acompanhe o blog
nas redes sociais

6.11.19

Uma Paixão e Nada Mais, Vol. 04 - Série Clube Dos Sobreviventes [Mary Balogh]

Cortesia da Editora Arqueiro

Estava muito curiosa pela história de Flavian. Ele poderia ter morrido por três vezes. Tais acidentes deixaram o visconde de Ponsonby em risco, ficando por meses à beira da morte. Como se isso não bastasse, Flavian ainda tem uma grande lacuna em sua memória.

Título: Uma Paixão e Nada Mais
Autor: Mary Balogh
Tradutor: Livia De Almeida
Série: Clube Dos Sobreviventes
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Páginas: 288
Edição:
Ano: 2019
Onde comprar: Amazon

Desculpa a expressão, mas desgraça foi pouca aqui né? Como se não fosse suficiente todo esse sofrimento, a noiva de Flavian o deixa e se casa com “o melhor amigo” dele.

“Foi um f-ferimento na cabeça. Um ferimento duplo. Levei um tiro e c-caí do cavalo antes de ser pisoteado. Devia ter morrido três vezes. Por muito tempo eu não sabia onde estava, nem quem eu era ou o que havia acontecido. E quando entendi o que se passava, não conseguia me c-comunicar com ninguém f-fora da minha cabeça. Às vezes, as palavras das pessoas me p-pareciam Eembaralhadas ou eu d-demorava demais a entender o que queriam dizer. E aí as minhas p-palavras não saíam, e quando saíam, nem sempre e-eram o que eu tinha em mente. Eu esqueci como formar f-frases.”

Antes que esqueça, gosto muito de romances de época em que temos uma viúva como protagonista. Acho que já falei isso por aqui. Imaginem como fiquei ao saber que a mocinha da vez é viúva...

Agnes é uma jovem que nunca sonhou em viver uma grande paixão. Seu casamento foi uma grande calmaria, cheio de respeito. Há 3 anos viúva, Agnes passa a morar com sua tia solteira.

Sabe aquele lance de não cuspir para o alto que o cuspi cai na testa? Pois bem, foi o que aconteceu. Agnes não é e nunca foi dada a paixões. Até chegar a um baile e lá dançar por duas vezes com o visconde de Ponsonby, depois das danças Agnes passa a ter estranhas sensações e ela finalmente passa a conhecer a sensação de se sentir apaixonada.

Todos os anos o Clube dos Sobreviventes se encontram, mas por alguns motivos (vai ter que ler sim para descobrir!) a reunião anual dos membros do Clube foi transferida para a mansão dos Darleigh.

Desta maneira, Flaviam e Agnes se reencontram em um baile da colheita.

Agnes não possui nenhum tipo de trauma físico, porém possuí sua cota de traumas psicológicos, especialmente por conta de suas origens. Por isso Agnes quer tanto se manter longe do amor. Coisa que é muito difícil de fazer, tratando – se do charmoso Flavian. E claro que ele irá propor casamento. Depois de muito insistir, ela aceita. Tadinha! Nem imaginava que ao aceitar o casamento, esta também aceitando a família do Visconde e seu passado com a ex noiva que resolve ressurgir das cinzas.

“Estava na hora de deixar Middlebury Park e de se despedirem. Era o dia mais terrível do ano inteiro. Só que daquela vez ele não partiria sozinho. Naquele ano, tinha uma esposa para acompanhá-lo. E a mãe para enfrentar em Candlebury, quando tivesse coragem de ir até lá. E Marianne. E Velma. ”

Um casamento rápido, uma lua de mel que durou apenas o tempo da viagem até Londres, pode durar menos ainda quando segredos podem colocar tudo a perder.

Claro que sabemos que o casal principal vai se acertar. Porém, super recomendo que leiam para conhecer melhor desta historia tão linda.

Se você quiser conhecer um pouco sobre os livros anteriores desta série, clique nas capas para ler as resenhas:


comentários pelo facebook:

9 comentários em "Uma Paixão e Nada Mais, Vol. 04 - Série Clube Dos Sobreviventes [Mary Balogh]"

  1. Olá!
    Esses livros estão na minha lista de leitura para os próximos meses, vamos ver se vou conseguir ler.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Essa série é uma das que mais sinto vontade conhecer, não apenas pelos enredos que trazem histórias de época assim, leves, descontraídas,mas que também apresentam personagens que viveram algum tipo de trauma ou marca no passado.
    E oh, também gosto demais de enredos com viúvas, normalmente já sabem bem o que querem e isso é fascinante!
    As capas de todos os livros são lindíssimas e espero ler todos o quanto antes!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  3. Renara do céu!!!! Os dois são sobreviventes de alguns forma não é?
    Tô com muita expectativa nessa série!!!! Apesar de não ter o toque de humor que curto.
    Mesmo sem conhecer os estou com ranço da ex noiva

    ResponderExcluir
  4. Renara!
    Tão bom a identificação entre os protagonistas.
    Mary Balogh tem um poder extremo de renovar suas personagens a cada livro e ainda trazer novidades nos exemplares de uma mesma série, coisa muito difícil de se acontecer em uma continuação, mesmo com personagens diferentes como protagonistas.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Lembro quando foi lançado o 1° livro e eu torci o nariz por conta da capa - e um pouco também por não ter o costume de ler romance de época. Mas agora, a cada resenha que leio, fico com muita vontade conhecer essa série.
    Acho legal esse clube dos sobreviventes e sua opinião me deixou bem curiosa em relação ao casal.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá! Eu gosto muito da escrita da Mary, essa série em particular é bastante intensa, protagonistas bem sofridos, mais maduros e cheios de traumas, Agnes é uma mocinha maravilhosa, na verdade depois de viúva, ela vai morar com a irmã mais velha, que praticamente a criou, e gostei muito da cumplicidade das duas, essa é uma das minhas séries preferidas de romance de época.

    ResponderExcluir
  7. Olá Renara!
    De todos os livros da série, este com certeza é o que mais apresenta um enredo original, sem contar que é nítida toda a carga dramática que a autora deposita nos seus protagonistas.
    Acredito que o grande destaque é a mensagem passada de que é possível deixar o passado para trás e seguir em frente na busca pela felicidade, e acompanhar a evolução desses personagens se torna bastante satisfatório para o leitor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oi Renara,
    Acho a proposta dessa série maravilhosa e, além do fato de eu sempre ter tido muita curiosidade em conhecer a escrita de Mary Balogh, esse foi o principal motivo que iniciei a leitura dos livros. Uma paixão e nada mais e o Pretendente são os únicos que ainda não li, mas do jeito que fui cativada pelas tramas acho que isso não irá demorar a acontecer. Eu ainda não havia conseguido entender qual a situação de Flavian pós guerra, mas agora que isso foi um pouco esclarecido fiquei bem curiosa para saber o desenrolar dessa história. Acredito que o passado do protagonista terá um grande papel e temo pelo romance, pois na certa ambos irão sofrer um pouco. Também gosto de romance de época protagonizado por viúvas e nessa série, até o momento, só o 2º livro não trouxe uma mocinha nesta condição.

    ResponderExcluir
  9. Por enquanto, esse é o meu segundo favorito dessa série maravilhosa da Mary Balogh, Agnes é uma personagem incrível, e adorei a evolução do seu relacionamento com Flavian, essas capas ainda não conseguiram me conquistar completamente, principalmente a do terceiro livro, acho que ela não conversa muito bem com as demais, mas as histórias com certeza valem a pena conhecer essa ótima série.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir