acompanhe o blog
nas redes sociais

13.6.18

O Colecionador de Memórias [Cecelia Ahern]

Ed. Novo Conceito, 2018 - 272 páginas
- "Quando Sabrina Boggs se depara com uma misteriosa coleção de bens do pai, ela descobre uma verdade onde nunca soube que havia uma mentira. O homem familiar com quem ela cresceu de repente é um estranho para ela. Uma quebra em sua rotina monótona deixa-a apenas um dia para destravar os segredos do homem que ela pensava conhecer. Um dia para desconhece memórias, histórias e pessoas que ela nunca soube da existência. Um dia que muda para sempre a vida dela e daqueles que a rodeiam. O colecionador de memórias é uma história sobre como as decisões mais comuns que tomamos podem ter as consequências mais extraordinárias na forma como vivemos nossa vida. E como, às vezes, somente desvendando a verdade sobre outra pessoa, você realmente pudesse se entender."

Onde comprar:

Sabe quando já se gosta de uma coisa - livro no caso, antes mesmo de conhecer? Foi isso que aconteceu comigo, me peguei louca por O Colecionador de Memórias assim que a Gisela me mostrou a capa do livro. Nem li sinopse, nem nada e já gostei do livro. Então, eu amei quando a Editora Novo Conceito nos mandou o livro em parceria. Obrigadinha!!

Em O Colecionador de Memórias, o leitor conhece Sabrina Boggs e sua busca pelo passado de seu pai Fergus Boggs. Isso tudo em apenas 24 horas.


Tudo começa quando Sabrina encontra uma caixa grande cheia de caixinhas de bolinhas de gude (boleba). Ela percebe então que a gigantesca coleção de bolinhas pertence ao seu pai. O grande problema é que Fergus nunca comentou sobre a coleção com a família.

O grande problema é que Fergus está doente, e por causa desta doença ele teve uma perda de memória. Quando Sabrina recebe a caixa e mostra para seu pai umas dessas bolinhas, ela logo percebe que a coleção desperta sentimentos variados no pai. De alegria à tristeza.

Sabrina tem certeza que por trás das bolinhas há grandes lembranças e uma história que ela não conhece. Um lado do seu pai que ela jamais imaginou. Ela enxerga nas bolinhas um maneira de colocar "fogo" em sua vida sem graça e pacata e começa a se questionar se seu pai era um colecionador de bolinhas, pois todas são catalogadas em um belíssimo inventário.


A cada nova descoberta de Sabrina, mais dúvidas surgem e novas oportunidades de conhecer um lado dos Boggs que ela nem imaginava.

Em O Colecionador de Memórias vivemos com os personagens da história uma linda e emocionante jornada de sentimentos e descobertas.

Esse foi meu primeiro contato com a escrita de Cecelia Ahern. Conhecia apenas as adaptações de cinematográficas de suas obras. Achei a escrita da autora profunda e fácil. O enredo do livro é sem enrolação, os personagens são bem escritos e profundos - principalmente Sabrina e Fergus.


Leitura recomendadíssima. Em O Colecionador de Memórias o leitor terá a oportunidade de se emocionar e viver com Sabrina as mais variadas descobertas.

Até os últimos capítulos, o livro tinha tudo para ser um lindo 5 estrelas, porém senti falta de uma ou duas coisas no final. APENAS POR ESSE MOTIVO DOU 4,5. Como não trabalhamos com nota quebrada arrendamos para 4 estrelas. MAS a nota real é 4,5.

Obs: não posso falar o que senti falta, pois seria spoiller. Perdoem-me.

beijos


Renara Pavez
Capixaba, pedagoga, casada com o David - amor da minha vida!, um pouco "avoada", adoro mudar o assunto da conversa "do nada". Louca por livros desde a infância, não sei viver sem ter um livro nas mãos. Gosto de ler de quase tudo (não rola terror comigo, não me julgue!) Quote da minha vida: 'Somos letras e números, opostos que se completam, a multiplicação e a narração. O amor em todas as formas.' Cinthia Freira, Meu Erro
Cortesia da Editora Novo Conceito
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

14 comentários em "O Colecionador de Memórias [Cecelia Ahern]"

  1. Oi, Renara.

    Os aspectos dessa relação entre pai e filha, irradia emoção, por ser trabalhada em cima do passado do personagem, que sem dúvidas é o que move a história.

    Foi uma forma única que a autora construiu e conduziu a Sabrina, juntamente com o leitor, a visitar e fazer descobertas sobre o Fergus. Talvez, assim, o impacto seja maior conforme os fatos vêem à tona.

    Sem dúvidas, é um livro que quero ler, e a capa representa bem o livro. ^^

    ResponderExcluir
  2. Oi Renara, a capa é mesmo encantadora e achei a história bem interessante, tentar dar uma agitada na vida do pai através de lembranças suscitadas por bolinhas de gude é bem bacana. Ainda não li nenhum livro completo dessa autora, tentei Simplesmente Acontece mas o estilo do livro que é através de cartas, mensagens, e-mail's... não me pegou mas ainda quero dar outra chance a ela e achei esse livro uma opção que irei considerar mais a frente ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi Renara,
    Geralmente não me vejo interessada nas premissas dos livros Cecelia Ahern, pois não são o tipo de trama que gosto de acompanhar. Claro que todo o autor tem sempre um livro que se destaca para cada leitor e, neste caso, o O Colecionador de Memórias foi o que mais me chamou atenção dos já publicados da autora. Um drama que tem muito a oferecer e relata um amor entre pai e filha é, no mínimo, emocionante e a autora escolheu caminhos bem diferentes para contar essa história. As bolinhas de gude representam muito mais do que aparentam, são o elo entre Fergus e Sabrina e excelente analogia sobre, realmente, se conhecer uma pessoa.

    ResponderExcluir
  4. Gosto demais do trabalho que a Novo Conceito tem com seus livros, apesar que vou confessar que por algum tempo, não estava lendo e nem vendo algum livro da Editora que chamasse a atenção.
    Quando este livro foi lançado, o nome da autora já piscou grandão! Adoro as letras dela e sabia que vinha história boa pela frente. Ela sempre consegue fazer essa brincadeira gostosa de sentimentos dentro da gente, nos jogando no enredo e na pele dos personagens.
    Sabrina parece que vai reviver as memórias do pai e com isso, trazer uma mescla de sentimentos que com certeza, irá mudar suas vidas.
    Bolinhas de vida!
    Espero ler o livro em breve.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Oooi! Nossa, esse livro realmente parece ser muito bom. Eu só li até hoje um livro dessa autora e gostei da história, embora tenha achado a narrativa meio parada. A capa desse livro também me conquistou e eu tenho visto algumas resenhas bem positivas sobre ele, como essa :) Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  6. O Colecionador de Memórias foi o que mais me chamou atenção dos já publicados da autora.A capa e linda,essa mistura de sentimentos a forma como e abordada parece um livro muito bom de ler,pude ler algumas resenhas sobe ele e confesso que estou muito interessa da em ler...

    ResponderExcluir
  7. Segunda resenha que vejo desse livro e sempre fico emocionada com essa história, a premissa é maravilhosa e tocante que te faz realmente entrar nessa com os personagens. Acho que a Sabrina além de trazer de volta as memórias do pai vai poder se conhecer um pouquinho também descobrindo sobre esse passado do Fergus. A capa realmente ta incrível.

    ResponderExcluir
  8. Oi Renara,
    Eu já li P.S. Eu te amo, dessa mesma autora. E apesar de ter gostado bastante do livro, não senti vontade de ler outros livros dela. Ganhei Simplesmente acontece, faz uns anos, e ainda ta parado na minha estante.

    ResponderExcluir
  9. Renara!
    Primeira resenha que leio desse livro e estava ansiosa por saber do que se tratava, já que li vários livros da autora e gosto muito, inclusive a forma como escreve, de fácil entendimento, porém sempre trazendo algo inovador.
    Mesmo o final não sendo estarrecedor, sempre traz boas mensagens.
    “Sou uma só. (...) Sou um ser. E deixo que você seja. Isso lhe assusta? Creio que sim. Mas vale a pena. Mesmo que doa. Dói só no começo.” (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO - 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Renara!
    A capa de O Colecionador de Memórias é mesmo encantadora, mas confesso que a trama não despertou o meu interesse, não fiquei curiosa para saber o que há por trás das bolinhas de gude e se a Sabrina conseguirá desvendar o mistério... provavelmente o motivo do meu desinteresse é a aparentemente falta de um romance na história, e se não há romance na trama não dá outra, meu interesse não é despertado...

    ResponderExcluir
  11. Oi, Renara!!
    Realmente a capa chama muita atenção é linda demais!! Achei bem interessante a premissa da história e fiquei bem curiosa para descobrir o mistério que a coleção de bolas de gude.
    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Olá Renara!
    Segunda resenha que leio desse livro e que em deixou ainda mais curiosa pra ler.
    Adoro livros do gênero e espero mto ter oportunidade de conhecer.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Olá! O Colecionador de Memórias também me chamou atenção por causa da capa, achei muito bonita, a história parece ser emocionante, fiquei curiosa para conferir todas as descobertas que Sabrina fará sobre o pai, em tão pouco tempo.

    ResponderExcluir
  14. Ganhei esse livro em um sorteio e estou ansioso para que chegue logo e eu possa fazer também essa leitura. Parece ser um ótimo enredo. A forma como a autora nos leva a cada página descobrir essas histórias com o pai é bem interessante. Estou muito curioso com essa leitura.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir