui mesmo, no Ler pra Divertir (na resenha de A Bússola de Ouro, se não me engano) que gosto bastante do modo como esse autor constrói os personagens infantis que, mesmo fazendo coisa incríveis, não deixam de ser crianças. Esse livro novamente é focado nas crianças e novamente elas dão um show.

Embora essa seja a história de como Lyra, ainda bebê, foi parar na faculdade de Oxford, o personagem principal aqui é o Malcolm.

E que personagem maravilhoso! Malcolm é um menino esperto, curioso e inteligente que adora passear de canoa em companhia de sua daemon, Asta. Pra mim foi muito fácil criar uma identificação imediata com ele, principalmente porque ele parece com uma criança real e me lembrou um pouco eu mesma quando tinha a idade dele e estava descobrindo meu amor por livros.

O garoto costuma ajudar o pai na estalagem da família e lá, entre uma conversa e outra, ele descobre que pessoas muito importantes precisam abrigar um bebê no convento na margem oposta do rio. Malcolm fica encantado por Lyra mesmo antes de a conhecer e é isso que vai fazer com que ele embarque em uma jornada de vida ou morte pra manter a salvo nossa futura heroína. Sem querer, ele acaba se metendo em uma guerra de influência invisível entre a igreja e uma organização secreta conhecida como Rua Oakley.

“Malcolm tirou Lyra do berço, Asta correndo atrás para cuidar de Pan. Depois, o menino pegou os cobertores e enrolou a bebê neles. Tudo que conseguia enxergar era o fulgor alaranjado do fogão. Será que pegara todos os cobertores? Será que ela estava bem aquecida?”

E a jornada de Malcolm pra deixar Lyra em segurança é repleta de perigos. De todos os tipos, juntos eles enfrentam a força da natureza, poderes naturais e sobrenaturais e ser mitológicos, tudo isso enquanto se escondem do Magisterium. Pullman evoluiu como escritor e isso é bastante visível, principalmente nas cenas de ação. A coisa que eu mais senti falta em A Luneta Âmbar foi de um bom vilão, já que nem a Autoridade, nem Metatron me fizeram temer pela segurança dos nossos heróis. Mas nesse livro o autor se redime e cria um vilão realmente assustador (o daemon dele me dava calafrios) e por diversas vezes eu realmente temi por Malcolm e Alice.

Por falar em Alice, aqui temos outra personagem excelente. Sendo um tantinho mais velha que o garoto, Alice já está enfrentando as inseguranças e problemas próprios da adolescência e, por meio dela o autor deixa entrever vários aspectos mais adultos do livro.

Philip Pullman

Alguns dos personagens da trilogia original poderão ser encontrados aqui. Lorde Asrael está de volta, e é possível finalmente ver alguma humanidade nele assim como seu amor por Lyra e o desejo de manter a filha em segurança. A Sra. Coulter também se faz presente com aquela sombra de maldade extremamente charmosa que conhecemos no primeiro livro. Farder Coram e o reitor também aparecem de forma breve, mas muito importante para o desenvolvimento da história. As feiticeiras também estão por aqui, mas muito mais sutilmente que nos outros livros. E daemons, claro, que aqui, mais que nunca revelam traços das personalidades dos humanos aos quais estão ligados. Lindo de se ver (sigo querendo um daemon pra mim).

Um bom prequel precisa trazer algumas informações relevantes com as quais os fãs ainda não tiveram contato e desenvolver outras de forma a complementar e esclarecer fatos da obra original. E esse livro faz exatamente isso. Além de descobrirmos como Lyra vai parar na universidade, também ficamos sabendo mais a respeito do Alietiômetro, dos gípcios, da profecia sobre a menina, da ascensão da igreja ao poder, entre outras coisas. Ponto pro autor.

La Belle Sauvage

Por fim, preciso dizer que gostei mais de La Belle Sauvage que da trilogia original. É isso mesmo que você leu. Esse é um livro bem mais dinâmico que seus predecessores. Nesse livro Pullman prova não só que está em plena forma, mas também que evoluiu bastante enquanto escritor. Recomendo fortemente a leitura.

E que venham os próximos, porque a Trilogia O Livro das Sombras está só começando e eu estou ansiosíssima para ler os próximos volumes!

Bejô pr’ocê e até a próxima!


Andressa Freitas
Mineira, aspirante à escritora e estudante de cinema. Se pudesse moraria em uma biblioteca, como não posso, estou empenhada em transformar minha casa no mais próximo disso possível. Viciada em séries e filmes, adoro ler, comer e viajar. Nerd assumida, fotógrafa de profissão, amo aprender coisas novas e imaginar histórias alternativas pra absolutamente tudo.
Cortesia do Grupo Companhia das Letras
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

18 comentários em "La Belle Sauvage, Vol. 01 - Trilogia O Livro da Sombras [Philip Pullman]"

  1. Puxa, esta semana recebi minha trilogia de Fronteiras do Universo e fiquei literalmente babando nas capas e não vejo a hora de seguir minha fila e chegar neles de uma vez.
    Agora vem mais uma resenha de um livro que ando namorando tem um tempinho, por ser do autor e por mais uma vez, trazer esse universo mágico e sim, com crianças.
    A capa é realmente maravilhosa e poder acompanhar os personagens antes das histórias deve ter sido algo incrível!
    Já está na lista de desejados.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Essa capa tá mesma linda Andressa, e a edição parece estar caprichada o que é animador. Eu gostei muito da resenha, assim como tenho gostado de acompanhar as outras do autor por aqui, ainda não tive a oportunidade de ler, mas tenho vontade e curiosidade e gostei de saber da qualidade desse prequel, acho que se já é difícil escrever um spin off e agradar, trazer uma história antes da história consagrada deve ser ainda mais e fiquei feliz que o autor soube conduzir e nos apresenta uma história maravilhosa ;)

    ResponderExcluir
  3. Amei a resenha, anotei já para comprar e ler pois o livro é muito lindo mesmo.
    Ainda não li a Bulsula de ouro, mas quero muito pois amo o filme, e gostei bastante da resenha A luneta de Âmbar, e pela resenha parece que o livro é cheio de aventuras. Tambem gosto de personagens infantis que fazem grandes coisas e mesmo assim ainda são crianças inocentes e simpismente crianças no meio de uma aventura.

    Valeu pela dica de leitura.

    ResponderExcluir
  4. Olá, também fico um pouco cético quando se trata de spin-offs, mas é ótimo saber que essa expansão do universo criado por Pullman consegue convencer o leitor, que pode explorar mais os personagens já conhecidos na trilogia original, sob novas perspectivas. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Andressa,
    Também achei que a capa ficou bonita com essa ilustração.
    Caramba La Belle Sauvage te conquistou, dificilmente vejo um prequel superando a trilogia original.

    ResponderExcluir
  6. Ultimamente tenho visto muita trilogia aqui no blog e fico sem saber o que comentar porque não li os volumes anteriores e tal, nesse está começando uma nova série, que não faz muito meu estilo de leitura devo dizer, porém ao menos assim posso ter a chance de conhecer e se inteirar melhor e quem sabe tomar gosto pra ler. Gostei da resenha, gostei que esse spin off superou o trilogia de origem, ainda bem né, não tem nada melhor que ler um livro que você estava com dúvidas e no final ser uma deliciosa surpresa.

    ResponderExcluir
  7. Andressa!
    Claro que gosto muito do gênero fantasia e mesmo sendo um prequel, é bem como falou, é Philip Pullman e não tem como não ser bom.
    Com personagens bem construídos, construção de mundos e uma realidade fantástica diferenciada, claro que quero poder ler.
    Desejo uma ótima semana, cheia de luz e paz!
    “Que o novo ano que se inicia seja repleto de felicidades e conquistas. Feliz ano novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  8. Oi Andressa, nossa senhora, sou super fã da trilogia Fronteiras do Universo, adoro a Lyra e o Will <3 e se vc amou ainda mais esse livro, certeza de que vou curti tb!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Olá Andressa!
    Adorei conhecer um pouco mais do livro, já estava de olho nele e com mta vontade de ler, agora a expectativa aumentou só mais um pouco rsrs
    Capa linda e pelo o que venho acompanhando vale apena esperar a oportunidade chegar e ler ...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Eu tava de olho nesse livro desde que eu vi uma publicação da editora companhia das Letras dizendo que o autor Philip Pullman e a lançar mais livros no universo da trilogia anterior o que me deixou muito animado devo admitir apesar de ainda não ter começado a ler o livro que diziam que ele tem forma de escrita diferente das outras obras dele mas não de um jeito ruim Claro

    ResponderExcluir
  11. Oi Andressa concordo com você não gosto muito quando determinada serie de livros acaba e tem spin-offs e tal não é a mesma coisa que o livro e pode deixar o leitor meio confuso. Concordo com você a capa do livro é linda. Não conhecia esse escritor fiquei curiosa em relação a historia, Malcolm parece ser um personagem encantador e muito destemido, gosto do gênero fantasia então com certeza vou ler esse livro obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  12. Oi!! Ao contrário de você, eu amo prequels e spin-offs de coisas que eu gosto. Continuações nem tanto porque às vezes acaba ficando muito repetitivo ou saindo muito do que era o original, mas prequels eu amo de mais!!! Tenho muita vontade de ler os livros da Trilogia Fronteiras do Universo e fico feliz em saber que você gostou de todos, incluindo a prequel.
    Beijos!!
    Nerd Fox

    ResponderExcluir
  13. Oi Andressa
    Ah, tão bom quando estamos com a expectativa baixa e a história nos conquista né? Ainda não tive oportunidade de ler a outra trilogia do autor, mas vi que o mundo fantasioso que ele criou conquistou bastante os leitores e despertou minha curiosidade, e pelo visto essa história também está incrível, melhor ainda saber que também tem crianças, se torna divertido. Adorei a resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Gosto muito de livros que tem essa parte de mostra o começo de tudo, acho incrivel. Esse livro já tinha visto varias vezes e me deixou bem curiosa por ele, a trama bem envolvente e com uma premissa muito boa.

    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  15. Também tenho receio com esses spin-off. Mas quero ler ainda mais por saber que vale a pena e que vai ter mais da Lyra que adoro, mesmo ela não sendo o foco. Adorei saber da evolução do autor nas cenas de ação que adoro são as minhas preferidas. Esse vilão pelo visto foi muito bem trabalhado, curiosa para conhecê-lo.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Andressa!
    Assim como você também não sou grande fã de spin-offs, continuações e prequels, leituras nesse estilo acabam sempre me decepcionando... Mas que bom que La Belle Sauvage não foi uma decepção para você, os fãs da trilogia original vão com certeza amar essa notícia...
    Concordo com você sobre a capa de La Belle Sauvage, que capa maravilhosa, também de vez em quando dá vontade de moldurar umas capas de tão lindas que é rsrs.

    ResponderExcluir
  17. Oi, Andressa.

    Mesmo o livro tendo acontecimentos anteriores à série "A Bússola de Ouro", é sempre bom rever os personagens, ainda mais nesse livro, no qual a vida da Lyra estava em perigo, cercada de mistério. E mesmo sendo um bebê, ela já era de grande importância!

    ResponderExcluir
  18. Oi, Andressa!
    Estou louca de vontade de ler a trilogia Fronteiras do Universo e agora já temos mais essa trilogia O Livro da Sombras. Acho muito interessante quando temos spin-off da série que gostamos espero ansiosa para fazer essas leituras.
    Bjoss

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir