acompanhe o blog
nas redes sociais

25.1.18

O Príncipe Leopardo, Vol. 02 - Trilogia dos Príncipes [Elizabeth Hoyt]

O Príncipe Leopardo
Ed. Record, 2017 - 322 páginas
- "Lady Georgina Maitland não quer um marido, embora ela pudesse ter um bom administrador para cuidar de suas propriedades. Ao pôr os olhos em Harry Pye, Georgina percebeu que não estava lidando apenas com um criado, mas com um homem. É se apaixonar... Harry conheceu muitos aristocratas — incluindo um nobre que é seu inimigo mortal. Mas nunca conheceu uma dama tão independente, desinibida e ansiosa para estar em seus braços. Por um criado. Ainda assim, é impossível ter um relacionamento discreto quando ovelhas envenenadas, aldeões assassinados e um magistrado furioso tumultuam o condado. Os habitantes culpam Harry por tudo. Enquanto tenta sobreviver em meio à desconfiança e manter o pescoço de Harry longe da forca… Georgina não quer perder outra noite de amor. "

Onde comprar:

Para quem gosta de romances de época com uma pitada de erótico pode partir para conhecer a autora Elizabeth Hoyt, que está fazendo um belo trabalho no gênero com sua Trilogia Dos Príncipes. O Príncipe Leopardo é o seu segundo livro, que me surpreendeu positivamente por trazer (acho que pela primeira vez) um protagonista masculino que não é um aristocrático, nem filho de nenhum lorde falido, nem primo distante de alguém desta classe. Sim, acreditem se quiser, Harry Pye é um plebeu, da classe trabalhadora, administrador da propriedade de Lady Georgina Maitland.

Lady Georgina Maitland, pelo contrário, é rica, possui fortuna própria herdada de uma tia e é irmã de um Conde. Em viagem para sua propriedade em Yorkshire junto com seu administrador, sofrem um acidente, a carruagem vira e os dois se veem debaixo de uma chuva torrencial, longe de tudo. Tendo que dormir juntos numa cabana abandonada, Georgina, uma solteirona de 28 anos, logo percebe e se encanta com a masculinidade de seu administrador, que se torna bastante evidente.

"Georgina virou a cabeça na direção das montanhas. Os criados - e, na verdade, um administrador de terras era simplesmente um tipo superior de criado - não deveriam ter gênero. Claro, sabia-se que eram pessoas com vida própria e tudo mais, mas facilitaria muito se eles fossem considerados assexuados."

Mais todos nós sabemos que naquela época, 1760, não era comum o relacionamento dos ricos com a classe trabalhadora, principalmente uma filha de Conde, ainda por cima mulher. Então as coisas ficam como estão, até que ao chegar à sua casa, ela é abordada por um vizinho furioso, que acusa seu administrador de estar envenenando, por vingança, as ovelhas dos agricultores de suas terras.

O Príncipe Leopardo

Mesmo conhecendo há pouco tempo o Harry, Georgina percebe que ele não é o tipo de homem que comete tais crimes, investigando um pouco mais, descobre que por trás desta história existe um desentendimento passado que causou a morte do pai de Harry. Entretanto um homem sem posição social como Harry pode ser até condenado a morte por estes crimes, que ele não cometeu. Georgina fica do lado de seu administrador e junto com ele, tenta descobrir o verdadeiro assassino das ovelhas.

Enquanto os dois saem juntos pelas terras de Lorde Granville para realizar esta tarefa, Georgina descobre camadas ocultas de seu administrador, o que só aumenta a atração irresistível que sente por Harry. Este, por sua vez, mesmo sabendo que nada de bom vai resultar numa aproximação física entre os dois, não consegue resistir ao desejo e a admiração que sente pela sua patroa.

"Harry se interrompeu. Azuis como os seus olhos, ele queria dizer, mas se lembrou no mesmo instante de que aquela mulher era sua patroa, e ele, criado dela. Como podia ter se esquecido desse fato?"

O interessante do livro é a personalidade forte de Harry, que o que não tem de dinheiro tem de determinação, força de vontade e sex appeal. Ele se torna apaixonante em meio ao seu sofrimento em desejar alguém que ele sabe muito bem que não pode ter e também por se sentir incapaz de proteger Georgina, por ser um simples plebeu.

Por sua vez, Georgina não deixa por menos, é uma mocinha ideal, não é fresca, é espirituosa e inteligente, uma mulher forte, que sabe o que quer e corre atrás.

"- A senhora consegue andar, milady?
Lady Georgina arregalou os olhos, azuis como um ovo de sabiá.
- Ah, sim. Faço isso desde que eu tinha 11 meses de idade."

Já a escrita de Elizabeth Hoyt continua convidativa, ela trabalha com vários bons personagens secundários na sua trama, não permitindo que se tornem monótonas. E as capas dos livros são lindas, formando uma bela coleção para nossa estante.

Recomendadíssimo para os amantes do gênero.

Clique na capa para ler a resenha do livro anterior:



Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!
Cortesia do Grupo Editorial Record
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

23 comentários em "O Príncipe Leopardo, Vol. 02 - Trilogia dos Príncipes [Elizabeth Hoyt]"

  1. Esta trilogia dos príncipes tem mexido muito não só com as leitoras,mas com os amantes dos épicos com pitadas de erotismo também!
    Eu adoro o gênero e não vejo a hora de me jogar em cada príncipe, ops, em cada livro!rs
    As capas são um show à parte e essa maneira de trazer o personagem masculino para o centro da questão, foi uma jogada de Mestre!
    Lerei com certeza!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi! Que tal?,
    Gostei dá entrada, foi ótimo.
    Acabei para seguir seu blog, você me seguiria de volta?...

    Um abraço.
    Obsesión por la lectura

    ResponderExcluir
  3. Olá, fiquei surpreso que essa obra é atípica aos clichês do gênero, fato que atrai o leitor para conferir um romance de época diferente e que seja capaz de surpreender, ainda mais com a caracterização do protagonista. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Esse livro parece causar a mesma reação entre os leitores, surpreende positivamente, foi assim comigo e sempre que leio uma resenha dele é essa descrição que vejo e fico feliz por ter lido e ter mais essa belezinha na estante. As capas são mesmo lindas, se fossem capa dura acho que seriam ainda mais lindas, e a história é super envolvente e amei mesmo, assim como curti muito a resenha ;)

    ResponderExcluir
  5. Oi Gi,
    Essa trilogia tem capas com detalhes tão graciosos, fui conquistada por elas XD
    Gostei do quote que mostra um pouco da personalidade da Georgina, a escrita dessa autora parece ser divertida.

    ResponderExcluir
  6. Estou ansiosa pra ler essa trilogia, já li varias resenhas e cada vez só fico mais curiosa, especialmente pelo terceiro que acho que e o que vou gostar mais, estão os três na minha listinha de compras. É realmente meio chato quando a história começa meio lenta, estou com um de época aqui tentando ler a séculos e não consigo engrenar porque o inicio ta bem lento, mas tenho fé hahaha

    ResponderExcluir
  7. Oi,Gisela! Tudo bem? Essa trilogia já está na minha lista faz tempo. Só leio resenhas que falam muito bem dela,e sou apaixonada por livros que tenham essa pitada erótica sabe? Fiquei viciada nesse gênero. E como você falou essas capas são de arrasar, ficaria o tempo todo admirando elas. E parabéns pela resenha ficou ótima.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Gi. De todos esse é o meu favorito da série! Eu adorei esse viés de trazer um mocinho que não seja aristocrático também, e vemos aqui a mulher com dinheiro e o homem não. Eu curti muito o desenrolar desse romance, e gostei de como a autora conduziu toda a história.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Gi, eu adorei o livro, aliás os três da série, foi muito bom conhecer a escrita da autora e adorei mesmo a personalidade do Harry!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Gi td bem?
    Estou louca pra ler essa trilogia, cada vez mais me interesso pela história, só ando lendo coisas mto positivas sobre o enredo, e confesso que a expectativa é grande viu...
    As capas são lindas!
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  11. Oi Gi
    Li o primeiro livro e amei!
    Acabei de comprar os outros dois da trilogia, ansiosa pra que cheguem logo!
    heheheheehehe
    As capas são lindíssimas e as sinopses bem convidativas!
    Ansiosa pra começar O Príncipe Leopardo!
    Sua resenha só me faz qrer ler o mais rápido possível!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Gi!
    Não li nenhum dos livros da série.
    Gostei de saber que o romance vai tendo uma evolução aos poucos e que tem alguns trechos hilários que nos fazem rir.
    Gostei ainda de saber que os livros podem ser lidos de forma independentes.
    Bom ver que aqui, mesmo sendo um romance de época, há a inversão dos papéis, achei genial a ideia.
    Desejo um ótimo final de semana!
    “Que o novo ano que se inicia seja repleto de felicidades e conquistas. Feliz ano novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  13. Gosto de personagens como a Georgina - espirituosa (amei o trecho rsrs) e forte, que sabe o que quer e corre atrás - e pelos seus comentários acredito que irei gostar de ler O Príncipe Leopardo... Valeu pela dica. Abraços!

    ResponderExcluir
  14. Oi Gisela, amo livros de romance de época e que sejam hot, gostei bastante da sinopse desse livro. Pela sua resenha fiquei curiosa em relação sobre Harry ser um plebeu e eu também nunca li um livro de época que tem reis e tal que o protagonista não tenham algo haver com a realeza, fiquei super curiosa pra saber como os protagonista vão resolver esse problema pra saber quem esta fazendo essas maldades envenenando as ovelhas e como vai se desenrolar o romance entre os dois, amo esses gêneros literários, obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  15. Eu li O Príncipe Corvo e gostei, mas é aquela coisa né, mais do mesmo. Maaaaas agora... estou muito surpresa de descobrir que o protagonista de O Príncipe Leopardo é UM PLEBEU!!! Pelo jeito sua reação foi a mesma que a minha: ATÉ QUE ENFIM trocaram o disco, gente! Não aguento mais os ricos, herdeiros, burgueses e mocinhos do tipo. Estou louca por uma história assim e esse aí já tá passando na frente de vários da minha lista! Que alegria ler sua resenha (ótima por sinal) e saber disso. O duro é que agora to cheia de expectativas kkkkk
    O primeiro livro me lembrou Jane Eyre (patrão x empregada SEMPRE me lembra Jane Eyre) e esse aí, pelo seu post, me lembrou Longe Deste Insensato Mundo. ♥
    KKKKK aff agora to super empolgada! ahuahhaua
    Bjsss

    http://www.cafeidilico.com/

    ResponderExcluir
  16. Estou louca para ler esta triologia. Leio tantas resenhas e vejo tantos videos no youtube, só elogiando a escritora. Preciso deles na minha estante.

    ResponderExcluir
  17. Sou apaixonada por romances de época,queria que esses livros fossem vendidos em um box

    ResponderExcluir
  18. Eu adoro romances de época mas eu não gostei muito do primeiro livro eu achei ele tedioso em certos pontos até um pouquinho parado e tinha muitas cenas de sexo coisa que eu não gosto de ler muito careta Mas enfim acabei abandonando a leitura mas eu acho que eu vou retornar a ler esse livro Porque eu me interessei muito na sinopse do segundo

    ResponderExcluir
  19. Oi Gi
    Nossa, 28 anos e solteira naquela época é bem um "ficou pra titia", rs, isso é um diferencial no livro, já que quase todos os romances de época são com personagens bem novas (não que a Lady Georgina seja velha pra mim). A relação do casal parece ser construída aos poucos, acho isso ótimo pro leitor curtir o romance e conhecer os personagens. Pretendo ler a trilogia, os comentários sobre ela são todos maravilhosos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Eu já li resenhas sobre o livro, a historia é muito envolvente com um romance de época super fofo. Eu já estou querendo ler e com certeza irei me apaixonar.

    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  21. Gostei dos personagens, pois são pessoas fortes e que não se deixam abater, achei bem diferente por ele ser pobre e ela a rica,pois geralmente é o contrario, gostei também que tem misterio que adoro envolvido nesse envenenamento das ovelhas, fiquei bem interessada em ler.

    ResponderExcluir
  22. Oi, Gisela.

    O romance explorado, no qual os dois têm status de vida completamente diferentes, é de fato engrandecedor, e pra mim, encantador.

    Mesmo sabendo que o romance entre eles causaria burburinho entre todos, por, na mente deles, eles serem inferiores um ao outro, com certeza os abalaria, mas o amor sempre vence, né? Não há barreiras que possa deter e vencer isso!

    E o fato da Lady Georgina ser independente, chama a atenção, ainda mais se tratando daquela época movida por pensamentos extremamente vazios!

    ResponderExcluir
  23. Oi, Gisela !
    Adoro romances de época com uma pitada de erótico. Ainda não li nada da autora mas estou doida para ler essa trilogia.
    Bjoss

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir